Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Benfica ‘desrespeita regras’ e Ronaldinho castiga portugueses


Thiago Varella
Especial para o Diário

06/04/2006 | 09:01


Ronaldinho Gaúcho contra Kaká. O Barcelona enfrentará o Milan em uma das semifinais da Liga dos Campeões da Europa. Quarta-feira, o Benfica não respeitou algumas regras que devem ser seguidas quando se joga contra Ronaldinho Gaúcho e perdeu para o Barcelona por 2 a 0. Com o resultado, o Barça se classificou para as semifinais.

Primeira regra: jamais deixe Ronaldinho Gaúcho com cara de bobo, principalmente diante de sua torcida. Após aprontar na partida de ida, quando fechou o gol do Benfica e garantiu o empate por 1 a 1, o goleiro brasileiro Marcelo Moretto se destacou mais uma vez. Logo aos quatro minutos do primeiro tempo, o zagueiro Petit, infantilmente, pôs a mão na bola dentro da área. Ronaldinho Gaúcho bateu e Moretto defendeu.

Segunda regra: nunca deixe Ronaldinho Gaúcho sozinho dentro da área. Perder o pênalti motivou Ronaldinho. Aos 19 minutos do primeiro tempo, Eto’o roubou uma bola de Beto pela direita, fez boa jogada e cruzou rasteiro na área. Amiga de Ronaldinho, a bola encontrou o brasileiro livre que chutou forte para marcar o primeiro gol do Barça.

O primeiro tempo foi todo da equipe catalã que teve as melhores chances. O goleiro Victor Valdés mal tocou na bola. Precisando de um gol para se classificar, o Benfica criou um pouco mais na segunda etapa. Aos 20 minutos, Simão teve a melhor chance do jogo para o time português, mas chutou para fora. Aos 43 minutos, Ronaldinho lançou Belletti pela direita, o brasileiro cruzou e Eto’o chutou sem chances para Moretto.

O duelo entre Milan e Barcelona começa dia 18 de abril, em Milão.

Arsenal – O time inglês, jogando em Turim, segurou como pode a Juventus e conseguiu a vaga às semifinais. Como venceu o primeiro jogo por 2 a 0, bastava o empate para o Arsenal se classificar. Os italianos não conseguiram marcar e o 0 a 0 de quarta-feira qualificou o Arsenal para disputar uma vaga na final contra o Villarreal.

O bom ataque da Juventus, formado por Trezeguet e Ibrahimovic, não conseguiu produzir diante da forte defesa inglesa. Ambos cometeram muitas faltas e ficaram várias vezes em situação de impedimento. A melhor chance da primeira etapa foi do Arsenal, com Eboue, aos 37 minutos.

O segundo tempo foi como o primeiro. A Juventus se abriu ainda mais, mas não convertia as chances em gol. O goleiro Lehmann na maioria das vezes impediu o gol da equipe italiana. Aos 30 minutos, Nedved cometeu uma falta em Eboue e foi expulso. Com um jogador a menos, o time italiano desanimou e foi eliminado da Liga dos Campeões.

A primeira partida entre Arsenal e Villarreal será disputada em Londres, dia 18 de abril. (Supervisão de Marcelo Camargo)



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;