Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Israelenses participam de protesto contra Netanyahu em Jerusalém



31/10/2020 | 21:22


Milhares de israelenses marcharam em Jerusalém no sábado em mais um protesto semanal contra a resposta do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu ao coronavírus e as acusações de corrupção contra ele.

Os manifestantes agitaram bandeiras israelenses e outras bandeiras roxas, que se tornaram um símbolo do movimento de protesto, enquanto marchava em direção a praça perto da residência oficial de Netanyahu. Outros protestos ocorreram em outras partes do país.

Cartazes foram carregados no protesto dizendo "Salve o país lutando contra a corrupção" e "revolução".

Os manifestantes criticam Netanyahu pelo que descrevem como o fracasso do primeiro-ministro em face da pandemia e suas consequências econômicas. Muitos também se opõem a Netanyahu como primeiro-ministro enquanto ele está sendo julgado por três acusações de corrupção: fraude, quebra de confiança e aceitação de subornos.

Netanyahu nega irregularidades em uma série de escândalos envolvendo cúmplices multimilionários e magnatas da mídia.

As mobilizações duraram meses e mantiveram os holofotes sobre Netanyahu em um momento em que a popularidade do governante de longa data despencou devido à forma como lidou com a pandemia em Israel. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Israelenses participam de protesto contra Netanyahu em Jerusalém


31/10/2020 | 21:22


Milhares de israelenses marcharam em Jerusalém no sábado em mais um protesto semanal contra a resposta do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu ao coronavírus e as acusações de corrupção contra ele.

Os manifestantes agitaram bandeiras israelenses e outras bandeiras roxas, que se tornaram um símbolo do movimento de protesto, enquanto marchava em direção a praça perto da residência oficial de Netanyahu. Outros protestos ocorreram em outras partes do país.

Cartazes foram carregados no protesto dizendo "Salve o país lutando contra a corrupção" e "revolução".

Os manifestantes criticam Netanyahu pelo que descrevem como o fracasso do primeiro-ministro em face da pandemia e suas consequências econômicas. Muitos também se opõem a Netanyahu como primeiro-ministro enquanto ele está sendo julgado por três acusações de corrupção: fraude, quebra de confiança e aceitação de subornos.

Netanyahu nega irregularidades em uma série de escândalos envolvendo cúmplices multimilionários e magnatas da mídia.

As mobilizações duraram meses e mantiveram os holofotes sobre Netanyahu em um momento em que a popularidade do governante de longa data despencou devido à forma como lidou com a pandemia em Israel. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;