Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Contaminação de covid-19 em embalagem de carne pode ter ocorrido no transporte



31/10/2020 | 17:03


A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) afirmou que a embalagem de carne suína do País identificada na China com traços de covid-19 pode ter sido contaminada durante o transporte. Em nota, a entidade informou que está em contato com as autoridades brasileiras para apoiar a apuração do caso ocorrido no distrito de Wendeng, na cidade de Weihai. "As informações divulgadas até aqui destacam que os traços de covid-19 eventualmente encontrados estavam na embalagem do produto, o que indica que a contaminação deve ter ocorrido fora da unidade produtora - por exemplo, em uma das várias etapas de transporte até a chegada ao destino", destaca a ABPA, em nota.

A entidade lembra, ainda, que não há evidências científicas de que a carne possa transmitir o vírus.

Mais cedo, o governo da província chinesa de Shandong informou ter encontrado traços de covid-19 em uma embalagem de carne suína importada do Brasil, conforme agências de notícias. O nome da empresa brasileira responsável pelo produto não foi divulgado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Contaminação de covid-19 em embalagem de carne pode ter ocorrido no transporte


31/10/2020 | 17:03


A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) afirmou que a embalagem de carne suína do País identificada na China com traços de covid-19 pode ter sido contaminada durante o transporte. Em nota, a entidade informou que está em contato com as autoridades brasileiras para apoiar a apuração do caso ocorrido no distrito de Wendeng, na cidade de Weihai. "As informações divulgadas até aqui destacam que os traços de covid-19 eventualmente encontrados estavam na embalagem do produto, o que indica que a contaminação deve ter ocorrido fora da unidade produtora - por exemplo, em uma das várias etapas de transporte até a chegada ao destino", destaca a ABPA, em nota.

A entidade lembra, ainda, que não há evidências científicas de que a carne possa transmitir o vírus.

Mais cedo, o governo da província chinesa de Shandong informou ter encontrado traços de covid-19 em uma embalagem de carne suína importada do Brasil, conforme agências de notícias. O nome da empresa brasileira responsável pelo produto não foi divulgado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;