Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Padre Fábio de Melo diz ser favorável a união civil de pessoas de mesmo sexo

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


30/10/2020 | 18:41


O padre Fábio de Melo afirmou ser favorável a união civil entre pessoas de mesmo sexo em uma live na quinta-feira, 29, concordando com a posição do papa Francisco sobre o tema. O chefe da Igreja Católica afirmou ser favorável à união em um documentário.

Conversando com o empresário Marcus Montenegro, Fábio de Melo destacou que já havia se posicionado antes sobre o tema: "Em 2013 eu dei uma entrevista em que fui execrado pela ala mais conservadora da Igreja Católica porque eu fiz justamente essa distinção, nós precisamos saber distinguir o que é uma regra religiosa de uma civil".

"Porque somos religiosos, nós não temos que impor às pessoas que não são religiosas as nossas regras, ou impedir essas pessoas de terem seus direitos civis garantidos. Sempre considerei uma injustiça", disse o padre.

Ele comentou que a fala do pontífice não significa que padres precisarão realizar casamentos entre pessoas de mesmo sexo em igrejas. Segundo ele, Francisco "fez uma distinção entre a instância religiosa e a jurídica".

"Não é uma questão religiosa, é uma questão civil, e tem que ser resolvido nas instâncias civis. Não cabe a mim como padre ficar impondo ao outro uma regra que não me diz respeito", disse ele.

O padre também afirmou que "uma conduta religiosa não pode incorrer em injustiça", e destacou a necessidade do posicionamento do papa. "Não podemos ficar de olhos fechados para esses relacionamentos, que não têm seus direitos reconhecidos."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Padre Fábio de Melo diz ser favorável a união civil de pessoas de mesmo sexo


30/10/2020 | 18:41


O padre Fábio de Melo afirmou ser favorável a união civil entre pessoas de mesmo sexo em uma live na quinta-feira, 29, concordando com a posição do papa Francisco sobre o tema. O chefe da Igreja Católica afirmou ser favorável à união em um documentário.

Conversando com o empresário Marcus Montenegro, Fábio de Melo destacou que já havia se posicionado antes sobre o tema: "Em 2013 eu dei uma entrevista em que fui execrado pela ala mais conservadora da Igreja Católica porque eu fiz justamente essa distinção, nós precisamos saber distinguir o que é uma regra religiosa de uma civil".

"Porque somos religiosos, nós não temos que impor às pessoas que não são religiosas as nossas regras, ou impedir essas pessoas de terem seus direitos civis garantidos. Sempre considerei uma injustiça", disse o padre.

Ele comentou que a fala do pontífice não significa que padres precisarão realizar casamentos entre pessoas de mesmo sexo em igrejas. Segundo ele, Francisco "fez uma distinção entre a instância religiosa e a jurídica".

"Não é uma questão religiosa, é uma questão civil, e tem que ser resolvido nas instâncias civis. Não cabe a mim como padre ficar impondo ao outro uma regra que não me diz respeito", disse ele.

O padre também afirmou que "uma conduta religiosa não pode incorrer em injustiça", e destacou a necessidade do posicionamento do papa. "Não podemos ficar de olhos fechados para esses relacionamentos, que não têm seus direitos reconhecidos."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;