Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Marcos troca Michels por número do PSB na urna

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Oriundo do governo Lauro, socialista prioriza ‘40’ em peças da campanha e nas redes sociais


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

30/10/2020 | 00:01


Candidato do PSB à Prefeitura de Diadema, o vereador Marcos Michels tem trocado o sobrenome pelo número da legenda, 40, em peças publicitárias da campanha e nas redes sociais. Primo do atual prefeito Lauro Michels (PV) e aliado das duas gestões do verde, o parlamentar foi alijado da escolha pelo candidato governista à sucessão – Pretinho do Água Santa (DEM) é o prefeiturável oficial do Paço.

Dois fatores da estratégia beneficiam Marcos. O primeiro é driblar possível rejeição aos oito anos da gestão do primo. Não à toa, o parlamentar é confundido por eleitores, que acreditam que o socialista é irmão do atual prefeito. O segundo ponto para a escolha pelo ‘40’ é buscar atrair o eleitorado fiel ao partido – a legenda possui como sua principal figura histórica o ex-prefeito Gilson Menezes (morreu em fevereiro), que governou a cidade pela legenda entre 1997 e 2000.

Além disso, há a tentativa de colher frutos da campanha do partido na Capital, que tem como prefeiturável o ex-governador Márcio França. O socialista é dono do segundo maior tempo de propaganda na TV: 1 minuto e 36 segundos, atrás apenas do atual prefeito e candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB), que dispõe de três minutos e meio.

Em sua página oficial no Facebook, Marcos cita o Michels, mas adota como nome oficial ‘Marcos 40’. Seus cabos eleitorais também têm carregado bandeiras pelas ruas que destacam o número do partido. O socialista, porém, refuta qualquer tentativa de esconder o sobrenome. “O ‘Marcos 40’ é o ritmo do nosso jingle. Nem posso esconder (o sobrenome Michels), até porque foi esse mesmo sobrenome que, queira ou não, ajudou o Lauro (a ganhar a eleição) em 2012.”

Marcos é neto direto do ex-prefeito Lauro Michels (1963- 1968 e 1976-1982), segundo prefeito da história da cidade. Lauro, por sua vez, é sobrinho-neto do ex-prefeito homônimo. A candidatura de Marcos coloca a família, que ajudou na emancipação diademense, de novo na corrida pelo Paço. Além do velho Lauro, nas décadas de 1960 e 1970 e 1980, e do hoje prefeito, em 2012 e em 2016, disputou a eleição Ademar Michels, pai de Lauro (1992).  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Marcos troca Michels por número do PSB na urna

Oriundo do governo Lauro, socialista prioriza ‘40’ em peças da campanha e nas redes sociais

Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

30/10/2020 | 00:01


Candidato do PSB à Prefeitura de Diadema, o vereador Marcos Michels tem trocado o sobrenome pelo número da legenda, 40, em peças publicitárias da campanha e nas redes sociais. Primo do atual prefeito Lauro Michels (PV) e aliado das duas gestões do verde, o parlamentar foi alijado da escolha pelo candidato governista à sucessão – Pretinho do Água Santa (DEM) é o prefeiturável oficial do Paço.

Dois fatores da estratégia beneficiam Marcos. O primeiro é driblar possível rejeição aos oito anos da gestão do primo. Não à toa, o parlamentar é confundido por eleitores, que acreditam que o socialista é irmão do atual prefeito. O segundo ponto para a escolha pelo ‘40’ é buscar atrair o eleitorado fiel ao partido – a legenda possui como sua principal figura histórica o ex-prefeito Gilson Menezes (morreu em fevereiro), que governou a cidade pela legenda entre 1997 e 2000.

Além disso, há a tentativa de colher frutos da campanha do partido na Capital, que tem como prefeiturável o ex-governador Márcio França. O socialista é dono do segundo maior tempo de propaganda na TV: 1 minuto e 36 segundos, atrás apenas do atual prefeito e candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB), que dispõe de três minutos e meio.

Em sua página oficial no Facebook, Marcos cita o Michels, mas adota como nome oficial ‘Marcos 40’. Seus cabos eleitorais também têm carregado bandeiras pelas ruas que destacam o número do partido. O socialista, porém, refuta qualquer tentativa de esconder o sobrenome. “O ‘Marcos 40’ é o ritmo do nosso jingle. Nem posso esconder (o sobrenome Michels), até porque foi esse mesmo sobrenome que, queira ou não, ajudou o Lauro (a ganhar a eleição) em 2012.”

Marcos é neto direto do ex-prefeito Lauro Michels (1963- 1968 e 1976-1982), segundo prefeito da história da cidade. Lauro, por sua vez, é sobrinho-neto do ex-prefeito homônimo. A candidatura de Marcos coloca a família, que ajudou na emancipação diademense, de novo na corrida pelo Paço. Além do velho Lauro, nas décadas de 1960 e 1970 e 1980, e do hoje prefeito, em 2012 e em 2016, disputou a eleição Ademar Michels, pai de Lauro (1992).  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;