Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Saint-Martin, no Caribe, volta a receber turistas brasileiros

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Redação
Do Rota de Férias

29/10/2020 | 19:48


Depois de meses de isolamento, Saint-Martin, no Caribe, voltou a abrir as portas para os brasileiros. Para ingressar na ilha e visitar suas lindas praias, entretanto, é preciso se enquadrar em alguns requisitos básicos impostos pelo governo local.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

A principal exigência é a apresentação de um teste RT-PCR negativo realizado até 120 horas antes da partida para Saint-Martin. O exame é indispensável e estritamente obrigatória para todos os viajantes provenientes de países com alto ou médio risco de contágio, como o Brasil. Apenas crianças com menos de 10 anos estão liberadas do procedimento.

Divulgação – CAP Amazon
Saint-Martin, no Caribe

 

Além do teste, um formulário de autorização de saúde online também deverá ser preenchido pelo viajante e aprovado pelo governo de Saint-Martin antes da viagem. O documento pode ser acessado  aqui.

Como chegar em Saint-Martin 

O principal meio de acesso para a Saint-Martin é o Aeroporto Internacional Princesa Juliana, situado no lado holandês de Sint Maarten (ambos os destinos dividem a mesma ilha). O voo Panamá-Sint Maarten da Copa Airlines, principal via de entrada na ilha para os brasileiros, volta a operar em 27 de novembro.

Divulgação – CAP Amazon
Saint-Martin, no Caribe

 

Uma vez em Sint Maarten e Saint-Martin, as atividades turísticas seguem normais, mas com rigorosos protocolos de saúde e higiene. Em ambos os lados, o distanciamento social deve ser respeitado, e o uso de máscara é obrigatório nos estabelecimentos e em locais fechados.

Bares, restaurantes, lojas e discotecas, tanto no lado francês quanto holandês, estão fechando à meia-noite. Conexões entre Saint-Martin e Anguilla, estão suspensas até o dia 1º de novembro. Os roteiros para St. Barthélemy, porém, estão funcionando normalmente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Saint-Martin, no Caribe, volta a receber turistas brasileiros

Redação
Do Rota de Férias

29/10/2020 | 19:48


Depois de meses de isolamento, Saint-Martin, no Caribe, voltou a abrir as portas para os brasileiros. Para ingressar na ilha e visitar suas lindas praias, entretanto, é preciso se enquadrar em alguns requisitos básicos impostos pelo governo local.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

A principal exigência é a apresentação de um teste RT-PCR negativo realizado até 120 horas antes da partida para Saint-Martin. O exame é indispensável e estritamente obrigatória para todos os viajantes provenientes de países com alto ou médio risco de contágio, como o Brasil. Apenas crianças com menos de 10 anos estão liberadas do procedimento.

Divulgação – CAP Amazon
Saint-Martin, no Caribe

 

Além do teste, um formulário de autorização de saúde online também deverá ser preenchido pelo viajante e aprovado pelo governo de Saint-Martin antes da viagem. O documento pode ser acessado  aqui.

Como chegar em Saint-Martin 

O principal meio de acesso para a Saint-Martin é o Aeroporto Internacional Princesa Juliana, situado no lado holandês de Sint Maarten (ambos os destinos dividem a mesma ilha). O voo Panamá-Sint Maarten da Copa Airlines, principal via de entrada na ilha para os brasileiros, volta a operar em 27 de novembro.

Divulgação – CAP Amazon
Saint-Martin, no Caribe

 

Uma vez em Sint Maarten e Saint-Martin, as atividades turísticas seguem normais, mas com rigorosos protocolos de saúde e higiene. Em ambos os lados, o distanciamento social deve ser respeitado, e o uso de máscara é obrigatório nos estabelecimentos e em locais fechados.

Bares, restaurantes, lojas e discotecas, tanto no lado francês quanto holandês, estão fechando à meia-noite. Conexões entre Saint-Martin e Anguilla, estão suspensas até o dia 1º de novembro. Os roteiros para St. Barthélemy, porém, estão funcionando normalmente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;