Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 23 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Porsche amplia autonomia elétrica das versões híbridas do Cayenne

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação, com assessoria
Do Garagem360

28/10/2020 | 16:48


Porsche aumentou a autonomia puramente elétrica de todos os seus modelos híbridos plug-in do Cayenne. A capacidade bruta da bateria de alta voltagem agora é de 17,9 kWh, em vez dos 14,1 kWh anteriores, o que significa um aumento de até 30%. De acordo com o ciclo WLTP EAER City, o Cayenne E-Hybrid agora pode rodar até 48 quilômetros com emissão local zero (pela norma NEDC, até 56 quilômetros), enquanto o Turbo S E-Hybrid alcança até 42 quilômetros usando apenas a bateria (NEDC: até 53 quilômetros). Desta forma, todos os modelos Cayenne E-Hybrid atendem ao atual critério de autonomia que proporciona aos proprietários a obtenção de uma placa “E”, e uma taxação reduzida para a empresa na Alemanha.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Autonomia versões híbridas do Cayenne

O trem de força puramente elétrico utilizado em todos os modelos híbridos plug-in do Cayenne, inclusive na versão cupê, compreende um motor elétrico integrado à transmissão automática Tiptronic S de oito velocidades. Esse conjunto gera uma potência de 136 cv e 400 Nm de torque, permitindo alcançar uma velocidade máxima com propulsão totalmente elétrica de 135 km/h. Em qualquer dos modelos, qualquer aumento na demanda por potência pelo motorista, ou uma mudança para os modos Sport ou Sport Plus, ativa o motor a combustão interna. No Cayenne E-Hybrid, ele é um V6 turbo com três litros e uma potência de 340 cv, que contribui para um desempenho de sistema de 462 cv. Os modelos Cayenne Turbo S E-Hybrid trazem um motor V8 biturbo com quatro litros e 550 cv, o que faz com que o sistema híbrido como um todo alcance uma potência de 680 cv.

Modos de condução otimizados

Os modos de condução do pacote Sport Chrono de série foram otimizados para melhorar ainda mais a eficiência e a performance. O modo E-Charge, no qual o motor a combustão interna carrega a bateria durante o caminho, agora é ligado a uma estratégia de carga ajustada: o nível de carga desejado da bateria foi reduzido de 100 para 80 por cento. De forma muito semelhante à de uma bateria de telefone celular, a bateria carrega de forma muito mais lenta e ineficiente quando seu nível de carga atinge 80 por cento ou mais. Esta estratégia também proporciona uma forma de garantir que a qualquer momento seja possível a total recuperação da energia.

LEIA MAIS: Levantamento mostra que VW Fox foi o veículo usado mais negociado na internet

Opinião: Lewis Hamilton é o maior nome da história da Fórmula 1

Dessa forma, o modo E-Charge promete ser mais eficiente. Nos modos voltados ao desempenho Sport e Sport Plus, a bateria está sempre carregada a um nível mínimo para oferecer suficientes opções de impulso adicional para um estilo de condução esportivo, e agora é carregada de forma ainda mais eficiente num nível de potência maior e mais consistente – em média 12 kW no Cayenne Turbo S E-Hybrid no modo Sport Plus.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Porsche amplia autonomia elétrica das versões híbridas do Cayenne

Da Redação, com assessoria
Do Garagem360

28/10/2020 | 16:48


Porsche aumentou a autonomia puramente elétrica de todos os seus modelos híbridos plug-in do Cayenne. A capacidade bruta da bateria de alta voltagem agora é de 17,9 kWh, em vez dos 14,1 kWh anteriores, o que significa um aumento de até 30%. De acordo com o ciclo WLTP EAER City, o Cayenne E-Hybrid agora pode rodar até 48 quilômetros com emissão local zero (pela norma NEDC, até 56 quilômetros), enquanto o Turbo S E-Hybrid alcança até 42 quilômetros usando apenas a bateria (NEDC: até 53 quilômetros). Desta forma, todos os modelos Cayenne E-Hybrid atendem ao atual critério de autonomia que proporciona aos proprietários a obtenção de uma placa “E”, e uma taxação reduzida para a empresa na Alemanha.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Autonomia versões híbridas do Cayenne

O trem de força puramente elétrico utilizado em todos os modelos híbridos plug-in do Cayenne, inclusive na versão cupê, compreende um motor elétrico integrado à transmissão automática Tiptronic S de oito velocidades. Esse conjunto gera uma potência de 136 cv e 400 Nm de torque, permitindo alcançar uma velocidade máxima com propulsão totalmente elétrica de 135 km/h. Em qualquer dos modelos, qualquer aumento na demanda por potência pelo motorista, ou uma mudança para os modos Sport ou Sport Plus, ativa o motor a combustão interna. No Cayenne E-Hybrid, ele é um V6 turbo com três litros e uma potência de 340 cv, que contribui para um desempenho de sistema de 462 cv. Os modelos Cayenne Turbo S E-Hybrid trazem um motor V8 biturbo com quatro litros e 550 cv, o que faz com que o sistema híbrido como um todo alcance uma potência de 680 cv.

Modos de condução otimizados

Os modos de condução do pacote Sport Chrono de série foram otimizados para melhorar ainda mais a eficiência e a performance. O modo E-Charge, no qual o motor a combustão interna carrega a bateria durante o caminho, agora é ligado a uma estratégia de carga ajustada: o nível de carga desejado da bateria foi reduzido de 100 para 80 por cento. De forma muito semelhante à de uma bateria de telefone celular, a bateria carrega de forma muito mais lenta e ineficiente quando seu nível de carga atinge 80 por cento ou mais. Esta estratégia também proporciona uma forma de garantir que a qualquer momento seja possível a total recuperação da energia.

LEIA MAIS: Levantamento mostra que VW Fox foi o veículo usado mais negociado na internet

Opinião: Lewis Hamilton é o maior nome da história da Fórmula 1

Dessa forma, o modo E-Charge promete ser mais eficiente. Nos modos voltados ao desempenho Sport e Sport Plus, a bateria está sempre carregada a um nível mínimo para oferecer suficientes opções de impulso adicional para um estilo de condução esportivo, e agora é carregada de forma ainda mais eficiente num nível de potência maior e mais consistente – em média 12 kW no Cayenne Turbo S E-Hybrid no modo Sport Plus.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;