Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

EUA prendem 5 e acusam 8 de ajudar China a perseguir supostos fugitivos



28/10/2020 | 13:23


As autoridades dos Estados Unidos acusam oito pessoas e o FBI prendeu cinco delas por ajudar o governo da China a ameaçar supostos fugitivos em solo americano, informaram as autoridades nesta quarta-feira, 28. O episódio abre mais uma frente nos esforços americanos para combater supostas irregularidades chinesas nos EUA.

Três dos acusados estariam em solo chinês, segundo funcionários americanos.

As prisões ocorreram nas últimas 24 horas, na área de Nova York e na Califórnia.

Elas são as primeiras a ter como alvo o que a China descreve como um esforço contra a corrupção e pelo retorno para solo chinês de pessoas procuradas por crimes econômicos, entre outros delitos.

Para os críticos de Pequim, inclusive o governo americano, o comportamento é na verdade uma campanha de Pequim contra rivais políticos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA prendem 5 e acusam 8 de ajudar China a perseguir supostos fugitivos


28/10/2020 | 13:23


As autoridades dos Estados Unidos acusam oito pessoas e o FBI prendeu cinco delas por ajudar o governo da China a ameaçar supostos fugitivos em solo americano, informaram as autoridades nesta quarta-feira, 28. O episódio abre mais uma frente nos esforços americanos para combater supostas irregularidades chinesas nos EUA.

Três dos acusados estariam em solo chinês, segundo funcionários americanos.

As prisões ocorreram nas últimas 24 horas, na área de Nova York e na Califórnia.

Elas são as primeiras a ter como alvo o que a China descreve como um esforço contra a corrupção e pelo retorno para solo chinês de pessoas procuradas por crimes econômicos, entre outros delitos.

Para os críticos de Pequim, inclusive o governo americano, o comportamento é na verdade uma campanha de Pequim contra rivais políticos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;