Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Gerdau: lucro líquido consolidado é de R$ 795 mi no 3º trimestre (+175% em 1 ano)



28/10/2020 | 09:58


O lucro líquido da Gerdau deu um salto de 175% no terceiro trimestre deste ano, passando para R$ 795 milhões, ante R$ 289 milhões no mesmo período do ano passado. Em relação ao segundo trimestre deste ano a alta é menor, de 152%.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado chegou a R$ 2,19 bilhões entre julho e setembro deste ano, avanço de 46% em relação ao registrado no mesmo período de 2019. Na comparação com o segundo trimestre deste ano, o Ebitda subiu 62%.

A receita líquida subiu 23%, passando de R$ 9,931 bilhões para R$ 12,222 bilhões. O aumento foi de 40% na comparação com o segundo trimestre deste ano, quando ficou em R$ 8,745 bilhões. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 28, pela siderúrgica.

A companhia informou que a receita líquida do terceiro trimestre acompanhou o crescimento do volume de vendas tanto na comparação com o segundo trimestre deste ano quanto com o terceiro trimestre de 2019.

"Vale ressaltar que a receita líquida do terceiro trimestre foi influenciada principalmente pela depreciação do real de 36% nos últimos doze meses, com impacto positivo especialmente pela conversão das receitas das nossas operações na América do Norte", diz a empresa em carta que acompanha os dados financeiros.

Da mesma forma, segundo a empresa, o custo das vendas também refletiu o aumento do volume vendido e o efeito cambial sobre os resultados das operações da América do Norte, bem como nos insumos importados no Brasil, e apresentou crescimento em relação aos trimestres comparados. Além disso, houve aumento nos preços das principais matérias primas utilizadas pela companhia, com destaque para 27% de aumento do preço da sucata e de 28% no preço de minério de ferro, ambos na comparação anual.

A Gerdau informou ainda que o lucro bruto e a margem bruta consolidados apresentaram crescimento significativo porque a receita por tonelada vendida subiu 18% em relação ao terceiro trimestre do ano passado, enquanto o custo por tonelada vendida subiu 13% no mesmo período. O lucro bruto no terceiro trimestre teve avanço de 72% em base anual, para R$ 1,697 bilhão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Gerdau: lucro líquido consolidado é de R$ 795 mi no 3º trimestre (+175% em 1 ano)


28/10/2020 | 09:58


O lucro líquido da Gerdau deu um salto de 175% no terceiro trimestre deste ano, passando para R$ 795 milhões, ante R$ 289 milhões no mesmo período do ano passado. Em relação ao segundo trimestre deste ano a alta é menor, de 152%.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado chegou a R$ 2,19 bilhões entre julho e setembro deste ano, avanço de 46% em relação ao registrado no mesmo período de 2019. Na comparação com o segundo trimestre deste ano, o Ebitda subiu 62%.

A receita líquida subiu 23%, passando de R$ 9,931 bilhões para R$ 12,222 bilhões. O aumento foi de 40% na comparação com o segundo trimestre deste ano, quando ficou em R$ 8,745 bilhões. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 28, pela siderúrgica.

A companhia informou que a receita líquida do terceiro trimestre acompanhou o crescimento do volume de vendas tanto na comparação com o segundo trimestre deste ano quanto com o terceiro trimestre de 2019.

"Vale ressaltar que a receita líquida do terceiro trimestre foi influenciada principalmente pela depreciação do real de 36% nos últimos doze meses, com impacto positivo especialmente pela conversão das receitas das nossas operações na América do Norte", diz a empresa em carta que acompanha os dados financeiros.

Da mesma forma, segundo a empresa, o custo das vendas também refletiu o aumento do volume vendido e o efeito cambial sobre os resultados das operações da América do Norte, bem como nos insumos importados no Brasil, e apresentou crescimento em relação aos trimestres comparados. Além disso, houve aumento nos preços das principais matérias primas utilizadas pela companhia, com destaque para 27% de aumento do preço da sucata e de 28% no preço de minério de ferro, ambos na comparação anual.

A Gerdau informou ainda que o lucro bruto e a margem bruta consolidados apresentaram crescimento significativo porque a receita por tonelada vendida subiu 18% em relação ao terceiro trimestre do ano passado, enquanto o custo por tonelada vendida subiu 13% no mesmo período. O lucro bruto no terceiro trimestre teve avanço de 72% em base anual, para R$ 1,697 bilhão.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;