Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Cruzeiro paga dívidas na Fifa e é liberado para contratar jogadores



27/10/2020 | 15:15


O Cruzeiro anunciou, nesta terça-feira, que está livre da punição imposta pela Fifa e poderá voltar a registrar novos jogadores. A sanção era resultado da ação imposta pelo Zorya, da Ucrânia, referente à aquisição do atacante Willian, atualmente no Palmeiras, em 2014.

"A sanção de transfer ban, aplicada pela Fifa, está cancelada! Desta forma, o Cruzeiro pode voltar a registrar atletas em todas as suas categorias", escreveu o clube mineiro, em suas redes sociais.

O Cruzeiro recebeu a punição da Fifa em 2 de setembro e na época, em comunicado oficial, contestou a sanção aplicada, alegando que havia pago a dívida no valor de 1,1 milhão de euros (cerca de R$ 7,3 milhões, na cotação atual) pela contratação do jogador.

Mas a quitação do débito foi anunciada pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues um dia após a contratação do técnico Luiz Felipe Scolari, há duas semanas. Esse era um dos compromissos da diretoria com o novo treinador.

O clube também anunciou há dez dias o pagamento de dívidas em torno de R$ 10 milhões relativas à aquisição do atacante Ramón Ábila e com a comissão técnica do ex-treinador Paulo Bento.

Desta forma, o clube vai poder contratar jogadores para reforçar a equipe, 18ª colocada na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cruzeiro paga dívidas na Fifa e é liberado para contratar jogadores


27/10/2020 | 15:15


O Cruzeiro anunciou, nesta terça-feira, que está livre da punição imposta pela Fifa e poderá voltar a registrar novos jogadores. A sanção era resultado da ação imposta pelo Zorya, da Ucrânia, referente à aquisição do atacante Willian, atualmente no Palmeiras, em 2014.

"A sanção de transfer ban, aplicada pela Fifa, está cancelada! Desta forma, o Cruzeiro pode voltar a registrar atletas em todas as suas categorias", escreveu o clube mineiro, em suas redes sociais.

O Cruzeiro recebeu a punição da Fifa em 2 de setembro e na época, em comunicado oficial, contestou a sanção aplicada, alegando que havia pago a dívida no valor de 1,1 milhão de euros (cerca de R$ 7,3 milhões, na cotação atual) pela contratação do jogador.

Mas a quitação do débito foi anunciada pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues um dia após a contratação do técnico Luiz Felipe Scolari, há duas semanas. Esse era um dos compromissos da diretoria com o novo treinador.

O clube também anunciou há dez dias o pagamento de dívidas em torno de R$ 10 milhões relativas à aquisição do atacante Ramón Ábila e com a comissão técnica do ex-treinador Paulo Bento.

Desta forma, o clube vai poder contratar jogadores para reforçar a equipe, 18ª colocada na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;