Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Ásia: Bolsas fecham majoritariamente em baixa, focando em covid e impasse nos EUA



26/10/2020 | 07:15


As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta segunda-feira (26) diante da propagação do novo coronavírus, principalmente na Europa e nos EUA, e do impasse nas negociações entre o governo americano e a oposição democrata por um novo acordo de estímulos fiscais.

Em Tóquio, o índice acionário japonês Nikkei teve baixa marginal de 0,09%, a 23.494,34 pontos, pressionado por ações siderúrgicas e do setor financeiro. O chinês Xangai Composto recuou 0,82%, a 3.251,12 pontos, também prejudicado por papéis financeiros, atingindo o menor patamar desde o início de setembro. Já o sul-coreano Kospi teve queda de 0,72% em Seul, a 2.343,91 pontos, influenciado por ações de varejistas e do segmento farmacêutico.

Investidores mantêm a cautela em meio ao avanço da covid-19 na Europa e nos EUA, que vêm registrando novos recordes de infecções diárias. Ontem, o chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, disse em entrevista à CNN que o governo do presidente Donald Trump "não vai controlar a pandemia" em meio ao aumento de casos, e que o foco está em obter uma vacina. Na Ásia, preocupa também a situação do coronavírus na Coreia do Sul.

Outro fator que compromete o apetite por risco é o longo impasse nas conversas entre o governo dos EUA e os democratas em torno de um novo pacote fiscal para ajudar a combater os impactos da covid-19. É incerto se os dois lados conseguirão chegar a um acerto antes da eleição presidencial americana, marcada para 3 de novembro.

As exceções positivas na região asiática hoje foram o índice chinês Shenzhen Composto, que subiu 0,52%, a 2.212,07 pontos, e o Taiex, que apresentou ligeiro ganho de 0,08% em Taiwan, a 12.909,03 pontos. Em Hong Kong, a bolsa local não operou devido a um feriado.

Na Oceania, a bolsa australiana seguiu o tom majoritário da Ásia, e o S&P/ASX 200 caiu 0,18% em Sydney, a 6.155,60 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ásia: Bolsas fecham majoritariamente em baixa, focando em covid e impasse nos EUA


26/10/2020 | 07:15


As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta segunda-feira (26) diante da propagação do novo coronavírus, principalmente na Europa e nos EUA, e do impasse nas negociações entre o governo americano e a oposição democrata por um novo acordo de estímulos fiscais.

Em Tóquio, o índice acionário japonês Nikkei teve baixa marginal de 0,09%, a 23.494,34 pontos, pressionado por ações siderúrgicas e do setor financeiro. O chinês Xangai Composto recuou 0,82%, a 3.251,12 pontos, também prejudicado por papéis financeiros, atingindo o menor patamar desde o início de setembro. Já o sul-coreano Kospi teve queda de 0,72% em Seul, a 2.343,91 pontos, influenciado por ações de varejistas e do segmento farmacêutico.

Investidores mantêm a cautela em meio ao avanço da covid-19 na Europa e nos EUA, que vêm registrando novos recordes de infecções diárias. Ontem, o chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, disse em entrevista à CNN que o governo do presidente Donald Trump "não vai controlar a pandemia" em meio ao aumento de casos, e que o foco está em obter uma vacina. Na Ásia, preocupa também a situação do coronavírus na Coreia do Sul.

Outro fator que compromete o apetite por risco é o longo impasse nas conversas entre o governo dos EUA e os democratas em torno de um novo pacote fiscal para ajudar a combater os impactos da covid-19. É incerto se os dois lados conseguirão chegar a um acerto antes da eleição presidencial americana, marcada para 3 de novembro.

As exceções positivas na região asiática hoje foram o índice chinês Shenzhen Composto, que subiu 0,52%, a 2.212,07 pontos, e o Taiex, que apresentou ligeiro ganho de 0,08% em Taiwan, a 12.909,03 pontos. Em Hong Kong, a bolsa local não operou devido a um feriado.

Na Oceania, a bolsa australiana seguiu o tom majoritário da Ásia, e o S&P/ASX 200 caiu 0,18% em Sydney, a 6.155,60 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;