Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diego Alemão parte para o abraço


Ana Carolina Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

14/04/2007 | 07:01


A movimentada Marechal Deodoro, no centro de São Bernardo, parou sexta-feira à tarde para ver a primeira aparição pública de Diego em sua cidade natal desde que venceu a sétima edição do Big Brother Brasil, na semana passada. De uma hora para a outra, a rua transformou-se num aglomerado de centenas de pessoas dispostas a quase tudo para ver pelo menos um aceno de Alemão que aproveitou o passeio para visitar a loja do pai e tomar um cafezinho no bar em frente ao estabelecimento. A principal atração da festa, no entanto, ficou por conta do desfile num carro de som que apareceu meio de surpresa na comemoração e fez a alegria de comerciantes e moradores, que puderam acompanhar o ganhador até o Paço Municipal.

“É uma loucura isso aqui. Não achava de jeito nenhum que seria assim”, repetia um Diego ainda assustado com o número de crianças, adultos – principalmente mulheres – que gritavam, fotografavam, pediam beijos ou se contentavam apenas com um sorriso de Alemão. “Não sei se mereço esse sucesso. Acho que não. É muita gente e eu nem sei porque”, disse impressionado com a energia das pessoas que não paravam de gritar.

Do alto do caminhão de som, ao qual a reportagem do Diário teve acesso, o vencedor do reality show improvisou poucas palavras já que os gritos eram tantos que o som do microfone era incapaz de abafar a voz da turma que não arredava o pé da lateral do carro. “Não sei como agradecer todo esse carinho”, repetia o administrador, saudado por motoqueiros e motoristas. Sem saber como atender a tantos pedidos, Diego pensou em descer do automóvel, mas foi desaconselhado pela família e pela numerosa equipe de segurança que o acompanha desde que levou o prêmio do BBB7.

Enquanto acenava para as pessoas nas calçadas e pedia para que se afastassem do carro para evitar acidentes, Diego contou que a experiência dentro da casa do programa transformou sua vida. “Acho que saí mais homem de lá, com mais certeza do que eu quero. Pensei muito na minha família”, contou. Sobre o momento mais difícil no confinamento, um apaixonado Alemão nem titubeou: “Com certeza foi ver a dona Irislene Stefanelli passar por aquela porta”.

Correria - Depois de pouco mais de uma hora de passeio pela Marechal Deodoro, Diego saltou do carro de som no Paço Municipal direto para um carro da Globo que o levaria para mais um compromisso na emissora. No começo da tarde, Alemão terminou as gravações que faria quinta-feira à noite para o Fantástico. Na véspera, elas tiveram de ser interrompidas por conta do cansaço e esgotamento emocional do ex-BBB, que segundo a família ainda não tinha conseguido dormir por horas seguidas.

Desde que deixou a atração, há exatamente 11 dias, Alemão tem feito uma verdadeira maratona pelos programas da casa. Até agora ele já participou do Domingão do Faustão, Fantástico, Vídeo Show, Altas Horas, Turma do Didi e Casseta e Planeta Urgente!. Mesmo com a falta de tempo, convites não têm faltado ao paulista, mas por enquanto ele ainda prefere não falar das propostas. “Amanhã (neste sábado) eu vou parar para analisar os projetos. Ainda não tenho nada certo”.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;