Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Boechat é demitido do Globo após denúncia da Veja


Do Diário OnLine

25/06/2001 | 17:48


A matéria publicada na revista Veja deste semana, revelando os bastidores da guerra entre o grupo canadense TIW e o presidente do Banco Opportunity, Daniel Santas, pelo controle de duas empresas de telefonia celular (Telemig e Tele Norte Celular) resultou na demissão do jornalista Ricardo Boechat, responsável pela coluna mais lida do jornal O Globo.

Boechat foi demitido neste domingo, após a edição da revista chegar às bancas. A matéria tem sete páginas e divulga conversas entre o jornalista e Paulo Marinho, assessor de Nelson Tanure, aliado da TIW e acionista majoritário do Jornal do Brasil.

Segundo a revista, o jornalista informa, por telefone, o teor de uma matéria que seria publicada no dia seguinte em O Globo, sobre a disputa. Além disso, conta detalhes dos procedimentos internos do jornal.

O Globo informa nesta segunda apenas que a coluna Swann voltará para o lugar da coluna de Boechat, "que se desligou do jornal ontem (domingo)", sem esclarecer o caso.

O jornalista também foi afastado do programa Bom Dia Brasil, da Rede Globo.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou nesta segunda-feira que os grampos telefônicos só serão investigados internamente mediante pedido do Poder Judiciário.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Boechat é demitido do Globo após denúncia da Veja

Do Diário OnLine

25/06/2001 | 17:48


A matéria publicada na revista Veja deste semana, revelando os bastidores da guerra entre o grupo canadense TIW e o presidente do Banco Opportunity, Daniel Santas, pelo controle de duas empresas de telefonia celular (Telemig e Tele Norte Celular) resultou na demissão do jornalista Ricardo Boechat, responsável pela coluna mais lida do jornal O Globo.

Boechat foi demitido neste domingo, após a edição da revista chegar às bancas. A matéria tem sete páginas e divulga conversas entre o jornalista e Paulo Marinho, assessor de Nelson Tanure, aliado da TIW e acionista majoritário do Jornal do Brasil.

Segundo a revista, o jornalista informa, por telefone, o teor de uma matéria que seria publicada no dia seguinte em O Globo, sobre a disputa. Além disso, conta detalhes dos procedimentos internos do jornal.

O Globo informa nesta segunda apenas que a coluna Swann voltará para o lugar da coluna de Boechat, "que se desligou do jornal ontem (domingo)", sem esclarecer o caso.

O jornalista também foi afastado do programa Bom Dia Brasil, da Rede Globo.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou nesta segunda-feira que os grampos telefônicos só serão investigados internamente mediante pedido do Poder Judiciário.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;