Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Manchester City empata com o West Ham e perde chance de se aproximar dos líderes



24/10/2020 | 10:54


Acostumado a figurar entre os primeiros colocados do Campeonato Inglês nos últimos anos e brigar pelo título, o Manchester City encontra problemas para deslanchar nesta temporada. Neste sábado, o time de Pep Guardiola só empatou por 1 a 1 com o West Ham, fora de casa, acumulou seu terceiro tropeço no campeonato e perdeu a oportunidade de se aproximar do pelotão da frente.

Com o empate, o Manchester City, que tem um jogo a menos, soma oito pontos e não figura nem entre os dez primeiro. A equipe é a 11ª colocada e deve cair ainda mais na tabela, já que a maioria dos times ainda não entrou em campo pela sexta rodada. Neste início, são duas vitórias, dois empates e uma derrota, a goleada acachapante por 5 a 2 sofrida para o Leicester. O West Ham também tem oito pontos e aparece logo à frente, no décimo lugar, por ter saldo de gols superior.

É o pior início em ligas nacionais do técnico Pep Guardiola, que, além dos dois títulos da Premier League, foi tricampeão espanhol e alemão, com Barcelona e Bayern de Munique, respectivamente. Depois do triunfo sobre o Arsenal na rodada passada, a expectativa era de que seus comandados engatassem a segunda vitória consecutiva no torneio para se aproximar dos líderes. Não foi o que aconteceu.

O primeiro tempo dos visitantes foi ruim. É fato que o City teve quase 70% de posse de bola e cerca de 90% de acerto nos passes, mas criou poucas chances de gols e praticamente não incomodou os anfitriões. Foi apenas uma finalização em direção ao gol.

Jogando em casa, o West Ham se sentiu à vontade e sua estratégia deu certo na primeira etapa. O time londrino conseguiu encaixar a marcação e teve espaço para sair nos contra-ataques. Chegou poucas vezes no ataque, mas foi eficiente e abriu o placar em uma dessas investidas com Michail Antonio, aos 18 minutos. Mesmo marcado na área, o atacante conseguiu acertar uma linda conclusão, uma quase bicicleta.

Na etapa final, o City cresceu, foi mais criativo e ocupou o campo de ataque. O time melhorou principal após a entrada do atacante Phil Foden. Foi dele o gol de empate, anotado aos seis minutos. O jovem recebeu cruzamento rasteiro no meio da área, dominou rápido e bateu rasteiro, no canto.

A equipe de Guardiola seguiu melhor, mas perdeu grandes oportunidades, principalmente com Sterling, que errou um gol incrível faltando cinco minutos para o fim. Resultado: mais uma rodada frustrante e sem vitórias.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Manchester City empata com o West Ham e perde chance de se aproximar dos líderes


24/10/2020 | 10:54


Acostumado a figurar entre os primeiros colocados do Campeonato Inglês nos últimos anos e brigar pelo título, o Manchester City encontra problemas para deslanchar nesta temporada. Neste sábado, o time de Pep Guardiola só empatou por 1 a 1 com o West Ham, fora de casa, acumulou seu terceiro tropeço no campeonato e perdeu a oportunidade de se aproximar do pelotão da frente.

Com o empate, o Manchester City, que tem um jogo a menos, soma oito pontos e não figura nem entre os dez primeiro. A equipe é a 11ª colocada e deve cair ainda mais na tabela, já que a maioria dos times ainda não entrou em campo pela sexta rodada. Neste início, são duas vitórias, dois empates e uma derrota, a goleada acachapante por 5 a 2 sofrida para o Leicester. O West Ham também tem oito pontos e aparece logo à frente, no décimo lugar, por ter saldo de gols superior.

É o pior início em ligas nacionais do técnico Pep Guardiola, que, além dos dois títulos da Premier League, foi tricampeão espanhol e alemão, com Barcelona e Bayern de Munique, respectivamente. Depois do triunfo sobre o Arsenal na rodada passada, a expectativa era de que seus comandados engatassem a segunda vitória consecutiva no torneio para se aproximar dos líderes. Não foi o que aconteceu.

O primeiro tempo dos visitantes foi ruim. É fato que o City teve quase 70% de posse de bola e cerca de 90% de acerto nos passes, mas criou poucas chances de gols e praticamente não incomodou os anfitriões. Foi apenas uma finalização em direção ao gol.

Jogando em casa, o West Ham se sentiu à vontade e sua estratégia deu certo na primeira etapa. O time londrino conseguiu encaixar a marcação e teve espaço para sair nos contra-ataques. Chegou poucas vezes no ataque, mas foi eficiente e abriu o placar em uma dessas investidas com Michail Antonio, aos 18 minutos. Mesmo marcado na área, o atacante conseguiu acertar uma linda conclusão, uma quase bicicleta.

Na etapa final, o City cresceu, foi mais criativo e ocupou o campo de ataque. O time melhorou principal após a entrada do atacante Phil Foden. Foi dele o gol de empate, anotado aos seis minutos. O jovem recebeu cruzamento rasteiro no meio da área, dominou rápido e bateu rasteiro, no canto.

A equipe de Guardiola seguiu melhor, mas perdeu grandes oportunidades, principalmente com Sterling, que errou um gol incrível faltando cinco minutos para o fim. Resultado: mais uma rodada frustrante e sem vitórias.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;