Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Barack Obama aparece em vídeo incentivando votação pelo correio

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ex-presidente diz utilizar o voto por correspondência com frequência, e explica o passo-a-passo aos eleitores, alertando que as instruções de votação são diferentes em cada Estado



22/10/2020 | 11:19


Um dia após entrar oficialmente na campanha de Joe Biden, o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama voltou a se comunicar com o público americano nesta quinta-feira, 22. Em suas redes sociais, Obama publicou um vídeo incentivando o voto por correspondência, um dos principais pontos de polêmica entre democratas e republicanos na disputa eleitoral deste ano.

No vídeo, o ex-presidente diz utilizar o voto por correspondência com frequência, e explica o passo-a-passo aos eleitores, alertando que as instruções de votação são diferentes em cada Estado. Obama também reafirma seu voto em Joe Biden e Kamala Harris. "Acabei de votar por e-mail em Joe Biden e Kamala Harris. Se você está planejando fazer o mesmo, siga todas as instruções cuidadosamente e coloque-o no correio ou na urna eleitoral imediatamente. Aqui, vou te mostrar."

O ex-presidente vinha mantendo certa discrição na disputa eleitoral até a quarta-feira, 21, quando apareceu publicamente pela primeira vez em um "comício drive-in" da campanha de Biden, realizado na Filadélfia.

O discurso de Obama durante o evento foi um dos mais duros ataques do ex-presidente ao atual ocupante da Casa Branca, Donald Trump, a quem acusou de não levar a sério o papel de presidente. "Isto não é um reality show. É a realidade", disse Obama.

"Eu nunca pensei que Donald Trump fosse abraçar minha visão de mundo ou continuasse minhas políticas. Mas eu esperava, pelo bem do país, que ele pudesse mostrar algum interesse e levar o trabalho a sério. Mas nada disso aconteceu. Até agora, ele não mostrou interesse em ajudar ninguém além de si mesmo e de seus amigos."

Obama é uma das armas mais poderosas da campanha democrata. O ex-presidente deixou o cargo em 2016 com um alto índice de popularidade, especialmente entre os negros - e o discurso desta quarta foi planejado especificamente para aumentar o apoio a Biden entre esses eleitores.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Barack Obama aparece em vídeo incentivando votação pelo correio

Ex-presidente diz utilizar o voto por correspondência com frequência, e explica o passo-a-passo aos eleitores, alertando que as instruções de votação são diferentes em cada Estado


22/10/2020 | 11:19


Um dia após entrar oficialmente na campanha de Joe Biden, o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama voltou a se comunicar com o público americano nesta quinta-feira, 22. Em suas redes sociais, Obama publicou um vídeo incentivando o voto por correspondência, um dos principais pontos de polêmica entre democratas e republicanos na disputa eleitoral deste ano.

No vídeo, o ex-presidente diz utilizar o voto por correspondência com frequência, e explica o passo-a-passo aos eleitores, alertando que as instruções de votação são diferentes em cada Estado. Obama também reafirma seu voto em Joe Biden e Kamala Harris. "Acabei de votar por e-mail em Joe Biden e Kamala Harris. Se você está planejando fazer o mesmo, siga todas as instruções cuidadosamente e coloque-o no correio ou na urna eleitoral imediatamente. Aqui, vou te mostrar."

O ex-presidente vinha mantendo certa discrição na disputa eleitoral até a quarta-feira, 21, quando apareceu publicamente pela primeira vez em um "comício drive-in" da campanha de Biden, realizado na Filadélfia.

O discurso de Obama durante o evento foi um dos mais duros ataques do ex-presidente ao atual ocupante da Casa Branca, Donald Trump, a quem acusou de não levar a sério o papel de presidente. "Isto não é um reality show. É a realidade", disse Obama.

"Eu nunca pensei que Donald Trump fosse abraçar minha visão de mundo ou continuasse minhas políticas. Mas eu esperava, pelo bem do país, que ele pudesse mostrar algum interesse e levar o trabalho a sério. Mas nada disso aconteceu. Até agora, ele não mostrou interesse em ajudar ninguém além de si mesmo e de seus amigos."

Obama é uma das armas mais poderosas da campanha democrata. O ex-presidente deixou o cargo em 2016 com um alto índice de popularidade, especialmente entre os negros - e o discurso desta quarta foi planejado especificamente para aumentar o apoio a Biden entre esses eleitores.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;