Fechar
Publicidade

Domingo, 11 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sindicato publica nota sobre falta de pagamento dos jogadores do São Caetano

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Especula-se que a quantia de R$ 250 mil da conquista da Série A-2 não foi repassada ao grupo


Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

20/10/2020 | 21:50


O Sindicato de Atletas de São Paulo anunciou que tem acompanhado as complicações financeiras pelas quais o São Caetano tem passado. Segundo informações extraoficiais, os salários dos jogadores estão atrasados há certa de quatro meses, o que motivou a saída de atletas como o zagueiro Domingos e o volante Everton Dias, além do treinador Alexandre Gallo.  

Em nota, postada on-line em seu site oficial, a entidade diz que situação administrativa do clube há algum tempo vem se complicando. "A agremiação não vem honrando suas obrigações trabalhistas, fato que levou diversos jogadores a decidirem pela rescisão de seus contratos após o título do estadual (ocorrido no dia 12). Na semana passada, o Sindicato de Atletas SP foi comunicado oficialmente pelos jogadores a respeito da situação calamitosa", diz trecho.

Especula-se que a premiação em dinheiro resultante da conquista do título da Série A-2 do Campeonto Paulista deste ano, de certa de R$ 250 mil, não foi repassada ao grupo. O valor seria importante para a realização de parte dos acertos.

Ainda segundo o documento, o elenco cogitou não entrar em campo na próxima partida da equipe, agendada para esta quarta-feira (21), contra o Joinville, pela oitava rodada do Grupo H da Série D do Campeonato Brasileiro. "Sabendo da insatisfação dos atletas, o investidor do clube entrou em contato com o elenco garantindo que pagará os valores pendentes", afirma o texto, ressaltando que o grupo decidiu por viajar para realizar a partida após a promessa do clube. "O Sindicato continuará acompanhando a situação de perto e está à disposição para intervenções. Caso não ocorra o pagamento combinado, as providências serão tomadas logo após a manifestação formal do elenco."

Ontem, o Diário publicou matéria falando sobre o caos administrativo pelo qual passa o Azulão. Além de jogadores e integrantes da comissão técnica, profissionais dos bastidores do futebol do time também deixaram seus cargos. Dininho, ex-auxiliar, e Marcio Griggio, ex-executivo de futebol, por exemplo, disseram que seus desligamentos foram motivados pela volta do presidente Nairo Ferreira de Souza ao comando do clube após fim de parcerias financeiras recentes que chegaram ao fim nos últimos meses. Ele está no posto desde a fundação do São Caetano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sindicato publica nota sobre falta de pagamento dos jogadores do São Caetano

Especula-se que a quantia de R$ 250 mil da conquista da Série A-2 não foi repassada ao grupo

Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

20/10/2020 | 21:50


O Sindicato de Atletas de São Paulo anunciou que tem acompanhado as complicações financeiras pelas quais o São Caetano tem passado. Segundo informações extraoficiais, os salários dos jogadores estão atrasados há certa de quatro meses, o que motivou a saída de atletas como o zagueiro Domingos e o volante Everton Dias, além do treinador Alexandre Gallo.  

Em nota, postada on-line em seu site oficial, a entidade diz que situação administrativa do clube há algum tempo vem se complicando. "A agremiação não vem honrando suas obrigações trabalhistas, fato que levou diversos jogadores a decidirem pela rescisão de seus contratos após o título do estadual (ocorrido no dia 12). Na semana passada, o Sindicato de Atletas SP foi comunicado oficialmente pelos jogadores a respeito da situação calamitosa", diz trecho.

Especula-se que a premiação em dinheiro resultante da conquista do título da Série A-2 do Campeonto Paulista deste ano, de certa de R$ 250 mil, não foi repassada ao grupo. O valor seria importante para a realização de parte dos acertos.

Ainda segundo o documento, o elenco cogitou não entrar em campo na próxima partida da equipe, agendada para esta quarta-feira (21), contra o Joinville, pela oitava rodada do Grupo H da Série D do Campeonato Brasileiro. "Sabendo da insatisfação dos atletas, o investidor do clube entrou em contato com o elenco garantindo que pagará os valores pendentes", afirma o texto, ressaltando que o grupo decidiu por viajar para realizar a partida após a promessa do clube. "O Sindicato continuará acompanhando a situação de perto e está à disposição para intervenções. Caso não ocorra o pagamento combinado, as providências serão tomadas logo após a manifestação formal do elenco."

Ontem, o Diário publicou matéria falando sobre o caos administrativo pelo qual passa o Azulão. Além de jogadores e integrantes da comissão técnica, profissionais dos bastidores do futebol do time também deixaram seus cargos. Dininho, ex-auxiliar, e Marcio Griggio, ex-executivo de futebol, por exemplo, disseram que seus desligamentos foram motivados pela volta do presidente Nairo Ferreira de Souza ao comando do clube após fim de parcerias financeiras recentes que chegaram ao fim nos últimos meses. Ele está no posto desde a fundação do São Caetano.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;