Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Ibovespa sobe além dos 100 mil pontos com NY e Guedes



20/10/2020 | 11:05


O Índice Bovespa opera em alta significativa nesta primeira hora de negociação e voltou a atingir o patamar dos 100 mil, o que não acontecia desde 18 de setembro. O desempenho é apoiado na melhora do mercado internacional e no cenário doméstico mais favorável. O ministro da Economia, Paulo Guedes, que ontem já havia gerado efeitos positivos no mercado com sinalizações favoráveis a reformas e disciplina fiscal, volta a falar nesta manhã de terça-feira, 20, defendendo também a aceleração das privatizações.

Em participação em evento organizado pelo Milken Institute, Guedes repetiu que a recessão brasileira de 2020 causada pela pandemia de covid-19 deve ser menor que a prevista nos primeiros meses da crise, quando analistas chegaram a prever um tombo de até 10% no Produto Interno Bruto (PIB). "O PIB deve cair 4% ou 4% e pouco neste ano. Temos ainda dois meses para confirmarmos esse desempenho", afirmou, no evento, que não constava na agenda do ministro e nem havia sido informado pela assessoria da pasta.

O ministro afirmou novamente que considera natural o ambiente de uma taxa de câmbio mais alta enquanto as taxas de juros brasileiras passaram para um patamar mais baixo. "Estamos há um ano e meio sem corrupção no governo, e isso nunca aconteceu antes. É normal que a taxa de juros caia e a taxa de câmbio aumente, mas os investidores estrangeiros podem ficar tranquilos que teremos bons mecanismos de hedge", afirmou.

No exterior, as bolsas de Nova York operam em alta nos minutos iniciais do pregão, enquanto investidores seguem monitorando as negociações entre governo e oposição por um novo pacote fiscal nos Estados Unidos. A presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, que havia estabelecido hoje como prazo final para um acordo antes da eleição, terá nova reunião com o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin. A safra de balanços corporativos também influencia os negócios no mercado americano.

Às 10h42, o Índice Bovespa tinha 100.018,17 pontos, em alta de 1,38%. As ações do setor financeiro eram os grandes destaques do dia, com ganhos superiores a 4%, no caso de Bradesco PN e das units do Santander Brasil e mais de 3%, no caso de Banco do Brasil ON. Em Nova York, o índice Dow Jones subia 0,51%, enquanto o S&P500 e o Nasdaq ganhavam 0,49% e 0,39%.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ibovespa sobe além dos 100 mil pontos com NY e Guedes


20/10/2020 | 11:05


O Índice Bovespa opera em alta significativa nesta primeira hora de negociação e voltou a atingir o patamar dos 100 mil, o que não acontecia desde 18 de setembro. O desempenho é apoiado na melhora do mercado internacional e no cenário doméstico mais favorável. O ministro da Economia, Paulo Guedes, que ontem já havia gerado efeitos positivos no mercado com sinalizações favoráveis a reformas e disciplina fiscal, volta a falar nesta manhã de terça-feira, 20, defendendo também a aceleração das privatizações.

Em participação em evento organizado pelo Milken Institute, Guedes repetiu que a recessão brasileira de 2020 causada pela pandemia de covid-19 deve ser menor que a prevista nos primeiros meses da crise, quando analistas chegaram a prever um tombo de até 10% no Produto Interno Bruto (PIB). "O PIB deve cair 4% ou 4% e pouco neste ano. Temos ainda dois meses para confirmarmos esse desempenho", afirmou, no evento, que não constava na agenda do ministro e nem havia sido informado pela assessoria da pasta.

O ministro afirmou novamente que considera natural o ambiente de uma taxa de câmbio mais alta enquanto as taxas de juros brasileiras passaram para um patamar mais baixo. "Estamos há um ano e meio sem corrupção no governo, e isso nunca aconteceu antes. É normal que a taxa de juros caia e a taxa de câmbio aumente, mas os investidores estrangeiros podem ficar tranquilos que teremos bons mecanismos de hedge", afirmou.

No exterior, as bolsas de Nova York operam em alta nos minutos iniciais do pregão, enquanto investidores seguem monitorando as negociações entre governo e oposição por um novo pacote fiscal nos Estados Unidos. A presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, que havia estabelecido hoje como prazo final para um acordo antes da eleição, terá nova reunião com o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin. A safra de balanços corporativos também influencia os negócios no mercado americano.

Às 10h42, o Índice Bovespa tinha 100.018,17 pontos, em alta de 1,38%. As ações do setor financeiro eram os grandes destaques do dia, com ganhos superiores a 4%, no caso de Bradesco PN e das units do Santander Brasil e mais de 3%, no caso de Banco do Brasil ON. Em Nova York, o índice Dow Jones subia 0,51%, enquanto o S&P500 e o Nasdaq ganhavam 0,49% e 0,39%.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;