Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Porsche Panamera ganha mais duas opções híbridas no Brasil

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação, com assessoria
Do Garagem360

20/10/2020 | 17:18


A Porsche está completando sua linha de produtos para o Panamera com modelos que incluem um topo de linha com 700 cv de potência e 870 Nm de torque. O novo Panamera Turbo S E-Hybrid é agora a versão mais potente da linha de produtos completamente renovada, combinando um motor V8 biturbo de quatro litros de 571 cv com um motor elétrico de 136 cv. Sua autonomia totalmente elétrica foi aumentada em até 30 por cento, graças a uma nova bateria de 17,9 kWh e aos modos de condução otimizados. Isto também se aplica ao novo Panamera 4 E-Hybrid, onde o motor elétrico é complementado, como antes, por um motor V6 biturbo de 2,9 litros de 330 cv, resultando em uma potência de sistema de 462 cv.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Os novos modelos híbridos estarão disponíveis para encomenda no Brasil a partir do dia 22 de Outubro. Os preços iniciam em R$ 549 mil para o Panamera 4 E-Hybrid, R$ 559 mil para o Panamera 4 E-Hybrid Sport Turismo e R$1.049.000 para o Panamera Turbo S E-Hybrid.

Novidades Porsche Panamera

Juntamente com o recentemente apresentado Panamera 4S E-Hybrid, que disponibiliza uma potência de sistema de 560 cv, a Porsche oferece agora, pela primeira vez, três modelos plug-in do Panamera – cada um deles nas três versões de carroceria disponíveis: sedã esportivo, Executive (versão com maior distância entre os eixos) e Sport Turismo.

O coração da arquitetura de propulsão é o motor elétrico integrado à transmissão de dupla embreagem com oito velocidades (PDK), que gera uma potência de 136 cv e um torque máximo de 400 Nm. Em combinação com o pacote Sport Chrono de série e impulsionado por um motor V8 biturbo de quatro litros que agora entrega 571 cv, em lugar de 550 cv, o novo Panamera Turbo S E-Hybrid passou a completar a arrancada de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos – 0,2 segundo mais rápido que seu antecessor. Ele também atinge uma velocidade máxima de 315 km/h, o que representa uma melhoria de 5 km/h. O Panamera 4 E-Hybrid leva apenas 4,4 segundos (-0,2 s) para atingir 100 km/h a partir da imobilidade, a caminho de uma velocidade máxima de até 280 km/h (+ 2 km/h).

A capacidade máxima da bateria de alta voltagem foi aumentada de 14,1 para 17,9 kWh, graças ao uso de células otimizadas, e os modos de condução foram adaptados para uma utilização de energia ainda mais eficiente. O novo Panamera Turbo S E-Hybrid tem uma autonomia totalmente elétrica de até 50 km, segundo o ciclo WLTP EAER City (pelo NEDC, até 59 km), enquanto o Panamera 4 E-Hybrid pode ser utilizado com emissões locais iguais a zero por até 56 km, segundo o WLTP EAER City (NEDC: até 64 km). Os modelos híbridos plug-in da Porsche são carregados preferencialmente em casa – seja através de uma tomada doméstica padrão ou por uma tomada de força. Com o uso do Porsche Mobile Charger de série, é possível alcançar uma capacidade de carga específica para o modelo de até 7,2 kW. Também é possível carregar a bateria em pontos de recarga públicos, usando um cabo Mode 3.

LEIA MAIS: Artigo: fazer o recall pode salvar vidas

Veja como cuidar corretamente da direção hidráulica de seu veículo

O sistema Porsche Communication Management (PCM – gerenciamento de comunicações) apresenta uma resolução maior no display e inclui mais funções e serviços digitais, tais como o controle vocal Voice Pilot aperfeiçoado, Risk Radar fornecendo sinalização rodoviária atualizada e informações de riscos, Apple CarPlay sem fio e muitos outros serviços Connect.

Os sistemas de chassi e controle foram acertados para maior disponibilizar esportividade e conforto em todos os novos modelos Panamera. Em alguns casos, foi implementada uma estratégia de controle completamente nova. Uma nova geração do sistema de controle da direção e novos pneus garantem uma melhor dinâmica lateral e maior precisão. O topo de linha Panamera Turbo S E-Hybrid vem de série com todos os sistemas de chassi e controle atualmente disponíveis, como o Porsche Dynamic Chassis Control Sport PDCC Sport), sistema de estabilização de rolamento elétrico, que inclui o Porsche Torque Vectoring Plus (PTV Plus – vetoreamento de torque) e eixo traseiro esterçável com Power Steering Plus, assim como o sistema Porsche Ceramic Composite Brake (PCCB – Freios de Composto de Cerâmica.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Porsche Panamera ganha mais duas opções híbridas no Brasil

Da Redação, com assessoria
Do Garagem360

20/10/2020 | 17:18


A Porsche está completando sua linha de produtos para o Panamera com modelos que incluem um topo de linha com 700 cv de potência e 870 Nm de torque. O novo Panamera Turbo S E-Hybrid é agora a versão mais potente da linha de produtos completamente renovada, combinando um motor V8 biturbo de quatro litros de 571 cv com um motor elétrico de 136 cv. Sua autonomia totalmente elétrica foi aumentada em até 30 por cento, graças a uma nova bateria de 17,9 kWh e aos modos de condução otimizados. Isto também se aplica ao novo Panamera 4 E-Hybrid, onde o motor elétrico é complementado, como antes, por um motor V6 biturbo de 2,9 litros de 330 cv, resultando em uma potência de sistema de 462 cv.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Os novos modelos híbridos estarão disponíveis para encomenda no Brasil a partir do dia 22 de Outubro. Os preços iniciam em R$ 549 mil para o Panamera 4 E-Hybrid, R$ 559 mil para o Panamera 4 E-Hybrid Sport Turismo e R$1.049.000 para o Panamera Turbo S E-Hybrid.

Novidades Porsche Panamera

Juntamente com o recentemente apresentado Panamera 4S E-Hybrid, que disponibiliza uma potência de sistema de 560 cv, a Porsche oferece agora, pela primeira vez, três modelos plug-in do Panamera – cada um deles nas três versões de carroceria disponíveis: sedã esportivo, Executive (versão com maior distância entre os eixos) e Sport Turismo.

O coração da arquitetura de propulsão é o motor elétrico integrado à transmissão de dupla embreagem com oito velocidades (PDK), que gera uma potência de 136 cv e um torque máximo de 400 Nm. Em combinação com o pacote Sport Chrono de série e impulsionado por um motor V8 biturbo de quatro litros que agora entrega 571 cv, em lugar de 550 cv, o novo Panamera Turbo S E-Hybrid passou a completar a arrancada de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos – 0,2 segundo mais rápido que seu antecessor. Ele também atinge uma velocidade máxima de 315 km/h, o que representa uma melhoria de 5 km/h. O Panamera 4 E-Hybrid leva apenas 4,4 segundos (-0,2 s) para atingir 100 km/h a partir da imobilidade, a caminho de uma velocidade máxima de até 280 km/h (+ 2 km/h).

A capacidade máxima da bateria de alta voltagem foi aumentada de 14,1 para 17,9 kWh, graças ao uso de células otimizadas, e os modos de condução foram adaptados para uma utilização de energia ainda mais eficiente. O novo Panamera Turbo S E-Hybrid tem uma autonomia totalmente elétrica de até 50 km, segundo o ciclo WLTP EAER City (pelo NEDC, até 59 km), enquanto o Panamera 4 E-Hybrid pode ser utilizado com emissões locais iguais a zero por até 56 km, segundo o WLTP EAER City (NEDC: até 64 km). Os modelos híbridos plug-in da Porsche são carregados preferencialmente em casa – seja através de uma tomada doméstica padrão ou por uma tomada de força. Com o uso do Porsche Mobile Charger de série, é possível alcançar uma capacidade de carga específica para o modelo de até 7,2 kW. Também é possível carregar a bateria em pontos de recarga públicos, usando um cabo Mode 3.

LEIA MAIS: Artigo: fazer o recall pode salvar vidas

Veja como cuidar corretamente da direção hidráulica de seu veículo

O sistema Porsche Communication Management (PCM – gerenciamento de comunicações) apresenta uma resolução maior no display e inclui mais funções e serviços digitais, tais como o controle vocal Voice Pilot aperfeiçoado, Risk Radar fornecendo sinalização rodoviária atualizada e informações de riscos, Apple CarPlay sem fio e muitos outros serviços Connect.

Os sistemas de chassi e controle foram acertados para maior disponibilizar esportividade e conforto em todos os novos modelos Panamera. Em alguns casos, foi implementada uma estratégia de controle completamente nova. Uma nova geração do sistema de controle da direção e novos pneus garantem uma melhor dinâmica lateral e maior precisão. O topo de linha Panamera Turbo S E-Hybrid vem de série com todos os sistemas de chassi e controle atualmente disponíveis, como o Porsche Dynamic Chassis Control Sport PDCC Sport), sistema de estabilização de rolamento elétrico, que inclui o Porsche Torque Vectoring Plus (PTV Plus – vetoreamento de torque) e eixo traseiro esterçável com Power Steering Plus, assim como o sistema Porsche Ceramic Composite Brake (PCCB – Freios de Composto de Cerâmica.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;