Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

'Queremos garantir que Maduro não lidere a Venezuela novamente', diz Pompeo



19/10/2020 | 12:27


O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, afirmou no evento online US-Brazil Connect Summit, organizado pela Câmara de Comércio dos EUA, que os EUA querem garantir que Nicolás Maduro não lidere novamente a Venezuela. Segundo Pompeo, os venezuelanos querem voltar para o seu país, para as suas famílias e os EUA e o Brasil estão determinados a apoiá-los. "O Brasil e EUA querem criar esse ambiente. Os países vizinhos entendem o desastre da Venezuela".

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, que também participa do evento online, disse que o regime de Maduro não é legítimo e que é preciso mostrar que não tem espaço no continente. Segundo ele, o regime de Maduro é uma ameaça à liberdade de toda a região.

O chanceler ainda afirmou que EUA e Brasil querem ajudar a Venezuela a recuperar a democracia e o respeito aos direitos humanos. "Precisamos mostrar que esse tipo de regime não tem espaço. Brasil e EUA estão à frente de um movimento para devolver esperança à Venezuela. Temos que atacar o crime organizado para possibilitar Venezuela voltar à normalidade."

Araújo ainda defendeu que os países que apoiam Maduro precisam entender que apoiam o terrorismo. "Os governos anteriores no Brasil apoiaram a criação deste pesadelo na Venezuela. O Brasil ajudou a criar o problema na Venezuela e precisa ser agora parte da solução."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Queremos garantir que Maduro não lidere a Venezuela novamente', diz Pompeo


19/10/2020 | 12:27


O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, afirmou no evento online US-Brazil Connect Summit, organizado pela Câmara de Comércio dos EUA, que os EUA querem garantir que Nicolás Maduro não lidere novamente a Venezuela. Segundo Pompeo, os venezuelanos querem voltar para o seu país, para as suas famílias e os EUA e o Brasil estão determinados a apoiá-los. "O Brasil e EUA querem criar esse ambiente. Os países vizinhos entendem o desastre da Venezuela".

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, que também participa do evento online, disse que o regime de Maduro não é legítimo e que é preciso mostrar que não tem espaço no continente. Segundo ele, o regime de Maduro é uma ameaça à liberdade de toda a região.

O chanceler ainda afirmou que EUA e Brasil querem ajudar a Venezuela a recuperar a democracia e o respeito aos direitos humanos. "Precisamos mostrar que esse tipo de regime não tem espaço. Brasil e EUA estão à frente de um movimento para devolver esperança à Venezuela. Temos que atacar o crime organizado para possibilitar Venezuela voltar à normalidade."

Araújo ainda defendeu que os países que apoiam Maduro precisam entender que apoiam o terrorismo. "Os governos anteriores no Brasil apoiaram a criação deste pesadelo na Venezuela. O Brasil ajudou a criar o problema na Venezuela e precisa ser agora parte da solução."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;