Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Polícia Civil prende quatro criminosos

Delitos ocorreram no último mês, em São Bernardo e São Caetano; um menor foi apreendido e outro meliante é investigado


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

17/10/2020 | 11:40


As Polícias Civil de São Bernardo e São Caetano, comandadas pela Seccional do município são-bernardense, prenderam, nesta sexta-feira (16), quatro criminosos que cometeram delitos nas duas cidades.

Duas das ocorrências foram esclarecidas por distritos policias de São Bernardo, sendo uma pelo 3º DP (Assunção), com a prisão de um autor de roubo, e outra pelo 2º DP (Rudge Ramos), com indivíduo que praticou, por 11 vezes, transferências indevidas de pontuação de CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

A terceira ocorrência foi investigada pelo 2º DP (Santa Maria) de São Caetano, com apoio do GOE (Grupo de Operações Especiais) da Deic (Delegacia de Investigações Criminais), onde a Polícia prendeu dois homens, sendo um que participou de roubo a condomínio se passando por agente da Polícia Civil, e outro, por consequência, em prisão em flagrante por tráfico de drogas.

EM SÃO BERNARDO


Conforme a Polícia, no dia 24 de setembro um menor – cujo nome não foi divulgado – foi abordado por agentes da PM (Polícia Militar) empurrando uma motocicleta, usada para praticar roubos. No entanto, o jovem esclareceu que o veículo não era de seu pertence, sendo de um “comparsa” com quem atuava, identificado pelo meliante como Rubens, 27 anos. O adolescente foi apreendido e, diante das informações, as investigações foram iniciadas para que o proprietário da motocicleta fosse encontrado e preso. A Polícia obteve êxito na tarde de ontem.

Já quanto crime de transferências fraudulentas de pontuações de CNH, Rafael, 39, foi pego quando investigadores simularam interesse no serviço prestado pelo criminoso, marcando encontro para finalizar a negociação. O indiciado confessou a prática de todos os 11 delitos, foi reconhecido pelas vítimas e, em seu celular, os agentes localizaram, também, fotos de documentos de uma das vítimas recentes.

SÃO CAETANO

Um condomínio do município são-caetanense foi invadido por três criminosos no último mês, que se passaram por agentes da Polícia Civil para render vitima que estava alugando um apartamento no prédio – cujo endereço não foi informado. Os homens subtraíram R$ 50 mil, além de objetos. André foi localizado em condomínio de luxo em Alphaville, em Santana de Parnaíba. Na residência, alugada para Celso, a Polícia encontrou uma estufa com diversos entorpecentes, totalizando cerca de 1,5kg de tetraidrocanabinol, conhecida como Skunk. Ambos foram presos em flagrante.
 

Conforme a Polícia, em cumprimento dos mandados, com o apoio do GOE, no primeiro endereço, localizado na Capital, foi possível localizar e Carlos , que foi conduzido ao DP e, apesar de ter negado a participação no delito, teve seu telefone celular apreendido para perícia, já que há indícios de que, embora não tenha ingressado na residência da vítima, é suspeito de ter permanecido no veículo utilizado para o crime.

*O sobrenome dos indiciados não foram divulgados



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia Civil prende quatro criminosos

Delitos ocorreram no último mês, em São Bernardo e São Caetano; um menor foi apreendido e outro meliante é investigado

Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

17/10/2020 | 11:40


As Polícias Civil de São Bernardo e São Caetano, comandadas pela Seccional do município são-bernardense, prenderam, nesta sexta-feira (16), quatro criminosos que cometeram delitos nas duas cidades.

Duas das ocorrências foram esclarecidas por distritos policias de São Bernardo, sendo uma pelo 3º DP (Assunção), com a prisão de um autor de roubo, e outra pelo 2º DP (Rudge Ramos), com indivíduo que praticou, por 11 vezes, transferências indevidas de pontuação de CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

A terceira ocorrência foi investigada pelo 2º DP (Santa Maria) de São Caetano, com apoio do GOE (Grupo de Operações Especiais) da Deic (Delegacia de Investigações Criminais), onde a Polícia prendeu dois homens, sendo um que participou de roubo a condomínio se passando por agente da Polícia Civil, e outro, por consequência, em prisão em flagrante por tráfico de drogas.

EM SÃO BERNARDO


Conforme a Polícia, no dia 24 de setembro um menor – cujo nome não foi divulgado – foi abordado por agentes da PM (Polícia Militar) empurrando uma motocicleta, usada para praticar roubos. No entanto, o jovem esclareceu que o veículo não era de seu pertence, sendo de um “comparsa” com quem atuava, identificado pelo meliante como Rubens, 27 anos. O adolescente foi apreendido e, diante das informações, as investigações foram iniciadas para que o proprietário da motocicleta fosse encontrado e preso. A Polícia obteve êxito na tarde de ontem.

Já quanto crime de transferências fraudulentas de pontuações de CNH, Rafael, 39, foi pego quando investigadores simularam interesse no serviço prestado pelo criminoso, marcando encontro para finalizar a negociação. O indiciado confessou a prática de todos os 11 delitos, foi reconhecido pelas vítimas e, em seu celular, os agentes localizaram, também, fotos de documentos de uma das vítimas recentes.

SÃO CAETANO

Um condomínio do município são-caetanense foi invadido por três criminosos no último mês, que se passaram por agentes da Polícia Civil para render vitima que estava alugando um apartamento no prédio – cujo endereço não foi informado. Os homens subtraíram R$ 50 mil, além de objetos. André foi localizado em condomínio de luxo em Alphaville, em Santana de Parnaíba. Na residência, alugada para Celso, a Polícia encontrou uma estufa com diversos entorpecentes, totalizando cerca de 1,5kg de tetraidrocanabinol, conhecida como Skunk. Ambos foram presos em flagrante.
 

Conforme a Polícia, em cumprimento dos mandados, com o apoio do GOE, no primeiro endereço, localizado na Capital, foi possível localizar e Carlos , que foi conduzido ao DP e, apesar de ter negado a participação no delito, teve seu telefone celular apreendido para perícia, já que há indícios de que, embora não tenha ingressado na residência da vítima, é suspeito de ter permanecido no veículo utilizado para o crime.

*O sobrenome dos indiciados não foram divulgados

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;