Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Banco do Povo quer ampliar empréstimos em S.Bernardo


Carolina Rodriguez
Do Diário do Grande ABC

15/06/2001 | 20:47


O Banco do Povo de São Bernardo comemora este mês um ano de atividade no município. No período foram realizadas 118 operações, movimentando um total de R$ 354 mil. Este ano, a entidade planeja aumentar o volume de empréstimos concedidos para pequenos empreendedores em até R$ 2 milhões.

“Vamos iniciar um programa de divulgação das linhas de financiamento do banco nos bairros populares de São Bernardo para aumentar a nossa base de clientes. As pessoas de pequeno poder aquisitivo são as que mais precisam, mas também as que mais têm medo de pedir empréstimo. Temos que mudar esta cultura e mostrar que as linhas de financiamento são essenciais para que elas cresçam profissionalmente”, afirmou o diretor executivo do Banco do Povo no Estado de São Paulo, José Roberto Generoso.

A entidade é mantida com recursos do Estado (90%) e da prefeitura (10%). Os valores dos empréstimos vão de R$ 400 a R$ 5 mil, com prazo de até 18 meses e taxas de juros de 1% ao mês. Têm direito ao crédito pequenos empreendedores de São Bernardo que atuam há pelo menos seis meses no município, e não tenham restrição de crédito.

O encanador Luis Francisco da Silva realizou em julho do ano passado um empréstimo de R$ 400 no banco do povo para comprar um Geofone, equipamento utilizado para detectar vazamentos em tubulações, e teve um crescimento de 30% no volume de clientes. “Muitas pessoas me chamavam para que eu prestasse serviço, mas como não tinha o aparelho, perdia esses clientes.”

Desde quando foi fundado em São Paulo, em 1998, o Banco do Povo já emprestou R$ 22 milhões a 10 mil clientes em 100 cidades do Estado. “Nosso objetivo é fazer com que as pessoas permaneçam em atividade e contribuam para aumentar a renda da família”, afirmou o diretor. Do total de empreendedores que utilizam os recursos da entidade, 55% são mulheres.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Banco do Povo quer ampliar empréstimos em S.Bernardo

Carolina Rodriguez
Do Diário do Grande ABC

15/06/2001 | 20:47


O Banco do Povo de São Bernardo comemora este mês um ano de atividade no município. No período foram realizadas 118 operações, movimentando um total de R$ 354 mil. Este ano, a entidade planeja aumentar o volume de empréstimos concedidos para pequenos empreendedores em até R$ 2 milhões.

“Vamos iniciar um programa de divulgação das linhas de financiamento do banco nos bairros populares de São Bernardo para aumentar a nossa base de clientes. As pessoas de pequeno poder aquisitivo são as que mais precisam, mas também as que mais têm medo de pedir empréstimo. Temos que mudar esta cultura e mostrar que as linhas de financiamento são essenciais para que elas cresçam profissionalmente”, afirmou o diretor executivo do Banco do Povo no Estado de São Paulo, José Roberto Generoso.

A entidade é mantida com recursos do Estado (90%) e da prefeitura (10%). Os valores dos empréstimos vão de R$ 400 a R$ 5 mil, com prazo de até 18 meses e taxas de juros de 1% ao mês. Têm direito ao crédito pequenos empreendedores de São Bernardo que atuam há pelo menos seis meses no município, e não tenham restrição de crédito.

O encanador Luis Francisco da Silva realizou em julho do ano passado um empréstimo de R$ 400 no banco do povo para comprar um Geofone, equipamento utilizado para detectar vazamentos em tubulações, e teve um crescimento de 30% no volume de clientes. “Muitas pessoas me chamavam para que eu prestasse serviço, mas como não tinha o aparelho, perdia esses clientes.”

Desde quando foi fundado em São Paulo, em 1998, o Banco do Povo já emprestou R$ 22 milhões a 10 mil clientes em 100 cidades do Estado. “Nosso objetivo é fazer com que as pessoas permaneçam em atividade e contribuam para aumentar a renda da família”, afirmou o diretor. Do total de empreendedores que utilizam os recursos da entidade, 55% são mulheres.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;