Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

MP amplia possibilidade de comprometimento de renda de aposentados com consignado



01/10/2020 | 20:22


O presidente Jair Bolsonaro assinou Medida Provisória ampliando de 35% para 40% a possibilidade de comprometimento da renda dos aposentados e pensionistas do INSS com empréstimos consignados. A informação foi prestada pela Secretaria Geral da Presidência da República. Além do comprometimento de no máximo 40% da renda com pagamento de empréstimos consignados, os aposentados e pensionistas podem também sacar o correspondente a 5% do valor do seu salário, em dinheiro, no seu cartão de crédito. Essa última possibilidade já existia e permaneceu inalterada.

A medida, de acordo com informação divulgada pelo Palácio do Planalto, visa aumentar a oferta de crédito em momento de emergência, ainda em função da crise econômica provocada pela pandemia. A medida valerá para empréstimos concedidos a beneficiários que assinarem contratos até 31 de dezembro de 2020. Segundo o governo, a medida tem por objetivo "possibilitar que potenciais endividados tenham acesso a empréstimos consignados com juros menores".

De acordo com a MP, atualmente, aposentados e pensionistas do INSS podem requerer empréstimos consignados que comprometam até 35% do valor do benefício + 5% para uso de cartão de crédito na modalidade saque. Com a ampliação, os empréstimos poderão comprometer até 40% do valor do benefício + 5% para uso de cartão de crédito na modalidade saque.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

MP amplia possibilidade de comprometimento de renda de aposentados com consignado


01/10/2020 | 20:22


O presidente Jair Bolsonaro assinou Medida Provisória ampliando de 35% para 40% a possibilidade de comprometimento da renda dos aposentados e pensionistas do INSS com empréstimos consignados. A informação foi prestada pela Secretaria Geral da Presidência da República. Além do comprometimento de no máximo 40% da renda com pagamento de empréstimos consignados, os aposentados e pensionistas podem também sacar o correspondente a 5% do valor do seu salário, em dinheiro, no seu cartão de crédito. Essa última possibilidade já existia e permaneceu inalterada.

A medida, de acordo com informação divulgada pelo Palácio do Planalto, visa aumentar a oferta de crédito em momento de emergência, ainda em função da crise econômica provocada pela pandemia. A medida valerá para empréstimos concedidos a beneficiários que assinarem contratos até 31 de dezembro de 2020. Segundo o governo, a medida tem por objetivo "possibilitar que potenciais endividados tenham acesso a empréstimos consignados com juros menores".

De acordo com a MP, atualmente, aposentados e pensionistas do INSS podem requerer empréstimos consignados que comprometam até 35% do valor do benefício + 5% para uso de cartão de crédito na modalidade saque. Com a ampliação, os empréstimos poderão comprometer até 40% do valor do benefício + 5% para uso de cartão de crédito na modalidade saque.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;