Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Trump sanciona projeto de lei de gastos dos EUA que evita shutdown



01/10/2020 | 03:02


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou na madrugada desta quinta-feira um projeto de lei de gastos que prevê o financiamento o financiamento do governo até 11 de dezembro. O projeto evita um shutdown, paralisação parcial da máquina pública, no dia do encerramento do ano fiscal.

Trump sancionou a lei provisória ao retornar para a Casa Branca após um comício eleitoral em Minnesota. Apesar de Trump ter assinado o projeto uma hora após a expiração do prazo de financiamento, nenhum escritório ou serviço do governo foi afetado de forma significativa.

A medida provisória de gastos prolonga o próximo prazo de financiamento até depois da eleição de 3 de novembro, cujo resultado moldará a dinâmica política do Congresso e da Casa Branca no final do ano.

Na noite de quarta-feira, o Senado dos Estados Unidos havia aprovado o projeto com 84 votos a favor e 10 contra. A legislação também passou na Câmara dos Representantes na semana passada. Os legisladores disseram que esperam aprovar os projetos de lei para o ano inteiro em dezembro, mas afirmaram que isso dependeria do clima político. Fonte: Dow Jones Newswires



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Trump sanciona projeto de lei de gastos dos EUA que evita shutdown


01/10/2020 | 03:02


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou na madrugada desta quinta-feira um projeto de lei de gastos que prevê o financiamento o financiamento do governo até 11 de dezembro. O projeto evita um shutdown, paralisação parcial da máquina pública, no dia do encerramento do ano fiscal.

Trump sancionou a lei provisória ao retornar para a Casa Branca após um comício eleitoral em Minnesota. Apesar de Trump ter assinado o projeto uma hora após a expiração do prazo de financiamento, nenhum escritório ou serviço do governo foi afetado de forma significativa.

A medida provisória de gastos prolonga o próximo prazo de financiamento até depois da eleição de 3 de novembro, cujo resultado moldará a dinâmica política do Congresso e da Casa Branca no final do ano.

Na noite de quarta-feira, o Senado dos Estados Unidos havia aprovado o projeto com 84 votos a favor e 10 contra. A legislação também passou na Câmara dos Representantes na semana passada. Os legisladores disseram que esperam aprovar os projetos de lei para o ano inteiro em dezembro, mas afirmaram que isso dependeria do clima político. Fonte: Dow Jones Newswires

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;