Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Sto.André terá centro de distribuição da Coca-Cola

Localizada na Avenida dos Estados, a unidade deve gerar 400 empregos formais, com investimento de R$ 100 mi


Yara Ferraz
do Diário do Grande ABC

01/10/2020 | 00:40



A empresa de bebidas Coca-Cola Femsa iniciou as obras para construção de centro de distribuição em Santo André, localizado na Avenida dos Estados. Com investimento de cerca de R$ 100 milhões, a previsão é a de que a estrutura esteja pronta no período de seis meses, com expectativa de gerar 400 empregos diretos quando iniciar operações.

A instalação da unidade em Santo André visa facilitar a distribuição dos produtos da marca na região, além de parte das zonas Sul e Leste de São Paulo e da Baixada Santista. O centro ocupará área de aproximadamente 90 mil metros quadrados e deve criar empregos principalmente na área de logística.

De acordo com o prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), as contratações devem ocorrer a partir de dezembro, em parceria com o CPETR (Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda) da cidade. O projeto de construção foi aprovado na última sexta-feira, pela plataforma da administração Acto, que permite emissões de alvarás e já chegou à marca de mil aprovações. Ou seja, as obras começaram após cinco dias da liberação.

“A expectativa é a de que a obra dure cerca de seis meses, já que o projeto está moldado e o terreno é plano”, disse o prefeito, que também destacou a lei de incentivos fiscais a empresas recém-instaladas na cidade. “A legislação estimula os investimentos e a geração de empregos, que volta como crédito tributário. A notícia é muito importante, porque não tenho dúvida que o maior desafio de 2021 vai ser a retomada do desenvolcimento econômico”, finalizou.

A Avenida dos Estados é uma área que passa por revitalização, como a duplicação do Viaduto Adib Chammas, em trecho que liga o Centro ao 2º Subdistrito da cidade e entrou na fase de acabamento, o que atrai novos investimentos.

Uma nova unidade da loja de departamentos Havan está prevista para o início de 2021 no antigo terreno da Balas Juquinhas, próximo ao novo centro de distribuição de bebidas. A previsão é de geração de 200 empregos diretos, com investimento que gira em torno de R$ 30 milhões.

BEBIDAS
A Femsa é responsável pela produção, envase e distribuição das bebidas em dez países, incluindo México, Argentina, Costa Rica, Panamá e Colômbia. Além do refrigerante, que possui o sabor mais popular do mundo, a empresa tem no portfólio mais de 100 rótulos de bebidas, entre chás, isotônicos, sucos e cervejas, e opera 44 centros de distribuição e dez fábricas, sendo a unidade de Jundiaí, no Interior do Estado, a maior do mundo em vendas de produtos Coca-Cola. São aproximadamente 20 mil funcionários atendendo mais de 88 milhões de consumidores.

Procurada pelo Diário, a Coca-Cola Femsa afirmou que não iria comentar as informações oriundas da Prefeitura.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sto.André terá centro de distribuição da Coca-Cola

Localizada na Avenida dos Estados, a unidade deve gerar 400 empregos formais, com investimento de R$ 100 mi

Yara Ferraz
do Diário do Grande ABC

01/10/2020 | 00:40



A empresa de bebidas Coca-Cola Femsa iniciou as obras para construção de centro de distribuição em Santo André, localizado na Avenida dos Estados. Com investimento de cerca de R$ 100 milhões, a previsão é a de que a estrutura esteja pronta no período de seis meses, com expectativa de gerar 400 empregos diretos quando iniciar operações.

A instalação da unidade em Santo André visa facilitar a distribuição dos produtos da marca na região, além de parte das zonas Sul e Leste de São Paulo e da Baixada Santista. O centro ocupará área de aproximadamente 90 mil metros quadrados e deve criar empregos principalmente na área de logística.

De acordo com o prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), as contratações devem ocorrer a partir de dezembro, em parceria com o CPETR (Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda) da cidade. O projeto de construção foi aprovado na última sexta-feira, pela plataforma da administração Acto, que permite emissões de alvarás e já chegou à marca de mil aprovações. Ou seja, as obras começaram após cinco dias da liberação.

“A expectativa é a de que a obra dure cerca de seis meses, já que o projeto está moldado e o terreno é plano”, disse o prefeito, que também destacou a lei de incentivos fiscais a empresas recém-instaladas na cidade. “A legislação estimula os investimentos e a geração de empregos, que volta como crédito tributário. A notícia é muito importante, porque não tenho dúvida que o maior desafio de 2021 vai ser a retomada do desenvolcimento econômico”, finalizou.

A Avenida dos Estados é uma área que passa por revitalização, como a duplicação do Viaduto Adib Chammas, em trecho que liga o Centro ao 2º Subdistrito da cidade e entrou na fase de acabamento, o que atrai novos investimentos.

Uma nova unidade da loja de departamentos Havan está prevista para o início de 2021 no antigo terreno da Balas Juquinhas, próximo ao novo centro de distribuição de bebidas. A previsão é de geração de 200 empregos diretos, com investimento que gira em torno de R$ 30 milhões.

BEBIDAS
A Femsa é responsável pela produção, envase e distribuição das bebidas em dez países, incluindo México, Argentina, Costa Rica, Panamá e Colômbia. Além do refrigerante, que possui o sabor mais popular do mundo, a empresa tem no portfólio mais de 100 rótulos de bebidas, entre chás, isotônicos, sucos e cervejas, e opera 44 centros de distribuição e dez fábricas, sendo a unidade de Jundiaí, no Interior do Estado, a maior do mundo em vendas de produtos Coca-Cola. São aproximadamente 20 mil funcionários atendendo mais de 88 milhões de consumidores.

Procurada pelo Diário, a Coca-Cola Femsa afirmou que não iria comentar as informações oriundas da Prefeitura.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;