Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Campanha começa morna na região


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

01/10/2020 | 00:12


A campanha começou oficialmente no domingo, mas é quase unânime entre os candidatos que o clima eleitoral ainda é bem tímido. Seja pela pandemia, que impede aglomerações, ou pela falta de recursos, a largada para valer da empreitada de muitos prefeituráveis foi esticada para mais perto do pleito, marcado para o dia 15 de novembro. Diante do quadro de incertezas, os postulantes ainda não viram as armas dos oponentes e, assim, não conseguem calibrar o discurso para potencializar suas propostas e minar as forças rivais. Como a eleição é mais curta – com 45 dias – pode ser que não dê tempo de reverter a estratégia caso ela, se adotada posteriormente, se mostrar equivocada.

Pressão
O deputado estadual Thiago Auricchio (PL), que tem domicílio eleitoral em São Caetano, enviou ofício ao Ministério das Relações Exteriores para que haja solução no impasse envolvendo Robson Oliveira, preso há mais de um ano na Rússia por porte de medicação considerada irregular no país europeu. Oliveira trabalhava para o jogador de futebol Fernando e alegou que o remédio que portava era do sogro do atleta. Fernando jogava na Rússia, mas se eximiu de responsabilidade no caso – hoje atua em um clube da China. “Diante da falta de atuação do Ministério de Relações Exteriores no caso, cobrei da pasta que preste auxílio médico, jurídico e econômico para Robson. Não posso assistir passivamente que um brasileiro seja julgado e punido por algo que não fez”, discorreu o parlamentar.

À espera – 1
Vereadores da base governista em São Bernardo estão ressabiados porque o prefeito Orlando Morando (PSDB) ainda não liberou todo recurso prometido para que eles fizessem campanha e pouco detalhou a tática do pleito de novembro – no ano passado, em uma reunião depois que houve a revogação do aumento salarial aos parlamentares, ficou acertado que os 18 que estavam na sala teriam olhar diferenciado da cúpula do Paço em busca da reeleição, porém, o governo absorveu mais gente depois daquele episódio.

À espera – 2
Quem conhece o jeito do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), fazer campanha tem aconselhado os mais afoitos que essa demora para entrar para valer no pleito é corriqueira. Morando costuma forrar a cidade com seu material político na reta final da eleição. Porém, esses conselheiros têm ouvido dos vereadores que esta eleição é diferente, diante da pandemia de Covid-19, e que o fato de enfrentar o ex-prefeito Luiz Marinho (PT) nas urnas, uma figura conhecida no município, teria de ser encarado de modo diferente.

Prudência
Com a impossibilidade de o prefeito Orlando Morando (PSDB) participar da solenidade ontem com o governador João Doria (PSDB) por empecilhos da legislação eleitoral, a deputada estadual Carla Morando (PSDB), mulher do prefeito, foi destacada para discursar na entrega formal da Fábrica de Cultura. Começou dizendo aos presentes que iria ser breve no pronunciamento. Mas as palavras foram fluindo e ela decidiu se alongar um pouquinho. Porém, recorreu a uma pequena cola, justamente para evitar termos que possam ser questionados pela Justiça Eleitoral.

Convite
Funcionários da Prefeitura de Ribeirão Pires foram surpreendidos com um convite enviado pelo WhatsApp para que hoje, a partir das 17h30, no comitê do PSDB, participem de uma reunião com a primeira-dama e presidente do tucanato local, Flávia Dotto. Os servidores interpretaram que o convite, na verdade, é uma convocação, uma vez que foi preciso enviar confirmação de presença. Como o recado chegou a servidores comissionados também, o clima de preocupação se instalou.

Live
O prefeito de Santo André e candidato à reeleição pelo PSDB, Paulo Serra, fará hoje, às 19h, live com a candidata a vereadora Ana Veterinária (DEM). Ela é uma das apostas para conquistar cadeira na Câmara e uma das poucas que terão oportunidade de fazer uma interação ao vivo com o tucano. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Campanha começa morna na região

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

01/10/2020 | 00:12


A campanha começou oficialmente no domingo, mas é quase unânime entre os candidatos que o clima eleitoral ainda é bem tímido. Seja pela pandemia, que impede aglomerações, ou pela falta de recursos, a largada para valer da empreitada de muitos prefeituráveis foi esticada para mais perto do pleito, marcado para o dia 15 de novembro. Diante do quadro de incertezas, os postulantes ainda não viram as armas dos oponentes e, assim, não conseguem calibrar o discurso para potencializar suas propostas e minar as forças rivais. Como a eleição é mais curta – com 45 dias – pode ser que não dê tempo de reverter a estratégia caso ela, se adotada posteriormente, se mostrar equivocada.

Pressão
O deputado estadual Thiago Auricchio (PL), que tem domicílio eleitoral em São Caetano, enviou ofício ao Ministério das Relações Exteriores para que haja solução no impasse envolvendo Robson Oliveira, preso há mais de um ano na Rússia por porte de medicação considerada irregular no país europeu. Oliveira trabalhava para o jogador de futebol Fernando e alegou que o remédio que portava era do sogro do atleta. Fernando jogava na Rússia, mas se eximiu de responsabilidade no caso – hoje atua em um clube da China. “Diante da falta de atuação do Ministério de Relações Exteriores no caso, cobrei da pasta que preste auxílio médico, jurídico e econômico para Robson. Não posso assistir passivamente que um brasileiro seja julgado e punido por algo que não fez”, discorreu o parlamentar.

À espera – 1
Vereadores da base governista em São Bernardo estão ressabiados porque o prefeito Orlando Morando (PSDB) ainda não liberou todo recurso prometido para que eles fizessem campanha e pouco detalhou a tática do pleito de novembro – no ano passado, em uma reunião depois que houve a revogação do aumento salarial aos parlamentares, ficou acertado que os 18 que estavam na sala teriam olhar diferenciado da cúpula do Paço em busca da reeleição, porém, o governo absorveu mais gente depois daquele episódio.

À espera – 2
Quem conhece o jeito do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), fazer campanha tem aconselhado os mais afoitos que essa demora para entrar para valer no pleito é corriqueira. Morando costuma forrar a cidade com seu material político na reta final da eleição. Porém, esses conselheiros têm ouvido dos vereadores que esta eleição é diferente, diante da pandemia de Covid-19, e que o fato de enfrentar o ex-prefeito Luiz Marinho (PT) nas urnas, uma figura conhecida no município, teria de ser encarado de modo diferente.

Prudência
Com a impossibilidade de o prefeito Orlando Morando (PSDB) participar da solenidade ontem com o governador João Doria (PSDB) por empecilhos da legislação eleitoral, a deputada estadual Carla Morando (PSDB), mulher do prefeito, foi destacada para discursar na entrega formal da Fábrica de Cultura. Começou dizendo aos presentes que iria ser breve no pronunciamento. Mas as palavras foram fluindo e ela decidiu se alongar um pouquinho. Porém, recorreu a uma pequena cola, justamente para evitar termos que possam ser questionados pela Justiça Eleitoral.

Convite
Funcionários da Prefeitura de Ribeirão Pires foram surpreendidos com um convite enviado pelo WhatsApp para que hoje, a partir das 17h30, no comitê do PSDB, participem de uma reunião com a primeira-dama e presidente do tucanato local, Flávia Dotto. Os servidores interpretaram que o convite, na verdade, é uma convocação, uma vez que foi preciso enviar confirmação de presença. Como o recado chegou a servidores comissionados também, o clima de preocupação se instalou.

Live
O prefeito de Santo André e candidato à reeleição pelo PSDB, Paulo Serra, fará hoje, às 19h, live com a candidata a vereadora Ana Veterinária (DEM). Ela é uma das apostas para conquistar cadeira na Câmara e uma das poucas que terão oportunidade de fazer uma interação ao vivo com o tucano. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;