Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Na Agenda da Memória 2020, outubro...

‘Dias de Lazer’ é o título principal eleito pela Fundação Pró-Memória de São Caetano para a sua agenda deste ano. Já falamos disto de janeiro a setembro... Para este mês de outubro, a publicação fala em verão. E logo chegaremos a novembro...


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

01/10/2020 | 00:01


A temática da agenda 2020 da Fundação Pró-Memória de São Caetano, ao focalizar o tema verão, sugere: “Sente de frente para o mar por alguns minutos e esvazie sua mente”.

Pois é: quando a agenda foi editada, em 2019, nem de longe se pensava no drama do novo coronavírus. 

Segue o texto da Pró-Memória:

- Era só o verão chegar que as pessoas já começavam a se animar, pensando no sol e no mar.

- As praias santistas estavam entre os passeios preferidos dos moradores de São Caetano desde as primeiras décadas do século 20.

- José Menino e Gonzaga eram os destinos mais comuns de famílias, grupos de amigos e excursões de empresas, que se organizavam em caravanas de trem, ônibus ou carros.

- Ao chegar às praias, os banhistas podiam alugar roupas de banho e vesti-las em cabines de madeira instaladas no local.

- Na atualidade, a praia continua sendo destino favorito para quem gosta de aproveitar a estação mais quente do ano. 

Diário há meio século

Quinta-feira, 1º de outubro de 1970 – ano 13, edição 1347 (nº repetido)

Manchete – Agitação e tristeza no Cairo pela morte do presidente Nasser.

Santo André – Campestre, um bairro em absurdo abandono.

Santos do dia

- Rémy ou Remigio (França, Lyon, 440 – Reims, 533). Bispo. Fortaleceu o catolicismo em seu país.

- Veríssimo

Assistir onde?

Texto: Antonio de Andrade

Não era apenas no Grande ABC que os aparelhos receptores praticamente inexistiam nos primeiros tempos da televisão em São Paulo, como relata Fernando Morais em seu livro sobre Chateaubriand, editado em 1999:

Um mês antes da TV Tupi entrar no ar, o engenheiro norte-americano Walther Obermuller, diretor da NBC-TV, veio ao Brasil para supervisionar a inauguração. O norte-americano queria saber quantos milhares de receptores tinham sido vendidos pelo comércio à população de São Paulo. Os dois diretores da Tupi se entreolharam e responderam quase em coro: Nenhum!

A situação obrigou Assis Chateaubriand a importar, às pressas, alguns aparelhos receptores que foram distribuídos entre amigos, políticos e empresários. 

Reservou alguns televisores que foram instalados em locais de grande afluência de pessoas.

Um desses locais foi a loja Pirani, da Avenida São João, segundo lembrou José Duda Costa, saudoso integrante do Gipem – o Grupo de Pesquisadores da Memória –, que deixou registrado: 

Ninguém tinha dinheiro para comprar um televisor. A gente assistia televisão nas vitrines das grandes lojas. 

Mais tarde alguns bares compraram aparelhos. Precisava consumir para assistir, principalmente os jogos de futebol (continua).

Hoje

- Dia Internacional do Idoso (ONU)

- Dia Nacional do Vereador

- Dia Mundial do Vegetarianismo

- Dia do Vendedor 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Na Agenda da Memória 2020, outubro...

‘Dias de Lazer’ é o título principal eleito pela Fundação Pró-Memória de São Caetano para a sua agenda deste ano. Já falamos disto de janeiro a setembro... Para este mês de outubro, a publicação fala em verão. E logo chegaremos a novembro...

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

01/10/2020 | 00:01


A temática da agenda 2020 da Fundação Pró-Memória de São Caetano, ao focalizar o tema verão, sugere: “Sente de frente para o mar por alguns minutos e esvazie sua mente”.

Pois é: quando a agenda foi editada, em 2019, nem de longe se pensava no drama do novo coronavírus. 

Segue o texto da Pró-Memória:

- Era só o verão chegar que as pessoas já começavam a se animar, pensando no sol e no mar.

- As praias santistas estavam entre os passeios preferidos dos moradores de São Caetano desde as primeiras décadas do século 20.

- José Menino e Gonzaga eram os destinos mais comuns de famílias, grupos de amigos e excursões de empresas, que se organizavam em caravanas de trem, ônibus ou carros.

- Ao chegar às praias, os banhistas podiam alugar roupas de banho e vesti-las em cabines de madeira instaladas no local.

- Na atualidade, a praia continua sendo destino favorito para quem gosta de aproveitar a estação mais quente do ano. 

Diário há meio século

Quinta-feira, 1º de outubro de 1970 – ano 13, edição 1347 (nº repetido)

Manchete – Agitação e tristeza no Cairo pela morte do presidente Nasser.

Santo André – Campestre, um bairro em absurdo abandono.

Santos do dia

- Rémy ou Remigio (França, Lyon, 440 – Reims, 533). Bispo. Fortaleceu o catolicismo em seu país.

- Veríssimo

Assistir onde?

Texto: Antonio de Andrade

Não era apenas no Grande ABC que os aparelhos receptores praticamente inexistiam nos primeiros tempos da televisão em São Paulo, como relata Fernando Morais em seu livro sobre Chateaubriand, editado em 1999:

Um mês antes da TV Tupi entrar no ar, o engenheiro norte-americano Walther Obermuller, diretor da NBC-TV, veio ao Brasil para supervisionar a inauguração. O norte-americano queria saber quantos milhares de receptores tinham sido vendidos pelo comércio à população de São Paulo. Os dois diretores da Tupi se entreolharam e responderam quase em coro: Nenhum!

A situação obrigou Assis Chateaubriand a importar, às pressas, alguns aparelhos receptores que foram distribuídos entre amigos, políticos e empresários. 

Reservou alguns televisores que foram instalados em locais de grande afluência de pessoas.

Um desses locais foi a loja Pirani, da Avenida São João, segundo lembrou José Duda Costa, saudoso integrante do Gipem – o Grupo de Pesquisadores da Memória –, que deixou registrado: 

Ninguém tinha dinheiro para comprar um televisor. A gente assistia televisão nas vitrines das grandes lojas. 

Mais tarde alguns bares compraram aparelhos. Precisava consumir para assistir, principalmente os jogos de futebol (continua).

Hoje

- Dia Internacional do Idoso (ONU)

- Dia Nacional do Vereador

- Dia Mundial do Vegetarianismo

- Dia do Vendedor 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;