Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 29 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Bernardo e Rio Grande da Serra ampliam testagem de Covid-19

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Exames serão realizados em alunos e profissionais da educação e em munícipes com deficiência


Da Redação

30/09/2020 | 19:23


As prefeituras de São Bernardo e Rio Grande da Serra ampliam a testagem para Covid-19 em seus territórios. Em São Bernardo, foi iniciada na última terça-feira (29) a primeira fase do inquérito sorológico e testou 1.584 pessoas, entre alunos e profissionais da rede de ensino municipal, do 1° ao 5º ano. A primeira fase de testes ocorrerá até o dia 1 de outubro. As prefeituras de Santo André e São Caetano também estão testando estudantes e funcionários da educação.

Em São Bernardo, serão 3.300 testes aplicados, de forma aleatória, com sorteio entre 19 escolas municipais, dos nove territórios da cidade, seguindo a metodologia do inquérito sorológico, já aplicado anteriormente. As coletas de exames e de informações estão sendo realizadas pelas ESF (Equipes de Saúde da Família), em três escolas, cumprindo todos os protocolos de segurança exigidos pela Vigilância Sanitária.

De acordo com o secretário de Saúde, Geraldo Reple Sobrinho, a continuidade do mapeamento da incidência da Covid-19 é fundamental para a tomada de decisões. “Os números da pandemia estão sendo constantemente analisados e estão nos ajudando a nortear a situação e cruzar informações com as demais ações, por meio dos questionários preenchidos a respeito das condições de saúde de cada participante, neste caso do inquérito, por exemplo”, explicou o secretário.

A medida foi aprovada pela autônoma Bruna Melo Faria Medina e por seu filho, Pedro, de 8 anos, estudante da EMEB Benedito Jose de Morais. “Recebi a ligação da agente de saúde e não tive dúvidas em trazer meu filho e aceitar participar. Na minha opinião, era a iniciativa que faltava para que possamos enviar nossos filhos de volta às escolas, com tranquilidade e de forma segura. Testar e mapear é importante, um exame caro que muitos não teriam condição de arcar com o valor”, declarou a mãe.

As aulas presenciais nas redes estadual, municipal e privada seguem suspensas em São Bernardo. Pesquisa realizada junto aos pais e responsáveis da rede municipal revelou que 86% dos respondentes não são favoráveis ao retorno das aulas presenciais e 82% não vão enviar os filhos às escolas se as aulas forem retomadas. A cidade tem 28.431 casos confirmados da Covid-19 e 915 mortes.

A Prefeitura de Rio Grande da Serra inicia na quinta-feira (1) a testagem dos moradores da cidade que tenham algum tipo de deficiência. Os testes serão realizados na residência dos munícipes, de segunda a sexta, das 9h às 15h. O município tem atualmente 415 pessoas com deficiência. A Secretaria de Saúde informou que os moradores que não receberam a visita dos agentes de saúde podem agendar o exame pelo telefone 4820-8020. Em Rio Grande, 578 pessoas já se contaminaram com o novo coronavírus e 24 vieram à óbito. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Bernardo e Rio Grande da Serra ampliam testagem de Covid-19

Exames serão realizados em alunos e profissionais da educação e em munícipes com deficiência

Da Redação

30/09/2020 | 19:23


As prefeituras de São Bernardo e Rio Grande da Serra ampliam a testagem para Covid-19 em seus territórios. Em São Bernardo, foi iniciada na última terça-feira (29) a primeira fase do inquérito sorológico e testou 1.584 pessoas, entre alunos e profissionais da rede de ensino municipal, do 1° ao 5º ano. A primeira fase de testes ocorrerá até o dia 1 de outubro. As prefeituras de Santo André e São Caetano também estão testando estudantes e funcionários da educação.

Em São Bernardo, serão 3.300 testes aplicados, de forma aleatória, com sorteio entre 19 escolas municipais, dos nove territórios da cidade, seguindo a metodologia do inquérito sorológico, já aplicado anteriormente. As coletas de exames e de informações estão sendo realizadas pelas ESF (Equipes de Saúde da Família), em três escolas, cumprindo todos os protocolos de segurança exigidos pela Vigilância Sanitária.

De acordo com o secretário de Saúde, Geraldo Reple Sobrinho, a continuidade do mapeamento da incidência da Covid-19 é fundamental para a tomada de decisões. “Os números da pandemia estão sendo constantemente analisados e estão nos ajudando a nortear a situação e cruzar informações com as demais ações, por meio dos questionários preenchidos a respeito das condições de saúde de cada participante, neste caso do inquérito, por exemplo”, explicou o secretário.

A medida foi aprovada pela autônoma Bruna Melo Faria Medina e por seu filho, Pedro, de 8 anos, estudante da EMEB Benedito Jose de Morais. “Recebi a ligação da agente de saúde e não tive dúvidas em trazer meu filho e aceitar participar. Na minha opinião, era a iniciativa que faltava para que possamos enviar nossos filhos de volta às escolas, com tranquilidade e de forma segura. Testar e mapear é importante, um exame caro que muitos não teriam condição de arcar com o valor”, declarou a mãe.

As aulas presenciais nas redes estadual, municipal e privada seguem suspensas em São Bernardo. Pesquisa realizada junto aos pais e responsáveis da rede municipal revelou que 86% dos respondentes não são favoráveis ao retorno das aulas presenciais e 82% não vão enviar os filhos às escolas se as aulas forem retomadas. A cidade tem 28.431 casos confirmados da Covid-19 e 915 mortes.

A Prefeitura de Rio Grande da Serra inicia na quinta-feira (1) a testagem dos moradores da cidade que tenham algum tipo de deficiência. Os testes serão realizados na residência dos munícipes, de segunda a sexta, das 9h às 15h. O município tem atualmente 415 pessoas com deficiência. A Secretaria de Saúde informou que os moradores que não receberam a visita dos agentes de saúde podem agendar o exame pelo telefone 4820-8020. Em Rio Grande, 578 pessoas já se contaminaram com o novo coronavírus e 24 vieram à óbito. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;