Fechar
Publicidade

Domingo, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Bolsas de NY fecham em alta e têm 2º tri consecutivo de ganhos



30/09/2020 | 17:41


As bolsas de Nova York fecharam em alta nesta quarta-feira, 30, de olho nas negociações entre governo e oposição por uma nova rodada de estímulos fiscais nos Estados Unidos. Apesar de terem terminado setembro com perda mensal, os principais índices acionários de Wall Street encerram o segundo trimestre consecutivo com ganhos.

O Dow Jones encerrou o pregão com avanço de 1,20%, a 27.781,70 pontos. O S&P 500 subiu 0,83%, a 3.363,00 pontos. O Nasdaq se elevou 0,74%, a 11.167,51 pontos. No trimestre, as três referências saltaram 7,62%, 8,47% e 11,1%. No mês, contudo, o Dow Jones perdeu 2,28%, o S&P 500 cedeu 3,92% e o Nasdaq caiu 5,16%.

Na sessão desta quarta-feira, sinalizações de que o impasse fiscal nos EUA não foi resolvido chegaram esfriaram os ânimos de investidores ao longo da tarde, mas, ainda assim, os negócios conseguiram se sustentar no azul.

Após semanas sem diálogo, o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, se encontrou com lideranças democratas no Congresso. Ao fim da reunião, Mnuchin citou progressos, mas disse que ainda não havia um acordo. A presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, garantiu que as negociações vão continuar.

Mesmo com a retomada das conversas, o BBH acredita ser improvável que a legenda governista concorde com o valor proposta pelo partido oposicionista, de US$ 2,2 trilhões. "Por isso, permanecemos pessimista de que um pacote possa ser aprovado antes da eleição de 3 de novembro", destacou.

Ontem, o presidente americano, Donald Trump, e o candidato democrata, Joe Biden, participaram do primeiro debate eleitoral, descrito por analistas como "caótico". Depois do evento, os sites de aposta viram aumento nas chances de vitória do ex-vice-presidente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bolsas de NY fecham em alta e têm 2º tri consecutivo de ganhos


30/09/2020 | 17:41


As bolsas de Nova York fecharam em alta nesta quarta-feira, 30, de olho nas negociações entre governo e oposição por uma nova rodada de estímulos fiscais nos Estados Unidos. Apesar de terem terminado setembro com perda mensal, os principais índices acionários de Wall Street encerram o segundo trimestre consecutivo com ganhos.

O Dow Jones encerrou o pregão com avanço de 1,20%, a 27.781,70 pontos. O S&P 500 subiu 0,83%, a 3.363,00 pontos. O Nasdaq se elevou 0,74%, a 11.167,51 pontos. No trimestre, as três referências saltaram 7,62%, 8,47% e 11,1%. No mês, contudo, o Dow Jones perdeu 2,28%, o S&P 500 cedeu 3,92% e o Nasdaq caiu 5,16%.

Na sessão desta quarta-feira, sinalizações de que o impasse fiscal nos EUA não foi resolvido chegaram esfriaram os ânimos de investidores ao longo da tarde, mas, ainda assim, os negócios conseguiram se sustentar no azul.

Após semanas sem diálogo, o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, se encontrou com lideranças democratas no Congresso. Ao fim da reunião, Mnuchin citou progressos, mas disse que ainda não havia um acordo. A presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, garantiu que as negociações vão continuar.

Mesmo com a retomada das conversas, o BBH acredita ser improvável que a legenda governista concorde com o valor proposta pelo partido oposicionista, de US$ 2,2 trilhões. "Por isso, permanecemos pessimista de que um pacote possa ser aprovado antes da eleição de 3 de novembro", destacou.

Ontem, o presidente americano, Donald Trump, e o candidato democrata, Joe Biden, participaram do primeiro debate eleitoral, descrito por analistas como "caótico". Depois do evento, os sites de aposta viram aumento nas chances de vitória do ex-vice-presidente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;