Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Neblina interrompe São Bernardo FC x
São Bento, pela semifinal da Série A-2

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Jogo foi paralisado aos 29 do segundo tempo; definição sobre quem sobe e vai à final será amanhã, às 15h


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

29/09/2020 | 18:05


Atualizada às 18h49

Nem São Bernardo, nem São Bento. Quem levou a melhor pela semifinal da Série A-2 do Campeonato Paulista, na tarde desta terça-feira, no Estádio 1° de Maio, foi São Pedro. Isso porque uma brusca mudança de tempo trouxe uma densa neblina à praça esportiva, proporcionando a paralisação do jogo aos 29 minutos do segundo tempo. Após aguardar a melhora nas condições, a arbitragem decidiu pela suspensão da partida, que deverá ser concluída nesta quarta-feira, 30, às 15h.

Depois de perder a partida de ida, em Sorocaba, por 3 a 0, o São Bernardo FC precisava vencer por três gols de diferença para levar aos pênaltis a decisão de quem avança à final e, consequentemente, que será promovido de volta à elite estadual. E o Tigre partiu para cima desde o começo, sem deixar o São Bento respirar.

Léo Jaime e Léo Cereja desperdiçaram as duas primeiras oportunidades para o São Bernardo FC. De tanto pressionar, o Tigre teve um pênalti a favor, marcado por Douglas Assis sobre Allan Dias. Marlyson teve de cobrar duas vezes (na primeira o árbitro considerou invasão de área) para abrir o placar, aos 36 minutos da etapa inicial.

Apesar da vitória, o resultado ainda era insuficiente para o Aurinegro, que voltou para o segundo tempo com a mesma postura: sufocando o adversário. Aos 26, Gildo desperdiçou grande chance de cabeça, parando em Lucas Macanhan. E, pouco depois, a neblina tomou conta do 1° de Maio, paralisando a partida.

Depois de esperar até o segundo tempo completar 60 minutos, a arbitragem conversou com os capitães e decretou o cancelamento do jogo, a ser concluído nesta quarta-feira, a partir dos 29 minutos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Neblina interrompe São Bernardo FC x
São Bento, pela semifinal da Série A-2

Jogo foi paralisado aos 29 do segundo tempo; definição sobre quem sobe e vai à final será amanhã, às 15h

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

29/09/2020 | 18:05


Atualizada às 18h49

Nem São Bernardo, nem São Bento. Quem levou a melhor pela semifinal da Série A-2 do Campeonato Paulista, na tarde desta terça-feira, no Estádio 1° de Maio, foi São Pedro. Isso porque uma brusca mudança de tempo trouxe uma densa neblina à praça esportiva, proporcionando a paralisação do jogo aos 29 minutos do segundo tempo. Após aguardar a melhora nas condições, a arbitragem decidiu pela suspensão da partida, que deverá ser concluída nesta quarta-feira, 30, às 15h.

Depois de perder a partida de ida, em Sorocaba, por 3 a 0, o São Bernardo FC precisava vencer por três gols de diferença para levar aos pênaltis a decisão de quem avança à final e, consequentemente, que será promovido de volta à elite estadual. E o Tigre partiu para cima desde o começo, sem deixar o São Bento respirar.

Léo Jaime e Léo Cereja desperdiçaram as duas primeiras oportunidades para o São Bernardo FC. De tanto pressionar, o Tigre teve um pênalti a favor, marcado por Douglas Assis sobre Allan Dias. Marlyson teve de cobrar duas vezes (na primeira o árbitro considerou invasão de área) para abrir o placar, aos 36 minutos da etapa inicial.

Apesar da vitória, o resultado ainda era insuficiente para o Aurinegro, que voltou para o segundo tempo com a mesma postura: sufocando o adversário. Aos 26, Gildo desperdiçou grande chance de cabeça, parando em Lucas Macanhan. E, pouco depois, a neblina tomou conta do 1° de Maio, paralisando a partida.

Depois de esperar até o segundo tempo completar 60 minutos, a arbitragem conversou com os capitães e decretou o cancelamento do jogo, a ser concluído nesta quarta-feira, a partir dos 29 minutos. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;