Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Pinho de Mello: PIX é meio de pagamento tão seguro quanto os demais existentes



29/09/2020 | 13:02


O diretor de Organização do Sistema Financeiro e Resolução do Banco Central (BC), João Manoel Pinho de Mello, disse nesta terça-feira, em entrevista à Globonews, que o Sistema de Pagamentos Instantâneos (PIX) é um meio de pagamento tão seguro quanto os demais existentes. A primeira fase do meio de pagamento eletrônico entrará em funcionamento no dia 16 de novembro.

De acordo com Pinho de Mello, o PIX é uma inovação no sistema de pagamentos no Brasil e sua instantaneidade vai assegurar que as transferências sejam feitas do pagador para a conta da pessoa ou empresa que está recebendo em 10 segundos. "A instantaneidade do PIX assegura transferências em 10 segundos", disse o diretor.

Pinho de Mello explicou ainda que a instantaneidade do PIX envolve não só o pagamento e si, mas também a informação sobre a transação. Ou seja, a pessoa ou empresa que recebeu a transferência terá a informação também em 10 segundos.

Isso, de acordo com o diretor, é importante porque, hoje, uma pessoa que paga, por exemplo, uma conta de luz atrasada e cujo serviço foi desligado, só terá a energia religada após o pagamento ser confirmado, o que pode levar até três dias. Com o PIX, a empresa fica sabendo na mesma hora (em 10 segundos) que a conta foi paga e pode restabelecer o serviço.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pinho de Mello: PIX é meio de pagamento tão seguro quanto os demais existentes


29/09/2020 | 13:02


O diretor de Organização do Sistema Financeiro e Resolução do Banco Central (BC), João Manoel Pinho de Mello, disse nesta terça-feira, em entrevista à Globonews, que o Sistema de Pagamentos Instantâneos (PIX) é um meio de pagamento tão seguro quanto os demais existentes. A primeira fase do meio de pagamento eletrônico entrará em funcionamento no dia 16 de novembro.

De acordo com Pinho de Mello, o PIX é uma inovação no sistema de pagamentos no Brasil e sua instantaneidade vai assegurar que as transferências sejam feitas do pagador para a conta da pessoa ou empresa que está recebendo em 10 segundos. "A instantaneidade do PIX assegura transferências em 10 segundos", disse o diretor.

Pinho de Mello explicou ainda que a instantaneidade do PIX envolve não só o pagamento e si, mas também a informação sobre a transação. Ou seja, a pessoa ou empresa que recebeu a transferência terá a informação também em 10 segundos.

Isso, de acordo com o diretor, é importante porque, hoje, uma pessoa que paga, por exemplo, uma conta de luz atrasada e cujo serviço foi desligado, só terá a energia religada após o pagamento ser confirmado, o que pode levar até três dias. Com o PIX, a empresa fica sabendo na mesma hora (em 10 segundos) que a conta foi paga e pode restabelecer o serviço.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;