Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Testamos: cumpridor, fone bluetooth Sony Wi-C200 agrada por duração da bateria

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sérgio Vinícius
Do 33Giga

29/09/2020 | 08:48


Em termos de fone de ouvido bluetooth, a definição de bom custo-benefício poderia ser exemplificada com o Sony Wi-C200. Com preço médio em R$ 150, o modelo faz tudo na medida – oferece boa qualidade sonora, tem formato anatômico e facilidade de uso.

Leia mais:
Como fazer a higienização correta dos fones de ouvido
Pesquisa: 66% dos brasileiros preferem fone de ouvido auricular e com fio
Dicas para escolher o melhor fone para videoconferências e home office

O maior diferencial positivo do Sony Wi-C200, entretanto, é a sua bateria. Em uso constante, o fone aguenta mais de 15hs sem pedir recarga – é um feito e tanto para esse tipo de gadget. Desde o começo da pandemia, o 33Giga avaliou diversos fones de ouvido atualmente nas prateleiras e a maioria não passa de 10hs longe da tomada (ou da porta USB).

De volta às questões sonoras, o Sony Wi-C200 não oferece reforço nos graves e, no volume máximo, também não isola completamente o que está ao redor do usuário. Entretanto, para um fone para o dia a dia, voltado a atividades cotidianas, é OK. Não deixa a desejar ao reproduzir músicas, podcasts ou mesmo conteúdo de filmes ou séries. O termo cumpridor define.

Raio-X


Modelo: fone de ouvido bluetooth Sony WI-C200
Na caixa: peças para montagem, headphone WI C200, cabo USB tipo C para carga, 2 almofadas para ajuste
Microfone: integrado
Tecnologia de conexão: bluetooth (obviamente, sem fio)
Cores disponíveis: preto ou branco
Peso (em g): 19 g
Dimensões (em cm): 8,03×1,75×18,57
Preço médio: R$ 150
Pontos positivos: bom preço pelo que oferece; duração da bateria; facilidade de uso
Pontos negativos: poderia oferecer mais qualidade sonora; melhorar isolamento acústico ou ter volume mais alto
Site oficial: aqui

Quanto ao formato anatômico, agrada bastante. Na embalagem, há diferentes tamanhos de borrachinhas para os terminais sonoros. Além disso, tem contrapesos em ambos os lados do fio (em um deles, fica o microfone; além dos controles básicos de volume, liga e desliga e pausa) para que o usuário não o isole ou perca o gadget com algum movimento brusco. Cada auricular conta com imã integrado, de forma a ser transportado com mais segurança ao redor do pescoço.

Quanto à questão facilidade de uso, o Sony Wi-C200 usa a interface mais comum do mercado: poucos botões, conexão simples à fonte bluetooth (basta ligá-lo e esperar, por exemplo, o smartphone encontrá-lo para parear). Quando se conecta, avisa por meio de uma voz. Se é desligado, idem.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

O resumo é que trata-se de uma boa – muito boa, aliás – opção para um fone de guerrilha para o dia a dia. Não tem a qualidade sonora de um Sennheiser, mas também não cobra tão caro por isso.

O valor é parelho a opções como JBL – entretanto, o Sony parece ser, de saída, bem mais interessante do que o principal concorrente. Eletrônicos da JBL, como se sabe, tendem a sofrer com obsolescência programada quando ainda, praticamente, acabaram de sair da caixa.

No álbum, veja em detalhes o Sony Wi-C200 (o crédito das imagens são Divulgação/Sony).

 

 

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Testamos: cumpridor, fone bluetooth Sony Wi-C200 agrada por duração da bateria

Sérgio Vinícius
Do 33Giga

29/09/2020 | 08:48


Em termos de fone de ouvido bluetooth, a definição de bom custo-benefício poderia ser exemplificada com o Sony Wi-C200. Com preço médio em R$ 150, o modelo faz tudo na medida – oferece boa qualidade sonora, tem formato anatômico e facilidade de uso.

Leia mais:
Como fazer a higienização correta dos fones de ouvido
Pesquisa: 66% dos brasileiros preferem fone de ouvido auricular e com fio
Dicas para escolher o melhor fone para videoconferências e home office

O maior diferencial positivo do Sony Wi-C200, entretanto, é a sua bateria. Em uso constante, o fone aguenta mais de 15hs sem pedir recarga – é um feito e tanto para esse tipo de gadget. Desde o começo da pandemia, o 33Giga avaliou diversos fones de ouvido atualmente nas prateleiras e a maioria não passa de 10hs longe da tomada (ou da porta USB).

De volta às questões sonoras, o Sony Wi-C200 não oferece reforço nos graves e, no volume máximo, também não isola completamente o que está ao redor do usuário. Entretanto, para um fone para o dia a dia, voltado a atividades cotidianas, é OK. Não deixa a desejar ao reproduzir músicas, podcasts ou mesmo conteúdo de filmes ou séries. O termo cumpridor define.

Raio-X


Modelo: fone de ouvido bluetooth Sony WI-C200
Na caixa: peças para montagem, headphone WI C200, cabo USB tipo C para carga, 2 almofadas para ajuste
Microfone: integrado
Tecnologia de conexão: bluetooth (obviamente, sem fio)
Cores disponíveis: preto ou branco
Peso (em g): 19 g
Dimensões (em cm): 8,03×1,75×18,57
Preço médio: R$ 150
Pontos positivos: bom preço pelo que oferece; duração da bateria; facilidade de uso
Pontos negativos: poderia oferecer mais qualidade sonora; melhorar isolamento acústico ou ter volume mais alto
Site oficial: aqui

Quanto ao formato anatômico, agrada bastante. Na embalagem, há diferentes tamanhos de borrachinhas para os terminais sonoros. Além disso, tem contrapesos em ambos os lados do fio (em um deles, fica o microfone; além dos controles básicos de volume, liga e desliga e pausa) para que o usuário não o isole ou perca o gadget com algum movimento brusco. Cada auricular conta com imã integrado, de forma a ser transportado com mais segurança ao redor do pescoço.

Quanto à questão facilidade de uso, o Sony Wi-C200 usa a interface mais comum do mercado: poucos botões, conexão simples à fonte bluetooth (basta ligá-lo e esperar, por exemplo, o smartphone encontrá-lo para parear). Quando se conecta, avisa por meio de uma voz. Se é desligado, idem.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

O resumo é que trata-se de uma boa – muito boa, aliás – opção para um fone de guerrilha para o dia a dia. Não tem a qualidade sonora de um Sennheiser, mas também não cobra tão caro por isso.

O valor é parelho a opções como JBL – entretanto, o Sony parece ser, de saída, bem mais interessante do que o principal concorrente. Eletrônicos da JBL, como se sabe, tendem a sofrer com obsolescência programada quando ainda, praticamente, acabaram de sair da caixa.

No álbum, veja em detalhes o Sony Wi-C200 (o crédito das imagens são Divulgação/Sony).

 

 

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;