Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

De virada, Liverpool bate Arsenal em casa e mantém 100% no Inglês



28/09/2020 | 18:07


Com uma forte virada, o Liverpool venceu mais um clássico neste início de Campeonato Inglês. Após bater o Chelsea, o time de Jürgen Klopp superou o Arsenal por 3 a 1, nesta segunda-feira, em casa, no encerramento da terceira rodada. O lateral Andrew Robertson foi um dos protagonistas da partida ao falhar no gol do rival e, em seguida, por ter se redimido com o gol da virada.

Com sua terceira vitória em três jogos, o Liverpool manteve o 100% de aproveitamento e já desponta entre os primeiros colocados da tabela. Os atuais campeões dividem a ponta com o Leicester City e o Everton, todos com nove pontos. O Leicester, que goleou o Manchester City no domingo, ocupa o primeiro lugar, por ter melhor saldo de gols. Já o Arsenal apresenta seis pontos.

Nesta segunda, o clássico inglês foi dominado pelo time da casa no Anfield. Ao fim do primeiro tempo, os anfitriões chegaram a registrar 73% de posse de bola. O Liverpool terminou a partida com 21 finalizações, contra apenas quatro dos visitantes.

Na etapa inicial, a primeira boa chance foi do Liverpool. Aos 20, Alexander Arnold acertou forte chute de fora da área, a bola desviou na zaga e carimbou o travessão. Na sequência, aos 24, na primeira chance do Arsenal, Robertson pegou mal, desviou para trás dentro da área e deixou Lacazette, então impedido, em posição regular para desviar para o gol: 1 a 0.

O empate veio três minutos depois, num lance protagonizado pelo trio de ataque. Firmino iniciou a jogada, Salah finalizou da direita e Mané aproveitou o rebote do goleiro para escorar para as redes. Em seguida, aos 33, Arnold cruzou da direita, Mané desviou de cabeça e Robertson aproveitou a sobra, para marcar, decretar a virada do Liverpool no placar e se redimir do erro no gol do Arsenal.

No segundo tempo, o Arsenal teve duas chances claras com Lacazette, mas, cara a cara com Alisson, parou nas duas vezes na defesa do goleiro brasileiro. Willian teve atuação apagada aos longo dos 90 minutos no Anfield.

Claramente superior, o Liverpool "matou" o jogo aos 42 minutos. Estreando pelo Liverpool no Inglês, o português Diogo Jota finalizou da entrada da área e marcou o terceiro gol. A partida ainda contou com os brasileiros David Luiz, pelo Arsenal, e Fabinho, pelo Liverpool, entre os titulares.

Os dois times vão voltar a se enfrentar na quinta-feira, pela Copa da Liga Inglesa, novamente no Anfield.

Mais cedo, nesta segunda, o Aston Villa derrotou o Fulham por 3 a 0, fora de casa, também pela terceira rodada do Inglês.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

De virada, Liverpool bate Arsenal em casa e mantém 100% no Inglês


28/09/2020 | 18:07


Com uma forte virada, o Liverpool venceu mais um clássico neste início de Campeonato Inglês. Após bater o Chelsea, o time de Jürgen Klopp superou o Arsenal por 3 a 1, nesta segunda-feira, em casa, no encerramento da terceira rodada. O lateral Andrew Robertson foi um dos protagonistas da partida ao falhar no gol do rival e, em seguida, por ter se redimido com o gol da virada.

Com sua terceira vitória em três jogos, o Liverpool manteve o 100% de aproveitamento e já desponta entre os primeiros colocados da tabela. Os atuais campeões dividem a ponta com o Leicester City e o Everton, todos com nove pontos. O Leicester, que goleou o Manchester City no domingo, ocupa o primeiro lugar, por ter melhor saldo de gols. Já o Arsenal apresenta seis pontos.

Nesta segunda, o clássico inglês foi dominado pelo time da casa no Anfield. Ao fim do primeiro tempo, os anfitriões chegaram a registrar 73% de posse de bola. O Liverpool terminou a partida com 21 finalizações, contra apenas quatro dos visitantes.

Na etapa inicial, a primeira boa chance foi do Liverpool. Aos 20, Alexander Arnold acertou forte chute de fora da área, a bola desviou na zaga e carimbou o travessão. Na sequência, aos 24, na primeira chance do Arsenal, Robertson pegou mal, desviou para trás dentro da área e deixou Lacazette, então impedido, em posição regular para desviar para o gol: 1 a 0.

O empate veio três minutos depois, num lance protagonizado pelo trio de ataque. Firmino iniciou a jogada, Salah finalizou da direita e Mané aproveitou o rebote do goleiro para escorar para as redes. Em seguida, aos 33, Arnold cruzou da direita, Mané desviou de cabeça e Robertson aproveitou a sobra, para marcar, decretar a virada do Liverpool no placar e se redimir do erro no gol do Arsenal.

No segundo tempo, o Arsenal teve duas chances claras com Lacazette, mas, cara a cara com Alisson, parou nas duas vezes na defesa do goleiro brasileiro. Willian teve atuação apagada aos longo dos 90 minutos no Anfield.

Claramente superior, o Liverpool "matou" o jogo aos 42 minutos. Estreando pelo Liverpool no Inglês, o português Diogo Jota finalizou da entrada da área e marcou o terceiro gol. A partida ainda contou com os brasileiros David Luiz, pelo Arsenal, e Fabinho, pelo Liverpool, entre os titulares.

Os dois times vão voltar a se enfrentar na quinta-feira, pela Copa da Liga Inglesa, novamente no Anfield.

Mais cedo, nesta segunda, o Aston Villa derrotou o Fulham por 3 a 0, fora de casa, também pela terceira rodada do Inglês.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;