Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

São Paulo atacada: a fuga!

“A cidade de São Paulo foi praticamente destruída com a revolta que ocorreu em julho de 1924. Os bairros da Mooca, Brás, Belém e Cambuci foram os mais atingidos pelo bombardeio, muitos abandonaram suas casas e deixaram São Paulo num êxodo de quase metade da população.”


Ademir Médici

27/09/2020 | 07:11


Desse modo o jornalista Moacir Assunção descreve o bombardeio da cidade de São Paulo durante a Revolta de 1924 – também chamada de Revolução Esquecida –, quando o governo do presidente Arthur Bernardes cercou a Capital paulista com a artilharia pesada do Exército, atacando principalmente fábricas e bairros proletários.
Nono Ugo não foi para Jundiahy à toa.

Rodrigo Saturnino Braga, integrante do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Pelos trens da Inglesa
Texto: José Roberto Fornazza

Ugolino Fornasa, meu nono Ugo, foi um dos milhares de civis que tiveram que fugir da confusão. Ele deve ter passado por muitas situações complicadas, pois se recusava a falar no assunto. Sempre dizia que a revolução de 1932 não foi nada comparada com a catástrofe de 1924. Pelos trens da SPR (São Paulo Railway, a “Inglesa”), escapou para Jundiahy, onde tinha parentes. E aí foi pego na mais cruel das armadilhas: o casamento.

Em Jundiahy, como eletricista, arrumou emprego na Light e “se engraçou” com a senhorita Amabile de Favare. Atendendo às recomendações dos irmãos da senhorita Amabile, casou-se com ela, e aí nasceu meu pai, Sérgio, em 1929. Eles foram casados por 61 anos

Nono Ugo era corintiano, razão pela qual meu pai tornou-se palmeirense, claro! Nono Ugo faleceu completamente lúcido, uma semana antes de completar 97 anos de idade.

A primeira TV
Texto: Antonio de Andrade
Em Santo André um espectador pioneiro assistiu a transmissão experimental da TV Tupi, conforme depoimento do comerciante Sadalla Melhen:
Quando a TV Tupi iniciou as primeiras transmissões, em 1950, o Sr. Eduardo Castro, proprietário da Cemes Radio Técnica, estabelecimento vizinho do meu, colocou na vitrine da loja um aparelho de TV. Juntava muita gente para acompanhar as transmissões.
Lembro do sucesso que foi a apresentação do Frei Mojica, uns dois meses antes de a Tupi começar as transmissões regulares.

Diário há meio século
Domingo, 27 de setembro de 1970 - ano 13, edição 1345
Manchete - Guerra civil não termina no Oriente Médio.
Especial - “Ar de Ribeirão Pires inspira Plínio Marcos”.

Numa chácara de propriedade do teatrólogo, denominada ‘Casinha Branca’, ele costuma passar os fins de semana.

Depoimento de Afonso Rodrigues, tio de Plínio Marcos e caseiro: “Durante o dia ele brinca com as crianças, faz longos passeios, joga futebol e bilhar. À noite não faz outra coisa, só escreve”.

Plínio Marcos costumava parar no Bar do Pingado, de Áurea Grecco, que pretendia registrar o nome em cartório. Nome escolhido pelo visitante ilustre.

Em 27 de setembro de...
1915 – Sorteados os festeiros para a festa em louvor do Divino Espírito Santo em 1916, em São Bernardo: dona Luiza Colombo e Joaquim Serafim Bueno.
1920 – “A guerra europeia e a grande revolução que se lhe seguem, sacudindo profundamente a organização da Europa, oferecem ao novo continente ensejo à evangelização dos seus ideais de paz.”
Do artigo ‘O Século da América’, de M. F. Pinto Pereira, O Estado de S.Paulo, de 16-9-1920.
1955 – Formado o Duo Guarujá, dos artistas Armando Castro e Nilsen Ribeiro, casal radicado em Santo André.
n Já em 1956, o Duo conquistou o ambicionado Troféu Roquete Pinto, consequência do estouro de três músicas que gravaram: Eu, A traidora e História de um amor, versões de Juraci Rago.
Mas o grande sucesso do Duo Guarujá foi Cabecinha no ombro, de Paulo Borges, que rendeu três discos de ouro e outros prêmios – composição regravada até hoje.
1975 – Realizada a 13ª edição do Baile Branco de São Caetano, no salão de festas da Casas Bahia, numa promoção do Lions local e com o conjunto Super Som TA. Renda destinada ao Lar dos Velhinhos Nossa Senhora das Mercês.
1985 – Cidade da Criança, em São Bernardo, tem novo trenzinho. Foi construído artesanalmente com molejo nos dois vagões e capacidade para 50 pessoas, entre adultos e crianças. O antigo circulou durante os primeiros 15 anos da Cidade.

Hoje
Dia do Encanador
Dia Mundial do Turismo e do Turismólogo. Data instituída em 1980 pela OMT (Organização Mundial do Turismo)

Santos do dia
Vicente de Paulo (França 1581 – 1660). Organizou um trabalho de assistência aos pobres em escala nacional. Fundou e organizou quatro instituições voltadas para a caridade.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Paulo atacada: a fuga!

“A cidade de São Paulo foi praticamente destruída com a revolta que ocorreu em julho de 1924. Os bairros da Mooca, Brás, Belém e Cambuci foram os mais atingidos pelo bombardeio, muitos abandonaram suas casas e deixaram São Paulo num êxodo de quase metade da população.”

Ademir Médici

27/09/2020 | 07:11


Desse modo o jornalista Moacir Assunção descreve o bombardeio da cidade de São Paulo durante a Revolta de 1924 – também chamada de Revolução Esquecida –, quando o governo do presidente Arthur Bernardes cercou a Capital paulista com a artilharia pesada do Exército, atacando principalmente fábricas e bairros proletários.
Nono Ugo não foi para Jundiahy à toa.

Rodrigo Saturnino Braga, integrante do Memofut (Grupo Literatura e Memória do Futebol)
Pelos trens da Inglesa
Texto: José Roberto Fornazza

Ugolino Fornasa, meu nono Ugo, foi um dos milhares de civis que tiveram que fugir da confusão. Ele deve ter passado por muitas situações complicadas, pois se recusava a falar no assunto. Sempre dizia que a revolução de 1932 não foi nada comparada com a catástrofe de 1924. Pelos trens da SPR (São Paulo Railway, a “Inglesa”), escapou para Jundiahy, onde tinha parentes. E aí foi pego na mais cruel das armadilhas: o casamento.

Em Jundiahy, como eletricista, arrumou emprego na Light e “se engraçou” com a senhorita Amabile de Favare. Atendendo às recomendações dos irmãos da senhorita Amabile, casou-se com ela, e aí nasceu meu pai, Sérgio, em 1929. Eles foram casados por 61 anos

Nono Ugo era corintiano, razão pela qual meu pai tornou-se palmeirense, claro! Nono Ugo faleceu completamente lúcido, uma semana antes de completar 97 anos de idade.

A primeira TV
Texto: Antonio de Andrade
Em Santo André um espectador pioneiro assistiu a transmissão experimental da TV Tupi, conforme depoimento do comerciante Sadalla Melhen:
Quando a TV Tupi iniciou as primeiras transmissões, em 1950, o Sr. Eduardo Castro, proprietário da Cemes Radio Técnica, estabelecimento vizinho do meu, colocou na vitrine da loja um aparelho de TV. Juntava muita gente para acompanhar as transmissões.
Lembro do sucesso que foi a apresentação do Frei Mojica, uns dois meses antes de a Tupi começar as transmissões regulares.

Diário há meio século
Domingo, 27 de setembro de 1970 - ano 13, edição 1345
Manchete - Guerra civil não termina no Oriente Médio.
Especial - “Ar de Ribeirão Pires inspira Plínio Marcos”.

Numa chácara de propriedade do teatrólogo, denominada ‘Casinha Branca’, ele costuma passar os fins de semana.

Depoimento de Afonso Rodrigues, tio de Plínio Marcos e caseiro: “Durante o dia ele brinca com as crianças, faz longos passeios, joga futebol e bilhar. À noite não faz outra coisa, só escreve”.

Plínio Marcos costumava parar no Bar do Pingado, de Áurea Grecco, que pretendia registrar o nome em cartório. Nome escolhido pelo visitante ilustre.

Em 27 de setembro de...
1915 – Sorteados os festeiros para a festa em louvor do Divino Espírito Santo em 1916, em São Bernardo: dona Luiza Colombo e Joaquim Serafim Bueno.
1920 – “A guerra europeia e a grande revolução que se lhe seguem, sacudindo profundamente a organização da Europa, oferecem ao novo continente ensejo à evangelização dos seus ideais de paz.”
Do artigo ‘O Século da América’, de M. F. Pinto Pereira, O Estado de S.Paulo, de 16-9-1920.
1955 – Formado o Duo Guarujá, dos artistas Armando Castro e Nilsen Ribeiro, casal radicado em Santo André.
n Já em 1956, o Duo conquistou o ambicionado Troféu Roquete Pinto, consequência do estouro de três músicas que gravaram: Eu, A traidora e História de um amor, versões de Juraci Rago.
Mas o grande sucesso do Duo Guarujá foi Cabecinha no ombro, de Paulo Borges, que rendeu três discos de ouro e outros prêmios – composição regravada até hoje.
1975 – Realizada a 13ª edição do Baile Branco de São Caetano, no salão de festas da Casas Bahia, numa promoção do Lions local e com o conjunto Super Som TA. Renda destinada ao Lar dos Velhinhos Nossa Senhora das Mercês.
1985 – Cidade da Criança, em São Bernardo, tem novo trenzinho. Foi construído artesanalmente com molejo nos dois vagões e capacidade para 50 pessoas, entre adultos e crianças. O antigo circulou durante os primeiros 15 anos da Cidade.

Hoje
Dia do Encanador
Dia Mundial do Turismo e do Turismólogo. Data instituída em 1980 pela OMT (Organização Mundial do Turismo)

Santos do dia
Vicente de Paulo (França 1581 – 1660). Organizou um trabalho de assistência aos pobres em escala nacional. Fundou e organizou quatro instituições voltadas para a caridade.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;