Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ambulante vestido de garçom vira celebridade em São Bernardo

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Leonardo Gois viralizou nas redes sociais depois de ser gravado oferecendo água para motoboy que estava sem dinheiro


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

26/09/2020 | 00:01


Nos dias ensolarados, quem passa pela Rua Faria Lima, em São Bernardo, já deve ter visto figura característica que virou símbolo da região. Basta fechar o último semáforo da via, já próximo ao Paço, para que Leonardo Gois Pinheiro, 30 anos, apareça na janela do carro, uniformizado como garçom, vendendo garrafa de água por R$ 2. A rotina do ambulante, no entanto, mudou nos últimos dias. Sem saber, ele foi personagem de um dos vídeos do youtuber Diogo Almeida, de São Bernardo, que gravou parte da rotina do ambulante em vídeo que já tem mais de 11 milhões de visualizações nas redes sociais.

Na gravação – basta apontar a câmera do celular para o QR Code acima para ser direcionado ao conteúdo –, Diogo aparece em uma moto e pede ao vendedor uma garrafa de água, já que não teria os R$ 2 naquele momento. Sem titubear, Leonardo concorda. O youtuber, encantado com a atitude do ambulante, deu a volta e o agradeceu, passando a perguntar sobre sua rotina. Sem avisar que estava gravando, Diogo então comprou todas as 33 águas que ainda faltava vender no dia. “Isso nunca tinha acontecido na minha vida e o mais legal foi que com o dinheiro eu consegui comprar um carrinho de transporte das minhas águas, já que antes eu trazia nas costas”, comemora Leonardo.

O ambulante, que chegou para trabalhar em São Bernardo há oito meses, destaca que sua vida sempre foi uma luta e, por isso, não mede esforços também para ajudar a quem precisa, já que, inclusive, o local em que trabalha, das 10h às 17h em dias quentes, concentra número alto de pessoas em situação de vulnerabilidade. “Se uma pessoa chega para mim e pede uma água, alegando que não tem dinheiro ou que não pode pagar, eu jamais vou dizer não. A água é o meu sustento, mas eu ajudo como eu posso, sempre”, detalha Leonardo. 

Sem contato com as redes sociais, o ambulante ficou sabendo pela mulher, a também vendedora Luiane Gois, 26, de que o vídeo fez sucesso na internet e, logo em seguida, as pessoas passaram a parar no semáforo para tirar uma foto com ele, que ficou conhecido pela boa ação. “Depois da publicação, muitas pessoas passavam aqui, a pé mesmo, e comentavam que me viu no Facebook. Isso é muito bacana”, conta Leonardo. 

Morador do bairro Santa Tereza, em São Bernardo, o vendedor comenta que nos dias de calor vende de R$ 100 a R$ 130 e que nas estações mais frias busca renda como feirante. “Enquanto não aparece novas oportunidades, seguimos assim. Sou muito feliz e grato por todas as coisas boas em minha vida e eu me divirto, converso com as pessoas e elas me conhecem, sabem quem eu sou”, destaca. 

A gravata e toda produção com o figurino tem incentivo do filho, Nicolas Pietro, 9. Por estar na rua, Leonardo reforça o cuidado por causa da Covid-19. “Acredito que não fosse a pandemia eu conseguiria vender cerca de R$ 250 por dia, mas não tem problema. Aos poucos, conseguimos recuperar essas vendas e tomando todos os cuidados. Muitas pessoas, inclusive, já até me perguntaram se eu era um contratado de empresa por trabalhar assim (vestido de garçom)”, comenta Leonardo. 

Sobre Diogo, Leonardo comenta que nunca mais o viu, mas gostaria de reencontrá-lo. “Não é todos os dias que vivemos situações como aquela. Enquanto não o encontro, desejo só as coisas boas para ele e que continue com esses gestos bons e solidários”, finaliza.

Diogo diz que faz esse tipo de ação há um tempo e registra em seu canal. Quando passou pela Rua Faria Lima disse que Leonardo chamou sua atenção. “Gostei da criatividade e resolvi testar sua humildade. E o resultado foi excepcional. Ele agiu com o coração bom e me deu a água sem que eu precisasse pagar, pois falei que estava sem dinheiro e com sede. No fim, recompensei ele, para tentar fazer o dia dele melhor”, comenta o youtuber. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ambulante vestido de garçom vira celebridade em São Bernardo

Leonardo Gois viralizou nas redes sociais depois de ser gravado oferecendo água para motoboy que estava sem dinheiro

Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

26/09/2020 | 00:01


Nos dias ensolarados, quem passa pela Rua Faria Lima, em São Bernardo, já deve ter visto figura característica que virou símbolo da região. Basta fechar o último semáforo da via, já próximo ao Paço, para que Leonardo Gois Pinheiro, 30 anos, apareça na janela do carro, uniformizado como garçom, vendendo garrafa de água por R$ 2. A rotina do ambulante, no entanto, mudou nos últimos dias. Sem saber, ele foi personagem de um dos vídeos do youtuber Diogo Almeida, de São Bernardo, que gravou parte da rotina do ambulante em vídeo que já tem mais de 11 milhões de visualizações nas redes sociais.

Na gravação – basta apontar a câmera do celular para o QR Code acima para ser direcionado ao conteúdo –, Diogo aparece em uma moto e pede ao vendedor uma garrafa de água, já que não teria os R$ 2 naquele momento. Sem titubear, Leonardo concorda. O youtuber, encantado com a atitude do ambulante, deu a volta e o agradeceu, passando a perguntar sobre sua rotina. Sem avisar que estava gravando, Diogo então comprou todas as 33 águas que ainda faltava vender no dia. “Isso nunca tinha acontecido na minha vida e o mais legal foi que com o dinheiro eu consegui comprar um carrinho de transporte das minhas águas, já que antes eu trazia nas costas”, comemora Leonardo.

O ambulante, que chegou para trabalhar em São Bernardo há oito meses, destaca que sua vida sempre foi uma luta e, por isso, não mede esforços também para ajudar a quem precisa, já que, inclusive, o local em que trabalha, das 10h às 17h em dias quentes, concentra número alto de pessoas em situação de vulnerabilidade. “Se uma pessoa chega para mim e pede uma água, alegando que não tem dinheiro ou que não pode pagar, eu jamais vou dizer não. A água é o meu sustento, mas eu ajudo como eu posso, sempre”, detalha Leonardo. 

Sem contato com as redes sociais, o ambulante ficou sabendo pela mulher, a também vendedora Luiane Gois, 26, de que o vídeo fez sucesso na internet e, logo em seguida, as pessoas passaram a parar no semáforo para tirar uma foto com ele, que ficou conhecido pela boa ação. “Depois da publicação, muitas pessoas passavam aqui, a pé mesmo, e comentavam que me viu no Facebook. Isso é muito bacana”, conta Leonardo. 

Morador do bairro Santa Tereza, em São Bernardo, o vendedor comenta que nos dias de calor vende de R$ 100 a R$ 130 e que nas estações mais frias busca renda como feirante. “Enquanto não aparece novas oportunidades, seguimos assim. Sou muito feliz e grato por todas as coisas boas em minha vida e eu me divirto, converso com as pessoas e elas me conhecem, sabem quem eu sou”, destaca. 

A gravata e toda produção com o figurino tem incentivo do filho, Nicolas Pietro, 9. Por estar na rua, Leonardo reforça o cuidado por causa da Covid-19. “Acredito que não fosse a pandemia eu conseguiria vender cerca de R$ 250 por dia, mas não tem problema. Aos poucos, conseguimos recuperar essas vendas e tomando todos os cuidados. Muitas pessoas, inclusive, já até me perguntaram se eu era um contratado de empresa por trabalhar assim (vestido de garçom)”, comenta Leonardo. 

Sobre Diogo, Leonardo comenta que nunca mais o viu, mas gostaria de reencontrá-lo. “Não é todos os dias que vivemos situações como aquela. Enquanto não o encontro, desejo só as coisas boas para ele e que continue com esses gestos bons e solidários”, finaliza.

Diogo diz que faz esse tipo de ação há um tempo e registra em seu canal. Quando passou pela Rua Faria Lima disse que Leonardo chamou sua atenção. “Gostei da criatividade e resolvi testar sua humildade. E o resultado foi excepcional. Ele agiu com o coração bom e me deu a água sem que eu precisasse pagar, pois falei que estava sem dinheiro e com sede. No fim, recompensei ele, para tentar fazer o dia dele melhor”, comenta o youtuber. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;