Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Reforçado, EC S.Bernardo quer vaga antecipada

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Com a volta de oito atletas que haviam sido baixas por Covid, Cachorrão pega o Nacional


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

26/09/2020 | 00:01


O EC São Bernardo pode consolidar hoje sua classificação ao mata-mata do Paulista da Série A-3. Depois da atuação histórica e heroica na vitória por 3 a 1 sobre o Desportivo Brasil, sexta-feira da semana passada, quando só tinha dois jogadores de linha na reserva – porque 15 atletas foram diagnosticados com Covid-19 –, hoje o Cachorrão visita o Nacional, às 15h, no Estádio Nicolau Alayon. Vice-líder, com 23 pontos, não mais será alcançado em caso de triunfo.

Daquele grupo que testou positivo para o novo coronavírus, oito jogadores foram liberados e reforçam o time comandado pelo técnico Renato Peixe – entre eles o zagueiro Alexandre, o volante Dudu e o meia Felipe. Além disso, o atacante Victor Sapo retorna de suspensão. Assim, a equipe chega mais encorpada para enfrentar o Naça.

“Será mais uma partida difícil. Jogar contra o Nacional, fora de casa, sempre terá suas dificuldades, ainda mais com a qualidade dos jogadores que atuam lá. Porém, nossa equipe conseguiu grande vitória na última rodada, o que nos deu confiança, principalmente, pelas circunstâncias. Tenho certeza que vão manter o ritmo”, projetou Renato Peixe, que deverá manter o goleiro Facas (quarta opção até o surto de Covid na semana passada) no time. “Minha oportunidade veio em momento delicado, mas sempre tive em mente que as chances aparecem de maneira pouco convencionais e que deveria estar preparado”, disse o arqueiro.

Com remotas chances de chegar à segunda fase, o Nacional vai para o tudo ou nada hoje. Derrota significa deixar a classificação praticamente impossível. Assim, o técnico Tuca Guimarães deverá ter força máxima para o jogo. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Reforçado, EC S.Bernardo quer vaga antecipada

Com a volta de oito atletas que haviam sido baixas por Covid, Cachorrão pega o Nacional

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

26/09/2020 | 00:01


O EC São Bernardo pode consolidar hoje sua classificação ao mata-mata do Paulista da Série A-3. Depois da atuação histórica e heroica na vitória por 3 a 1 sobre o Desportivo Brasil, sexta-feira da semana passada, quando só tinha dois jogadores de linha na reserva – porque 15 atletas foram diagnosticados com Covid-19 –, hoje o Cachorrão visita o Nacional, às 15h, no Estádio Nicolau Alayon. Vice-líder, com 23 pontos, não mais será alcançado em caso de triunfo.

Daquele grupo que testou positivo para o novo coronavírus, oito jogadores foram liberados e reforçam o time comandado pelo técnico Renato Peixe – entre eles o zagueiro Alexandre, o volante Dudu e o meia Felipe. Além disso, o atacante Victor Sapo retorna de suspensão. Assim, a equipe chega mais encorpada para enfrentar o Naça.

“Será mais uma partida difícil. Jogar contra o Nacional, fora de casa, sempre terá suas dificuldades, ainda mais com a qualidade dos jogadores que atuam lá. Porém, nossa equipe conseguiu grande vitória na última rodada, o que nos deu confiança, principalmente, pelas circunstâncias. Tenho certeza que vão manter o ritmo”, projetou Renato Peixe, que deverá manter o goleiro Facas (quarta opção até o surto de Covid na semana passada) no time. “Minha oportunidade veio em momento delicado, mas sempre tive em mente que as chances aparecem de maneira pouco convencionais e que deveria estar preparado”, disse o arqueiro.

Com remotas chances de chegar à segunda fase, o Nacional vai para o tudo ou nada hoje. Derrota significa deixar a classificação praticamente impossível. Assim, o técnico Tuca Guimarães deverá ter força máxima para o jogo. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;