Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Brexit: Eurasia eleva probabilidade de acordo do Reino Unido com UE para 60%



25/09/2020 | 14:03


Em grande parte pela pressão imposta pelos novos casos de coronavírus, a Eurasia aumentou a probabilidade do Reino Unido chegar a um acordo pelo Brexit em 2020 para 60%, frente aos 45% anteriores. As dificuldade impostas pela doença tendem a levar o governo britânico a realizar "concessões tangíveis" nas negociações com a União Europeia (UE), avalia a consultoria. No entanto, a análise prevê que avanços só devem ocorrer depois da reunião do Conselho Europeu, nos dias 15 e 16 de outubro.

A Eurásia avalia que os sinais de Londres estão "abrandando retoricamente e substancialmente", com as múltiplas crises geradas pela pandemia levando o primeiro-ministro, Boris Johnson, a "concluir que agora vai precisar do sucesso político de um acordo". A consultoria avalia que as negociações para questões técnicas avançaram em áreas como a pesca, questão importante para a França, um dos negociadores mais duros no bloco europeu. Ainda assim, questões como o mercado interno seguem sobre a mesa, segundo a análise.

A Eurásia vê a reunião do Conselho Europeu em outubro como um ponto de partida, não sendo provável ali o anúncio de um acordo, mas servindo para colocar o meio de novembro como prazo final. Além da questão com Paris, a consultoria ainda vê dificuldades em setores como o Parlamento Europeu, que podem representar riscos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brexit: Eurasia eleva probabilidade de acordo do Reino Unido com UE para 60%


25/09/2020 | 14:03


Em grande parte pela pressão imposta pelos novos casos de coronavírus, a Eurasia aumentou a probabilidade do Reino Unido chegar a um acordo pelo Brexit em 2020 para 60%, frente aos 45% anteriores. As dificuldade impostas pela doença tendem a levar o governo britânico a realizar "concessões tangíveis" nas negociações com a União Europeia (UE), avalia a consultoria. No entanto, a análise prevê que avanços só devem ocorrer depois da reunião do Conselho Europeu, nos dias 15 e 16 de outubro.

A Eurásia avalia que os sinais de Londres estão "abrandando retoricamente e substancialmente", com as múltiplas crises geradas pela pandemia levando o primeiro-ministro, Boris Johnson, a "concluir que agora vai precisar do sucesso político de um acordo". A consultoria avalia que as negociações para questões técnicas avançaram em áreas como a pesca, questão importante para a França, um dos negociadores mais duros no bloco europeu. Ainda assim, questões como o mercado interno seguem sobre a mesa, segundo a análise.

A Eurásia vê a reunião do Conselho Europeu em outubro como um ponto de partida, não sendo provável ali o anúncio de um acordo, mas servindo para colocar o meio de novembro como prazo final. Além da questão com Paris, a consultoria ainda vê dificuldades em setores como o Parlamento Europeu, que podem representar riscos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;