Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Messi se despede de Suárez com críticas ao Barcelona: 'Nada mais me surpreende'

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


25/09/2020 | 08:25


O craque argentino Lionel Messi continua irritado com a direção do Barcelona, que tem Josep Maria Bartomeu como presidente, e mostrou isso nesta sexta-feira. Em uma postagem em suas redes sociais, o jogador se despediu do amigo Luís Suárez, que foi negociado com o Atlético de Madrid, e não fez questão de esconder a insatisfação com o clube catalão.

"Você merecia ter uma despedida pelo que é: um dos jogadores mais importantes da história do clube, conquistando coisas importantes em grupo e individualmente. E não ser expulso como eles fizeram. Mas a verdade é que neste momento nada me surpreende", escreveu Messi em seu Instagram, depois de tecer elogios ao centroavante uruguaio.

"Já tinha ideia, mas hoje (sexta-feira) entrei no vestiário e a ficha caiu muito. Como vai ser difícil não continuar compartilhando o dia a dia com você, tanto no campo quanto fora dele. Sentiremos muito a falta. Foram muitos anos, almoços, jantares ... Muitas coisas que nunca serão esquecidas, todos os dias juntos", prosseguiu o argentino.

Suárez tinha mais um ano de contrato com o Barcelona, mas foi avisado pelo técnico holandês Ronald Koeman, recém contratado para substituir Quique Setién, que não estava nos planos para a temporada. A diretoria, então, negociou uma rescisão de contrato e liberou o uruguaio para acertar com o Atlético de Madrid. O contrato é de dois anos e custou seis milhões de euros (R$ 38,5 milhões na cotação atual) aos cofres do time da capital espanhola.

Messi se tornou um crítico da atual direção do Barcelona e pediu para deixar o clube no mês passado. Porém, encontrou resistência do presidente e continuou sob força de contrato, que termina em junho de 2021, embora contrariado e com a perspectiva de sair ao final desta temporada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Messi se despede de Suárez com críticas ao Barcelona: 'Nada mais me surpreende'


25/09/2020 | 08:25


O craque argentino Lionel Messi continua irritado com a direção do Barcelona, que tem Josep Maria Bartomeu como presidente, e mostrou isso nesta sexta-feira. Em uma postagem em suas redes sociais, o jogador se despediu do amigo Luís Suárez, que foi negociado com o Atlético de Madrid, e não fez questão de esconder a insatisfação com o clube catalão.

"Você merecia ter uma despedida pelo que é: um dos jogadores mais importantes da história do clube, conquistando coisas importantes em grupo e individualmente. E não ser expulso como eles fizeram. Mas a verdade é que neste momento nada me surpreende", escreveu Messi em seu Instagram, depois de tecer elogios ao centroavante uruguaio.

"Já tinha ideia, mas hoje (sexta-feira) entrei no vestiário e a ficha caiu muito. Como vai ser difícil não continuar compartilhando o dia a dia com você, tanto no campo quanto fora dele. Sentiremos muito a falta. Foram muitos anos, almoços, jantares ... Muitas coisas que nunca serão esquecidas, todos os dias juntos", prosseguiu o argentino.

Suárez tinha mais um ano de contrato com o Barcelona, mas foi avisado pelo técnico holandês Ronald Koeman, recém contratado para substituir Quique Setién, que não estava nos planos para a temporada. A diretoria, então, negociou uma rescisão de contrato e liberou o uruguaio para acertar com o Atlético de Madrid. O contrato é de dois anos e custou seis milhões de euros (R$ 38,5 milhões na cotação atual) aos cofres do time da capital espanhola.

Messi se tornou um crítico da atual direção do Barcelona e pediu para deixar o clube no mês passado. Porém, encontrou resistência do presidente e continuou sob força de contrato, que termina em junho de 2021, embora contrariado e com a perspectiva de sair ao final desta temporada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;