Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Coreia do Sul diz que Norte pediu desculpas por morte de autoridade sul-coreana



25/09/2020 | 03:14


A Coreia do Sul disse que o líder norte-coreano, Kim Jong Un, pediu desculpas pelo assassinato de um oficial sul-coreano. O gabinete presidencial da Coreia do Sul afirmou nesta sexta-feira que Kim apresentou um pedido de desculpas em

uma mensagem para a Coreia do Sul. Segundo o gabinete, Kim chamou o incidente de "inesperado" e "infeliz".

Ontem, a Coreia do Sul acusou a Coreia do Norte de matar a tiros em de seus servidores públicos que provavelmente tentou desertar para o Norte. Segundo Seul, o homem havia desaparecido de um navio do governo que estava inspecionando possíveis atividades de pesca ilegal numa área ao sul da fronteira entre os países, na segunda-feira (21). No dia seguinte, ele foi morto a tiros e teve o corpo incendiado ao ser encontrado em águas norte-coreanas.

Autoridades sul-coreanas condenaram a Coreia do Norte, classificando o episódio como "ato atroz" e pediram punição aos responsáveis pelo ato, exigindo um pedido de desculpas. É extremamente incomum que um líder norte-coreano peça desculpas a um rival do sul

Coreia em qualquer assunto. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Coreia do Sul diz que Norte pediu desculpas por morte de autoridade sul-coreana


25/09/2020 | 03:14


A Coreia do Sul disse que o líder norte-coreano, Kim Jong Un, pediu desculpas pelo assassinato de um oficial sul-coreano. O gabinete presidencial da Coreia do Sul afirmou nesta sexta-feira que Kim apresentou um pedido de desculpas em

uma mensagem para a Coreia do Sul. Segundo o gabinete, Kim chamou o incidente de "inesperado" e "infeliz".

Ontem, a Coreia do Sul acusou a Coreia do Norte de matar a tiros em de seus servidores públicos que provavelmente tentou desertar para o Norte. Segundo Seul, o homem havia desaparecido de um navio do governo que estava inspecionando possíveis atividades de pesca ilegal numa área ao sul da fronteira entre os países, na segunda-feira (21). No dia seguinte, ele foi morto a tiros e teve o corpo incendiado ao ser encontrado em águas norte-coreanas.

Autoridades sul-coreanas condenaram a Coreia do Norte, classificando o episódio como "ato atroz" e pediram punição aos responsáveis pelo ato, exigindo um pedido de desculpas. É extremamente incomum que um líder norte-coreano peça desculpas a um rival do sul

Coreia em qualquer assunto. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;