Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Desempenho de Pretinho abala governo Lauro

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Em Diadema, governistas batem cabeça sobre viabilidade de projeto escolhido como sucessor


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

25/09/2020 | 10:00


 Aliados do governo do prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), estão preocupados com o desempenho do candidato governista à sucessão, o presidente da Câmara, Pretinho do Água Santa (DEM). A viabilidade eleitoral do projeto foi colocada em xeque nos últimos dias depois de o Parque do Paço ter acesso a pesquisas internas que mostram que a campanha do democrata ainda patina.

Nos últimos dias, o tema tem pautado reuniões entre os governistas. Até a possibilidade de desistência da candidatura e a desconfiança de lideranças do Água Santa permearam os debates. Por outro lado, há quem acredite que os números não refletem a realidade e que o projeto seguirá sólido, mesmo sob dificuldades. A campanha governista já vinha tentando driblar o racha causado após a escolha pelo nome do parlamentar e minimizando a existência de candidaturas dissidentes do governo, como a do ex-secretário de Lauro e primo do prefeito, o também vereador Marcos Michels (PSB). Nesse contexto, governistas citam até a troca do democrata pelo socialista como candidato oficial à sucessão.

Plano B de Lauro, Pretinho foi escolhido pelo verde como candidato à sucessão depois de o preferido do prefeito para a empreitada, o deputado estadual Márcio da Farmácia (Podemos), rejeitar o convite por motivos de saúde. Como vice de Pretinho, o governo escalou a ex-deputada estadual Regina Gonçalves (PV). A chapa já foi oficializada em convenção, na semana passada.

A fim de tentar polarizar a disputa com ex-prefeito e candidato do PT, José de Filippi Júnior, Pretinho tem intensificado ataques ao petismo. Nas redes sociais, acusou o ex-prefeito (gestões 1993-1996, 2001-2004 e 2005-2008) de “falir a ETCD (Empresa de Transporte Coletivo de Diadema)”. Também disparou alfinetadas ao ex-prefeiturável Vaguinho do Conselho (SD), que está inelegível e decidiu apoiar Filippi neste ano. “Reparou? Inelegível apoia o PT”, publicou. O Diário procurou Pretinho insistentemente ontem para comentar sobre o assunto, mas o parlamentar não atendeu aos contatos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Desempenho de Pretinho abala governo Lauro

Em Diadema, governistas batem cabeça sobre viabilidade de projeto escolhido como sucessor

Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

25/09/2020 | 10:00


 Aliados do governo do prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), estão preocupados com o desempenho do candidato governista à sucessão, o presidente da Câmara, Pretinho do Água Santa (DEM). A viabilidade eleitoral do projeto foi colocada em xeque nos últimos dias depois de o Parque do Paço ter acesso a pesquisas internas que mostram que a campanha do democrata ainda patina.

Nos últimos dias, o tema tem pautado reuniões entre os governistas. Até a possibilidade de desistência da candidatura e a desconfiança de lideranças do Água Santa permearam os debates. Por outro lado, há quem acredite que os números não refletem a realidade e que o projeto seguirá sólido, mesmo sob dificuldades. A campanha governista já vinha tentando driblar o racha causado após a escolha pelo nome do parlamentar e minimizando a existência de candidaturas dissidentes do governo, como a do ex-secretário de Lauro e primo do prefeito, o também vereador Marcos Michels (PSB). Nesse contexto, governistas citam até a troca do democrata pelo socialista como candidato oficial à sucessão.

Plano B de Lauro, Pretinho foi escolhido pelo verde como candidato à sucessão depois de o preferido do prefeito para a empreitada, o deputado estadual Márcio da Farmácia (Podemos), rejeitar o convite por motivos de saúde. Como vice de Pretinho, o governo escalou a ex-deputada estadual Regina Gonçalves (PV). A chapa já foi oficializada em convenção, na semana passada.

A fim de tentar polarizar a disputa com ex-prefeito e candidato do PT, José de Filippi Júnior, Pretinho tem intensificado ataques ao petismo. Nas redes sociais, acusou o ex-prefeito (gestões 1993-1996, 2001-2004 e 2005-2008) de “falir a ETCD (Empresa de Transporte Coletivo de Diadema)”. Também disparou alfinetadas ao ex-prefeiturável Vaguinho do Conselho (SD), que está inelegível e decidiu apoiar Filippi neste ano. “Reparou? Inelegível apoia o PT”, publicou. O Diário procurou Pretinho insistentemente ontem para comentar sobre o assunto, mas o parlamentar não atendeu aos contatos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;