Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Governo de SP parcela IPVA atrasado em até dez vezes


Da Redação

24/09/2020 | 00:05


O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) atrasado de 2019 e anos anteriores poderá, a partir de agora, ser parcelado em até dez vezes no boleto. A PGE/SP (Procuradoria Geral do Estado de São Paulo), responsável pela cobrança dos tributos estaduais inscritos em dívida ativa, possibilitará também que acordos não cumpridos em outros parcelamentos possam ser refeitos.

Segundo a procuradora do Estado e chefe da dívida ativa, Elaine Motta, desde dezembro de 2018, a PGE/SP permite parcelamento do imposto mencionado que está pendente. A intenção é receber o valor de R$ 400 milhões de IPVA. Vale lembrar que 50% dos valores arrecadados vão para o município em que a placa do veículo está cadastrada. “O parcelamento do IPVA é barato, pois seus acréscimos são calculados com a Selic (hoje em 2% ao ano). Além disso, permite a regularização do veículo viabilizando seu licenciamento e possibilitando tirar o débito do protesto, após o recolhimento das custas no cartório”, afirma.

Segundo a procuradora, qualquer cidadão pode realizar o parcelamento, mesmo que não seja o titular do veículo. Após consultar os débitos no site da PGE/SP com o número do documento do veículo, o contribuinte poderá liquidar ou parcelar os débitos no portal de dívida ativa. No site, deve clicar em ‘consultar débitos’. O sistema retornará com as dívidas referentes ao veículo que poderão ser parceladas. Ao escolher a opção ‘parcelamento’, o sistema enviará o contribuinte para outra página onde ele poderá escolher as condições de pagamento.

Os valores podem ser quitados no banco ou em casa lotérica, por meio do código de barras.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Governo de SP parcela IPVA atrasado em até dez vezes

Da Redação

24/09/2020 | 00:05


O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) atrasado de 2019 e anos anteriores poderá, a partir de agora, ser parcelado em até dez vezes no boleto. A PGE/SP (Procuradoria Geral do Estado de São Paulo), responsável pela cobrança dos tributos estaduais inscritos em dívida ativa, possibilitará também que acordos não cumpridos em outros parcelamentos possam ser refeitos.

Segundo a procuradora do Estado e chefe da dívida ativa, Elaine Motta, desde dezembro de 2018, a PGE/SP permite parcelamento do imposto mencionado que está pendente. A intenção é receber o valor de R$ 400 milhões de IPVA. Vale lembrar que 50% dos valores arrecadados vão para o município em que a placa do veículo está cadastrada. “O parcelamento do IPVA é barato, pois seus acréscimos são calculados com a Selic (hoje em 2% ao ano). Além disso, permite a regularização do veículo viabilizando seu licenciamento e possibilitando tirar o débito do protesto, após o recolhimento das custas no cartório”, afirma.

Segundo a procuradora, qualquer cidadão pode realizar o parcelamento, mesmo que não seja o titular do veículo. Após consultar os débitos no site da PGE/SP com o número do documento do veículo, o contribuinte poderá liquidar ou parcelar os débitos no portal de dívida ativa. No site, deve clicar em ‘consultar débitos’. O sistema retornará com as dívidas referentes ao veículo que poderão ser parceladas. Ao escolher a opção ‘parcelamento’, o sistema enviará o contribuinte para outra página onde ele poderá escolher as condições de pagamento.

Os valores podem ser quitados no banco ou em casa lotérica, por meio do código de barras.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;