Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Santo André muda local e inicia obra do Hospital do Idoso

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Equipamento ficará na Vila Luzita e vai servir de retaguarda para a rede
de saúde do município, abrigando pacientes com internações mais longas


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

24/09/2020 | 00:01


A Prefeitura de Santo André deu início à construção do Hospital do Idoso, na Vila Luzita. Antes projetado para ser implantado em edifício que já existe, na Avenida São Bernardo com a Rua dos Cocais, ao lado do Pronto Atendimento da Vila Luzita, o equipamento mudou de endereço e será na Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo, em local que abrigava setores de manutenção da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária e do Departamento de Vias Públicas, ligado à Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos.

A construção do Hospital do Idoso teve início em 2014 e a retomada das obras aconteceu em abril de 2018. Por causa das fortes chuvas que atingiram a cidade em novembro de 2018, o trabalho foi paralisado por problemas na cobertura do prédio localizado na Avenida São Bernardo. Estudo técnico foi realizado para averiguar as condições estruturais e uma nova destinação foi definida para o local, que vai abrigar um Cras (Centro de Referência de Assistência Social), após adequações necessárias na estrutura existente.

Já o Hospital do Idoso, que ficará em frente ao AME (Ambulatório Médico de Especialidades) Santo André, será equipamento de retaguarda para a rede municipal de saúde. O local é voltado, principalmente, para pacientes com internações de longa duração, contará com serviço de terapia ocupacional, nove leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), atendimento de fonoaudiologia, fisioterapia e acupuntura, além de um centro cirúrgico com três salas, possibilitando aumentar a quantidade de atendimentos em até 30%.

“O Hospital do Idoso da Vila Luzita é mais um projeto que estava parado há anos e que estamos tirando do papel. Um equipamento de retaguarda para atender pacientes crônicos com dignidade, qualidade e eficiência, que são características do novo padrão que estabelecemos na Saúde de Santo André, a partir da modernização e de infraestrutura que garantem um serviço público que em nada deixa a desejar às redes particulares”, comentou o prefeito Paulo Serra (PSDB).
As obras do Hospital do Idoso estão em andamento e têm previsão de término para o segundo semestre de 2022. Serão investidos R$ 13,6 milhões, com recursos da Caixa por meio do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André muda local e inicia obra do Hospital do Idoso

Equipamento ficará na Vila Luzita e vai servir de retaguarda para a rede
de saúde do município, abrigando pacientes com internações mais longas

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

24/09/2020 | 00:01


A Prefeitura de Santo André deu início à construção do Hospital do Idoso, na Vila Luzita. Antes projetado para ser implantado em edifício que já existe, na Avenida São Bernardo com a Rua dos Cocais, ao lado do Pronto Atendimento da Vila Luzita, o equipamento mudou de endereço e será na Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo, em local que abrigava setores de manutenção da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária e do Departamento de Vias Públicas, ligado à Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos.

A construção do Hospital do Idoso teve início em 2014 e a retomada das obras aconteceu em abril de 2018. Por causa das fortes chuvas que atingiram a cidade em novembro de 2018, o trabalho foi paralisado por problemas na cobertura do prédio localizado na Avenida São Bernardo. Estudo técnico foi realizado para averiguar as condições estruturais e uma nova destinação foi definida para o local, que vai abrigar um Cras (Centro de Referência de Assistência Social), após adequações necessárias na estrutura existente.

Já o Hospital do Idoso, que ficará em frente ao AME (Ambulatório Médico de Especialidades) Santo André, será equipamento de retaguarda para a rede municipal de saúde. O local é voltado, principalmente, para pacientes com internações de longa duração, contará com serviço de terapia ocupacional, nove leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), atendimento de fonoaudiologia, fisioterapia e acupuntura, além de um centro cirúrgico com três salas, possibilitando aumentar a quantidade de atendimentos em até 30%.

“O Hospital do Idoso da Vila Luzita é mais um projeto que estava parado há anos e que estamos tirando do papel. Um equipamento de retaguarda para atender pacientes crônicos com dignidade, qualidade e eficiência, que são características do novo padrão que estabelecemos na Saúde de Santo André, a partir da modernização e de infraestrutura que garantem um serviço público que em nada deixa a desejar às redes particulares”, comentou o prefeito Paulo Serra (PSDB).
As obras do Hospital do Idoso estão em andamento e têm previsão de término para o segundo semestre de 2022. Serão investidos R$ 13,6 milhões, com recursos da Caixa por meio do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;