Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Morre Pierre Troisgros, celebrado chef francês e pai de Claude



23/09/2020 | 14:03


Considerado um dos líderes da nouvelle cuisine, o celebrado chef francês Pierre Troisgros faleceu nesta quarta-feira, 23, aos 92 anos, em decorrência de um enfarte. Segundo informou sua assessoria de imprensa, Pierre, que é pai do chef e apresentador Claude Troisgros e avô de Thomas, estava em sua casa em Le Coteau, na França.

Depois de Paul Bocuse, de quem era muito próximo, e de Joël Robuchon, ambos falecidos em 2018, Pierre é mais um ícone da alta gastronomia francesa que sai de cena. Ele fez fama ao lado de seu irmão Jean, na cozinha do restaurante familiar em Roanne. "Um dos últimos grandes chefs a quem devemos muito. Uma época que se vai", declarou o chef francês Laurent Suaudeau.

"Papai nos educou com amor, sabedoria e generosidade. Como chef, marcou gerações de cozinheiros com sua mente livre, alegre e criativa. Ele foi um homem do bem, que viveu a vida plenamente. Orgulho de ser seu filho", declarou Claude.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Morre Pierre Troisgros, celebrado chef francês e pai de Claude


23/09/2020 | 14:03


Considerado um dos líderes da nouvelle cuisine, o celebrado chef francês Pierre Troisgros faleceu nesta quarta-feira, 23, aos 92 anos, em decorrência de um enfarte. Segundo informou sua assessoria de imprensa, Pierre, que é pai do chef e apresentador Claude Troisgros e avô de Thomas, estava em sua casa em Le Coteau, na França.

Depois de Paul Bocuse, de quem era muito próximo, e de Joël Robuchon, ambos falecidos em 2018, Pierre é mais um ícone da alta gastronomia francesa que sai de cena. Ele fez fama ao lado de seu irmão Jean, na cozinha do restaurante familiar em Roanne. "Um dos últimos grandes chefs a quem devemos muito. Uma época que se vai", declarou o chef francês Laurent Suaudeau.

"Papai nos educou com amor, sabedoria e generosidade. Como chef, marcou gerações de cozinheiros com sua mente livre, alegre e criativa. Ele foi um homem do bem, que viveu a vida plenamente. Orgulho de ser seu filho", declarou Claude.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;