Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

EUA precisarão de mais ajuda fiscal para recuperar economia, diz Powell



23/09/2020 | 13:25


O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, ressaltou nesta quarta-feira, 23, em audiência na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos que, provavelmente, o país precisará de mais um pacote de gastos públicos aprovado pelo Congresso, para ajudar na retomada da economia.

"Acredito que teremos mais apoio fiscal, não vou discutir quando e quanto", afirmou Powell. "Houve progressos nos últimos meses, mas ainda há 16 milhões de pessoas que perderam empregos, ou estão trabalhando em período parcial", acrescentou.

Chicago

Já o presidente do Fed e Chicago, Charles Evans, disse nesta quarta que o déficit fiscal não é um problema, e que sem mais medidas de estímulos fiscais, o mercado de trabalho vai desacelerar.

Em evento do Market News International, o dirigente indicou que o suporte fiscal a Estados e municípios é fator chave na recuperação, e que espera que a acomodação do Fed ajude com o tempo. Além disso, indicou que o banco central cogitará mais compras de título com o tempo, e que as desigualdades raciais e de renda precisam de uma resposta nacional. Sobre inflação, Evans indicou que é uma questão de política funcionando corretamente. (Com agências internacionais).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA precisarão de mais ajuda fiscal para recuperar economia, diz Powell


23/09/2020 | 13:25


O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, ressaltou nesta quarta-feira, 23, em audiência na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos que, provavelmente, o país precisará de mais um pacote de gastos públicos aprovado pelo Congresso, para ajudar na retomada da economia.

"Acredito que teremos mais apoio fiscal, não vou discutir quando e quanto", afirmou Powell. "Houve progressos nos últimos meses, mas ainda há 16 milhões de pessoas que perderam empregos, ou estão trabalhando em período parcial", acrescentou.

Chicago

Já o presidente do Fed e Chicago, Charles Evans, disse nesta quarta que o déficit fiscal não é um problema, e que sem mais medidas de estímulos fiscais, o mercado de trabalho vai desacelerar.

Em evento do Market News International, o dirigente indicou que o suporte fiscal a Estados e municípios é fator chave na recuperação, e que espera que a acomodação do Fed ajude com o tempo. Além disso, indicou que o banco central cogitará mais compras de título com o tempo, e que as desigualdades raciais e de renda precisam de uma resposta nacional. Sobre inflação, Evans indicou que é uma questão de política funcionando corretamente. (Com agências internacionais).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;