Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Amazonas e DF: saiba quais locais no Brasil mais procuram “sugar baby” e “sugar daddy”

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

23/09/2020 | 12:18


A plataforma de relacionamento sugar MeuPatrocínio registrou um crescimento de 80% no número de cadastros semanais durante o período de distanciamento social. Hoje, existem 2.033.299 de sugar babies inscritas, enquanto que os sugar daddies totalizam 305.968 usuários. São Paulo (29%), Rio de Janeiro (13%), Minas Gerais (10%), Paraná (7%) e Rio Grande do Sul (6%) são os estados com o maior adesão.

Leia mais:
Encontro seguro? Site de relacionamento facilita testes de covid-19 entre usuários
Plataforma de relacionamento sugar oferece assinatura vitalícia para Anitta
Sugar Daddy: site releva o que usuárias procuram em homens

De acordo com levantamento realizado com os dados do Google, o MeuPatrocínio também notou que os termos “sugar daddy” e “sugar baby” foram, respectivamente, mais procurados pelo estado do Amazonas e pelo Distrito Federal. Abaixo, vocês conferem o ranking completo de buscas durante a pandemia de covid-19.

Locais que mais buscaram o termo “sugar baby”

1. Distrito Federal
2. Amazonas
3. Rio de Janeiro
4. Santa Catarina
5. São Paulo
6. Goiás
7. Amapá
8. Minas Gerais
9. Espírito Santo
10. Paraná

Locais que mais buscaram o termo “sugar daddy”

1. Amazonas
2. Acre
3. Rio de Janeiro
4. Distrito Federal
5. Tocantins
6. Santa Catarina
7. Roraima
8. Espírito Santo
9. Mato Grosso
10. São Paulo

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Amazonas e DF: saiba quais locais no Brasil mais procuram “sugar baby” e “sugar daddy”

Da Redação, com assessoria
Do 33Giga

23/09/2020 | 12:18


A plataforma de relacionamento sugar MeuPatrocínio registrou um crescimento de 80% no número de cadastros semanais durante o período de distanciamento social. Hoje, existem 2.033.299 de sugar babies inscritas, enquanto que os sugar daddies totalizam 305.968 usuários. São Paulo (29%), Rio de Janeiro (13%), Minas Gerais (10%), Paraná (7%) e Rio Grande do Sul (6%) são os estados com o maior adesão.

Leia mais:
Encontro seguro? Site de relacionamento facilita testes de covid-19 entre usuários
Plataforma de relacionamento sugar oferece assinatura vitalícia para Anitta
Sugar Daddy: site releva o que usuárias procuram em homens

De acordo com levantamento realizado com os dados do Google, o MeuPatrocínio também notou que os termos “sugar daddy” e “sugar baby” foram, respectivamente, mais procurados pelo estado do Amazonas e pelo Distrito Federal. Abaixo, vocês conferem o ranking completo de buscas durante a pandemia de covid-19.

Locais que mais buscaram o termo “sugar baby”

1. Distrito Federal
2. Amazonas
3. Rio de Janeiro
4. Santa Catarina
5. São Paulo
6. Goiás
7. Amapá
8. Minas Gerais
9. Espírito Santo
10. Paraná

Locais que mais buscaram o termo “sugar daddy”

1. Amazonas
2. Acre
3. Rio de Janeiro
4. Distrito Federal
5. Tocantins
6. Santa Catarina
7. Roraima
8. Espírito Santo
9. Mato Grosso
10. São Paulo

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;