Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alcolumbre admite retomada de sessões para destravar indicações em agências



23/09/2020 | 07:22


O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), admitiu nesta terça, 22, a possibilidade de realizar outras sessões presenciais na Casa, nas próximas semanas, para votar projetos de lei e destravar as indicações do presidente Jair Bolsonaro para agências reguladoras.

Com indicações pendentes de análise no Senado por causa da suspensão das sessões presenciais durante a pandemia do coronavírus, as agências tiveram de fazer uma "dança das cadeiras" em suas diretorias para obter quórum nas decisões. Nesta semana, o Senado realiza sessões presenciais para a votação de indicações a embaixadas brasileiras e outras autoridades, que dependem de deliberação secreta.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alcolumbre admite retomada de sessões para destravar indicações em agências


23/09/2020 | 07:22


O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), admitiu nesta terça, 22, a possibilidade de realizar outras sessões presenciais na Casa, nas próximas semanas, para votar projetos de lei e destravar as indicações do presidente Jair Bolsonaro para agências reguladoras.

Com indicações pendentes de análise no Senado por causa da suspensão das sessões presenciais durante a pandemia do coronavírus, as agências tiveram de fazer uma "dança das cadeiras" em suas diretorias para obter quórum nas decisões. Nesta semana, o Senado realiza sessões presenciais para a votação de indicações a embaixadas brasileiras e outras autoridades, que dependem de deliberação secreta.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;