Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Hospitais fazem atividades para captar doadoras

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

15/05/2012 | 07:00


O Hospital da Mulher, em Santo André, e o HMU (Hospital Municipal Universitário), em São Bernardo, realizam nesta semana atividades com pacientes para estimular a doação de leite materno. O terceiro banco de leite do Grande ABC, no Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André, não informou se conta com programação especial para o Dia Internacional da Doação de Leite Humano, que será comemorado no sábado.

A Prefeitura de São Bernardo promove até sexta-feira uma semana inteira de sensibilização. Funcionários do HMU, unidade referência na realização de partos prematuros de alto risco, fazem atividades internas para sensibilizar novas doadoras. A conscientização é feita na maternidade durante todo o ano, mas intensificada nesta época. Além disso, algumas mães que dependem das doações farão visitas nas casas das doadoras em ato de agradecimento. A previsão é visitar média de 12 doadoras por dia. A equipe presenteia as mães com uma flor artesanal e um bombom. O leite materno é essencial para a prevenção de doenças e fortalece o sistema imunológico. "É como uma vacina", comenta a técnica de nutrição do HMU, Débora Silva.

Ontem, o Diário acompanhou uma das visitas, que ocorreu no bairro Baeta Neves. A professora Priscila de Almeida Mendes, 39 anos, colabora com o banco de leite do HMU desde 1999, quando foi mãe pela primeira vez. Hoje ela amamenta seu segundo filho. "Aprendi que doar leite é como doar vida. Não podemos jogar fora. É dádiva de Deus." É comum acordar de madrugada para fazer a retirada. Quando há excesso, é perigoso empedrar o líquido e causar mastite - inflamação na glândula mamária. "Se não tiro tenho até febre", comenta. Para ela, é privilégio poder contribuir com a causa. Por semana ela consegue doar até três litros. "Me sinto feliz em poder ajudar a salvar vidas."

A dona de casa Cristiane dos Santos, 27, mãe de um bebê prematuro de 34 dias, agradeceu a doação da professora e a convidou para conhecer a criança na maternidade. Cristiane chegou a tomar remédio para estimular a amamentação. "Mas o nervosismo secou meu leite."

Atualmente, o banco de leite tem 150 litros, doados por 110 voluntárias. Hoje são beneficiados 97 bebês. Informações podem ser obtidas no número 4365-1480.

HOSPITAL DA MULHER

A equipe do Hospital da Mulher de Santo André elaborou vídeo com depoimentos das mães doadoras e das que têm filhos na UTI Neonatal que necessitam do leite doado. Hoje o estoque do banco de leite tem média de 72 litros, que beneficiam 20 bebês. Entre janeiro e maio de 2011 foram coletados 245 litros no hospital. O montante aumentou no mesmo período deste ano: já foram doados 290 litros. O telefone para informações é 4478-5048.

As prefeituras pedem a colaboração de mães da região para que os estoques não diminuam com a chegada do inverno, quando as doações registram queda de até 30%.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;