Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Diego Souza não vê Grêmio pressionado, fala em honra e pede atenção em Galhardo



22/09/2020 | 18:26


O Grêmio caiu muito de rendimento nos últimos jogos e chegou a ser cobrado pelos torcedores. Para piorar, necessita a todo custa de uma vitória no clássico com o Internacional, pela Copa Libertadores. Líder do grupo, o experiente atacante Diego Souza não admite que a equipe está sob pressão, promete luta e honra à camisa no Beira-Rio e exige atenção em Thiago Galhardo.

São três jogos seguidos sem triunfos do Grêmio, apenas uma vitória nos últimos sete disputados e a obrigação de ganhar para não ficar em situação delicada na Libertadores. Mesmo assim, o atacante garante que o elenco está blindado pelo técnico Renato Gaúcho.

"Não estamos pressionados de maneira nenhuma. Temos um clássico e o Grêmio sabe da importância do resultado", diz o jogador. "A chave está bem embolada, precisamos da vitória e sempre jogaremos por ela. Sabemos bem o que temos de fazer dentro de campo", afirma, levando em conta o desempenho positivo diante dos rivais no ano: três vitórias e um empate.

"Sabemos jogar esse tipo de jogo, o que ele vale. E buscaremos um bom resultado amanhã (quarta-feira)", crava. "Aqui não se fala em divisor de águas ou algo parecido. Mas a torcida pode esperar muita entrega, nos doaremos na busca pelo resultado, procurando sempre honrar a camisa."

Em jejum de gols desde a final do Campeonato Gaúcho (já são seis partidas sem anotar), Diego Souza admite que está em má fase. Mas acredita que pode desencantar e voltar a dar uma vitória ao Grêmio no Beira-Rio, como fez no 1 a 0 do Estadual, em fevereiro.

"Sem dúvida, o rendimento caiu. Sou o (camisa) 9 e preciso fazer gols para colaborar da melhor maneira possível. Se não faço, estou mal", admite, com sinceridade. "Sei da responsabilidade. Já fiz, mas ficou para trás. Espero estar bem e poder fazer novamente, só assim conseguiremos os resultados."

Sobre o Internacional, Diego Souza não se ilude com as duas derrotas em série no Brasileirão, prega respeito e cuidado, principalmente com Thiago Galhardo. "O Inter é uma equipe qualificada, de grandes jogadores. Sabemos das suas qualidades, mas não tenho muito o que falar. Posso dizer que precisamos ter cuidado com o Galhardo, que vem fazendo muitos gols", alerta. "Será um jogo muito difícil, parelho, e quem souber aproveitar e errar menos, sairá vitorioso."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diego Souza não vê Grêmio pressionado, fala em honra e pede atenção em Galhardo


22/09/2020 | 18:26


O Grêmio caiu muito de rendimento nos últimos jogos e chegou a ser cobrado pelos torcedores. Para piorar, necessita a todo custa de uma vitória no clássico com o Internacional, pela Copa Libertadores. Líder do grupo, o experiente atacante Diego Souza não admite que a equipe está sob pressão, promete luta e honra à camisa no Beira-Rio e exige atenção em Thiago Galhardo.

São três jogos seguidos sem triunfos do Grêmio, apenas uma vitória nos últimos sete disputados e a obrigação de ganhar para não ficar em situação delicada na Libertadores. Mesmo assim, o atacante garante que o elenco está blindado pelo técnico Renato Gaúcho.

"Não estamos pressionados de maneira nenhuma. Temos um clássico e o Grêmio sabe da importância do resultado", diz o jogador. "A chave está bem embolada, precisamos da vitória e sempre jogaremos por ela. Sabemos bem o que temos de fazer dentro de campo", afirma, levando em conta o desempenho positivo diante dos rivais no ano: três vitórias e um empate.

"Sabemos jogar esse tipo de jogo, o que ele vale. E buscaremos um bom resultado amanhã (quarta-feira)", crava. "Aqui não se fala em divisor de águas ou algo parecido. Mas a torcida pode esperar muita entrega, nos doaremos na busca pelo resultado, procurando sempre honrar a camisa."

Em jejum de gols desde a final do Campeonato Gaúcho (já são seis partidas sem anotar), Diego Souza admite que está em má fase. Mas acredita que pode desencantar e voltar a dar uma vitória ao Grêmio no Beira-Rio, como fez no 1 a 0 do Estadual, em fevereiro.

"Sem dúvida, o rendimento caiu. Sou o (camisa) 9 e preciso fazer gols para colaborar da melhor maneira possível. Se não faço, estou mal", admite, com sinceridade. "Sei da responsabilidade. Já fiz, mas ficou para trás. Espero estar bem e poder fazer novamente, só assim conseguiremos os resultados."

Sobre o Internacional, Diego Souza não se ilude com as duas derrotas em série no Brasileirão, prega respeito e cuidado, principalmente com Thiago Galhardo. "O Inter é uma equipe qualificada, de grandes jogadores. Sabemos das suas qualidades, mas não tenho muito o que falar. Posso dizer que precisamos ter cuidado com o Galhardo, que vem fazendo muitos gols", alerta. "Será um jogo muito difícil, parelho, e quem souber aproveitar e errar menos, sairá vitorioso."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;