Fechar
Publicidade

Domingo, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Oposição define candidatos a presidente e vice nas eleições do Santos



22/09/2020 | 05:00


Concentrando boa parte da oposição à gestão de José Carlos Peres, a chapa "União pelo Santos" confirmou o empresário Andrés Rueda como candidato a presidente na eleição marcada para o início de dezembro. Seu vice será José Carlos de Oliveira. As escolhas foram confirmadas em reunião online nesta segunda-feira.

"Depois de intensa discussão interna, oferecemos ao associado um projeto concreto de recuperação financeira e econômica do Santos FC, com especialistas em renegociação de dívidas e executivos que conhecem o dia a dia do clube", afirmou o candidato da União pelo Santos", declarou Rueda, de 64 anos.

Aposentado atualmente, o empresário que atuava na área de comunicações foi o segundo colocado na última eleição do Santos, em 2017. Desta vez, ele lidera o chamado Movimento de Santistas, iniciado em março e que reúne diferentes grupos e tendências dentro do clube. Antes da oficialização da candidatura da chapa, o grupo era chamado de "chapão" por contar com figuras de destaque do Santos como Celso Jatene, José Berenguer e Marcelo Teixeira.

"Nossa candidatura é a mais completa para ajudar o Santos. Se não existir união, o clube não vai para frente. É fundamental. Só com união vamos conseguir que o Santos saia da situação que se encontra atualmente", disse Rueda, ao anunciar oficialmente sua candidatura.

De acordo com a chapa, a escolha de Rueda foi consensual. "É um especialista em gerir empresas, finanças. Acompanha a vida do clube, mora em Santos", destacou Jatene, vereador em São Paulo, que chegou a ser cogitado para ser a cabeça da chapa.

Segundo Rueda, a "União pelo Santos" terá como foco a governança e a recuperação financeira do clube, focada no marketing, em busca de um "reposicionamento mercadológico" e como "total atenção ao futebol, sobretudo a base". A chapa também pretende implementar um "novo e agressivo programa de relacionamento com torcedores".

Além de Rueda, sete conselheiros se apresentam como pré-candidatos à eleição santista: Daniel Curi, Esmeraldo Tarquínio, Fernando Silva, Milton Teixeira Filho, Ricardo Agostinho, Rodrigo Marino e Vagner Lombardi. José Carlos Peres, atual presidente, já indicou que não deve tentar a reeleição. Mas até agora não indicou apoio a ninguém.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Oposição define candidatos a presidente e vice nas eleições do Santos


22/09/2020 | 05:00


Concentrando boa parte da oposição à gestão de José Carlos Peres, a chapa "União pelo Santos" confirmou o empresário Andrés Rueda como candidato a presidente na eleição marcada para o início de dezembro. Seu vice será José Carlos de Oliveira. As escolhas foram confirmadas em reunião online nesta segunda-feira.

"Depois de intensa discussão interna, oferecemos ao associado um projeto concreto de recuperação financeira e econômica do Santos FC, com especialistas em renegociação de dívidas e executivos que conhecem o dia a dia do clube", afirmou o candidato da União pelo Santos", declarou Rueda, de 64 anos.

Aposentado atualmente, o empresário que atuava na área de comunicações foi o segundo colocado na última eleição do Santos, em 2017. Desta vez, ele lidera o chamado Movimento de Santistas, iniciado em março e que reúne diferentes grupos e tendências dentro do clube. Antes da oficialização da candidatura da chapa, o grupo era chamado de "chapão" por contar com figuras de destaque do Santos como Celso Jatene, José Berenguer e Marcelo Teixeira.

"Nossa candidatura é a mais completa para ajudar o Santos. Se não existir união, o clube não vai para frente. É fundamental. Só com união vamos conseguir que o Santos saia da situação que se encontra atualmente", disse Rueda, ao anunciar oficialmente sua candidatura.

De acordo com a chapa, a escolha de Rueda foi consensual. "É um especialista em gerir empresas, finanças. Acompanha a vida do clube, mora em Santos", destacou Jatene, vereador em São Paulo, que chegou a ser cogitado para ser a cabeça da chapa.

Segundo Rueda, a "União pelo Santos" terá como foco a governança e a recuperação financeira do clube, focada no marketing, em busca de um "reposicionamento mercadológico" e como "total atenção ao futebol, sobretudo a base". A chapa também pretende implementar um "novo e agressivo programa de relacionamento com torcedores".

Além de Rueda, sete conselheiros se apresentam como pré-candidatos à eleição santista: Daniel Curi, Esmeraldo Tarquínio, Fernando Silva, Milton Teixeira Filho, Ricardo Agostinho, Rodrigo Marino e Vagner Lombardi. José Carlos Peres, atual presidente, já indicou que não deve tentar a reeleição. Mas até agora não indicou apoio a ninguém.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;