Fechar
Publicidade

Domingo, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Paolla Oliveira diz que valoriza a beleza natural e que se sente sensual de pé no chão e cabelo para cima



21/09/2020 | 16:10


De volta para as telinhas com a reprise de A Força do Querer, da TV Globo, que substitui a novela Fina Estampa nesta segunda-feira, dia 21, Paolla Oliveira falou sobre seu trabalho como Jeiza em uma entrevista ao jornal Extra. No bate-papo, a atriz afirmou que possui traços de personalidade parecidos com os de sua personagem:

- Ninguém tem um lado só, né? Com brutalidade não se consegue nada, mas traduzo essa palavra em força, potência que impulsiona. Jeiza quer prender bandido, lutar no ringue... Gostos que estão fora do que foi preestabelecido para as mulheres e são considerados universos masculinos. Essa personalidade de enfrentar tudo e todos combina comigo: quando desejo uma coisa, não me importa o que foi predeterminado por outros. Quero e pronto! Hoje em dia, só de você ter opinião, as pessoas já se sentem agredidas. Minha maior potência é a minha liberdade de escolha.

Apesar de parecer ser uma pessoa meiga nas redes sociais, Paolla revelou que não se acha tão delicada e que costuma se exaltar com facilidade:

- Sou Áries com Gêmeos. Minha porção relacionada ao meu signo é ligada a criação e liderança. Gosto de ter excelência nas coisas que faço, me dedico. Eu vou de zero a cem, explodo de raiva. Saio do sério com desrespeito e agressividade ou maus-tratos a mulheres e animais. Queria poder virar Jeiza nesses momentos... Mas não guardo rancor, mágoa. Isso só faz mal a quem sente. Do meu ascendente, tenho essa coisa avoada. Esqueço as coisas facilmente. Meus amigos dize que sou doce... Espero que estejam certos. Me acho é muito estabanada. Jeiza deve ser Touro com Escorpião. Gosta do trabalho, é empenhada e direta, esconde um pouco os sentimentos. Escorpião é intenso.

Paolla ainda falou sobre o início de sua carreira, e revelou que não teve o apoio de seus pais quando decidiu largar a profissão de fisioterapeuta para seguir no ramo das Artes Cênicas:

- A força do meu querer me fez transformar meu destino. As críticas e dificuldade que tive, enfrentando a minha família, me impulsionaram. Eu não sabia que queria fazer isso da minha vida, mas quando descobri agarrei com unhas e dentes. Conquistei independência financeira, mostrei aos meus pais e irmãos que eu estava bem encaminhada. Não deixei nenhuma oportunidade passar batida.

Por fim, a atriz falou sobre seu corpo e afirmou que a sensualidade não é o foco de sua vida:

- Quando me perguntam se me sinto sensual, digo: Sim, de pé no chão e cabelo amarrado pra cima. Não escolho personagem nem minhas roupas pensando nisso. Malho para estar com o meu corpo em ordem, quero me sentir bonita numa foto de biquíni. Mas não fico investindo nessa ideia de musa. Se eu ficar pensando sou linda, acho que o brilho natural vai embora. Não fica genuíno. A mulher normal tem dias em que nem quer sair da cama, detesta o cabelo, foca irritada, chora porque a roupa não entrou. Sou assim também.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paolla Oliveira diz que valoriza a beleza natural e que se sente sensual de pé no chão e cabelo para cima


21/09/2020 | 16:10


De volta para as telinhas com a reprise de A Força do Querer, da TV Globo, que substitui a novela Fina Estampa nesta segunda-feira, dia 21, Paolla Oliveira falou sobre seu trabalho como Jeiza em uma entrevista ao jornal Extra. No bate-papo, a atriz afirmou que possui traços de personalidade parecidos com os de sua personagem:

- Ninguém tem um lado só, né? Com brutalidade não se consegue nada, mas traduzo essa palavra em força, potência que impulsiona. Jeiza quer prender bandido, lutar no ringue... Gostos que estão fora do que foi preestabelecido para as mulheres e são considerados universos masculinos. Essa personalidade de enfrentar tudo e todos combina comigo: quando desejo uma coisa, não me importa o que foi predeterminado por outros. Quero e pronto! Hoje em dia, só de você ter opinião, as pessoas já se sentem agredidas. Minha maior potência é a minha liberdade de escolha.

Apesar de parecer ser uma pessoa meiga nas redes sociais, Paolla revelou que não se acha tão delicada e que costuma se exaltar com facilidade:

- Sou Áries com Gêmeos. Minha porção relacionada ao meu signo é ligada a criação e liderança. Gosto de ter excelência nas coisas que faço, me dedico. Eu vou de zero a cem, explodo de raiva. Saio do sério com desrespeito e agressividade ou maus-tratos a mulheres e animais. Queria poder virar Jeiza nesses momentos... Mas não guardo rancor, mágoa. Isso só faz mal a quem sente. Do meu ascendente, tenho essa coisa avoada. Esqueço as coisas facilmente. Meus amigos dize que sou doce... Espero que estejam certos. Me acho é muito estabanada. Jeiza deve ser Touro com Escorpião. Gosta do trabalho, é empenhada e direta, esconde um pouco os sentimentos. Escorpião é intenso.

Paolla ainda falou sobre o início de sua carreira, e revelou que não teve o apoio de seus pais quando decidiu largar a profissão de fisioterapeuta para seguir no ramo das Artes Cênicas:

- A força do meu querer me fez transformar meu destino. As críticas e dificuldade que tive, enfrentando a minha família, me impulsionaram. Eu não sabia que queria fazer isso da minha vida, mas quando descobri agarrei com unhas e dentes. Conquistei independência financeira, mostrei aos meus pais e irmãos que eu estava bem encaminhada. Não deixei nenhuma oportunidade passar batida.

Por fim, a atriz falou sobre seu corpo e afirmou que a sensualidade não é o foco de sua vida:

- Quando me perguntam se me sinto sensual, digo: Sim, de pé no chão e cabelo amarrado pra cima. Não escolho personagem nem minhas roupas pensando nisso. Malho para estar com o meu corpo em ordem, quero me sentir bonita numa foto de biquíni. Mas não fico investindo nessa ideia de musa. Se eu ficar pensando sou linda, acho que o brilho natural vai embora. Não fica genuíno. A mulher normal tem dias em que nem quer sair da cama, detesta o cabelo, foca irritada, chora porque a roupa não entrou. Sou assim também.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;