Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Pastor Zezinho abre crise com bares


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

19/09/2020 | 00:47


O vereador Pastor Zezinho Soares (PSDB) foi protagonista de polêmica nesta semana depois que revelou a intenção de protocolar projeto de lei para mudar os horários de funcionamento de bares e casas noturnas da cidade. Pela ideia do tucano, esses estabelecimentos funcionariam das 6h às 23h30 de domingo a quinta-feira. Sexta-feira e sábado, eles poderiam ficar abertos até 0h30. A alegação de Zezinho é a de que essa restrição atenderia constante reclamação da população “sobre problemas noturnos de segurança relacionados a embriaguez, som alto durante a noite, e violências decorrentes de alguns frequentadores de casas noturnas”. A reclamação foi geral dos donos de casas desse segmento, que já questionaram a queda de faturamento desde o início da pandemia de Covid-19. A grita foi tamanha que Pastor Zezinho teve de ir às redes sociais se explicar. Disse que o projeto ainda não foi devidamente protocolado, que cabem sugestões e revisões e que “em nenhum momento tivemos a intensão de prejudicar os comerciantes e trabalhadores”. 

Apoio – 1

 Ejetado da disputa à Prefeitura de Santo André pela cúpula do Avante, o empresário Erick Eloi anunciou apoio à candidatura do ex-vereador Ailton Lima (PSB) ao Executivo andreense. “Ele vem para somar. Esteve à frente de um projeto, assim como a gente faz, com muita verdade. A gente abre mão de armadilha que nossos adversários usam, como mentir, prometer, enganar, com dinheiro sobrando que a gente sabe a que custo”, discorreu Ailton, em vídeo de anúncio da parceria. Eloi critica o governo, diz que o grupo estará no segundo turno e que vai “eliminar a corja” que está aí.

Apoio – 2

 O empresário Erick Eloi foi filiado por anos no PT de Santo André. Tentou, inclusive, ser candidato a prefeito andreense pelo petismo. À época, contava com suporte do ex-prefeito João Avamileno, que também saiu da sigla e foi ao Solidariedade – será candidato ao Paço na eleição deste ano. A campanha de Ailton Lima (PSB) já havia absorvido outras figuras com origens ou relações com o PT, como a ex-candidata a vereadora Silvana Silva e Mário José Costa Júnior.

Afagos

 O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), almoçou ontem no restaurante do candidato a vereador Eduardo Chabocão (Cidadania), ao lado do deputado federal e novo aliado Alex Manente (Cidadania). Esta coluna já mostrou que Chabocão integra time de filiados ao Cidadania que não digeriram bem a aliança entre Morando e Alex. Nas redes sociais, o tucano afagou Chabocão e seu estabelecimento.

Novos termos

 O deputado estadual Thiago Auricchio (PL), de São Caetano, comemorou o fato de o Google ter redefinido os termos ‘patroa’ e ‘mulher solteira’ em seu banco de dados. O parlamentar havia feito solicitação para mudança, uma vez que havia menções machistas às definições. “Não podemos mais permitir que esse tipo de conteúdo esteja presente em nossa sociedade. O machismo precisa ser combatido de todas as formas possíveis”, discorreu.

Encontro

 O diretor superintendente do Diário, Marcos Bassi, se reuniu ontem pela manhã com os prefeitos de Santo André, Paulo Serra (PSDB), de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), e de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), na Prefeitura andreense. O diálogo foi permeado sobre o futuro conselho consultivo do Diário, que Bassi pretende criar, e regionalidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pastor Zezinho abre crise com bares

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

19/09/2020 | 00:47


O vereador Pastor Zezinho Soares (PSDB) foi protagonista de polêmica nesta semana depois que revelou a intenção de protocolar projeto de lei para mudar os horários de funcionamento de bares e casas noturnas da cidade. Pela ideia do tucano, esses estabelecimentos funcionariam das 6h às 23h30 de domingo a quinta-feira. Sexta-feira e sábado, eles poderiam ficar abertos até 0h30. A alegação de Zezinho é a de que essa restrição atenderia constante reclamação da população “sobre problemas noturnos de segurança relacionados a embriaguez, som alto durante a noite, e violências decorrentes de alguns frequentadores de casas noturnas”. A reclamação foi geral dos donos de casas desse segmento, que já questionaram a queda de faturamento desde o início da pandemia de Covid-19. A grita foi tamanha que Pastor Zezinho teve de ir às redes sociais se explicar. Disse que o projeto ainda não foi devidamente protocolado, que cabem sugestões e revisões e que “em nenhum momento tivemos a intensão de prejudicar os comerciantes e trabalhadores”. 

Apoio – 1

 Ejetado da disputa à Prefeitura de Santo André pela cúpula do Avante, o empresário Erick Eloi anunciou apoio à candidatura do ex-vereador Ailton Lima (PSB) ao Executivo andreense. “Ele vem para somar. Esteve à frente de um projeto, assim como a gente faz, com muita verdade. A gente abre mão de armadilha que nossos adversários usam, como mentir, prometer, enganar, com dinheiro sobrando que a gente sabe a que custo”, discorreu Ailton, em vídeo de anúncio da parceria. Eloi critica o governo, diz que o grupo estará no segundo turno e que vai “eliminar a corja” que está aí.

Apoio – 2

 O empresário Erick Eloi foi filiado por anos no PT de Santo André. Tentou, inclusive, ser candidato a prefeito andreense pelo petismo. À época, contava com suporte do ex-prefeito João Avamileno, que também saiu da sigla e foi ao Solidariedade – será candidato ao Paço na eleição deste ano. A campanha de Ailton Lima (PSB) já havia absorvido outras figuras com origens ou relações com o PT, como a ex-candidata a vereadora Silvana Silva e Mário José Costa Júnior.

Afagos

 O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), almoçou ontem no restaurante do candidato a vereador Eduardo Chabocão (Cidadania), ao lado do deputado federal e novo aliado Alex Manente (Cidadania). Esta coluna já mostrou que Chabocão integra time de filiados ao Cidadania que não digeriram bem a aliança entre Morando e Alex. Nas redes sociais, o tucano afagou Chabocão e seu estabelecimento.

Novos termos

 O deputado estadual Thiago Auricchio (PL), de São Caetano, comemorou o fato de o Google ter redefinido os termos ‘patroa’ e ‘mulher solteira’ em seu banco de dados. O parlamentar havia feito solicitação para mudança, uma vez que havia menções machistas às definições. “Não podemos mais permitir que esse tipo de conteúdo esteja presente em nossa sociedade. O machismo precisa ser combatido de todas as formas possíveis”, discorreu.

Encontro

 O diretor superintendente do Diário, Marcos Bassi, se reuniu ontem pela manhã com os prefeitos de Santo André, Paulo Serra (PSDB), de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), e de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), na Prefeitura andreense. O diálogo foi permeado sobre o futuro conselho consultivo do Diário, que Bassi pretende criar, e regionalidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;